Special Education in Brazil: from exclusion to inclusion

  • Maria Teresa Eglér Mantoan Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Special education. Inclusion. Educational legislation and policies.

Resumo

This article is about the phases through which the Brazilian education has been developing, starting from the exclusion of students with disabilities in specialized institutions which are typically therapeutically oriented to our present days, when this educational modality has been clashing with the proposals of a school for all, one and only, open to the differences, and, as a result, inclusive. The path that has been followed is focused on from the point of view of legal documents, of educational plans and policies. Finally we focus on teacher education and present some indicators by which we have been evaluating the benefits of inclusion in the Brazilian schools, through the investigations from the researchers at LEPED (Laboratory of Studies and Research in Teaching and Diversity) / Unicamp- São Paulo/Brazil. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Teresa Eglér Mantoan, Universidade Estadual de Campinas
Colaboradora na Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas

Referências

BAKER, J. (1987); GADEN, G. (1992). Integration and Equality. In: G.Fairbain and S. Fairbain (Org.) Integrating Special Children: Some ethical Issues (p. 12-25). Hants, United Kingdom: Avebury.

BRASIL. Constituição. Constituição: República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, Centro Gráfico, 1988.

BRASIL. MEC. Plano Nacional de Educação. Brasília: MEC, 1998.

BRASIL. MEC. Política Nacional de Educação Especial. Brasília: SEESP, 1994.

BRASIL. MEC . Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. Ministério da Justiça/ CORDE. Declaração de Salamanca e Linha de Ação sobre Necessidades Educativas. Brasília: CORDE, 1994.

BRASIL. Ministério Público Federal. Considerações sobre os direitos das pessoas portadoras de deficiência. Apostila elaborada por ocasião do I Congresso Paulista de Direitos da Pessoa com Deficiência. São Paulo: Escola Superior do Ministério Público da União - Procuradoria Federal dos Diretos dos Cidadãos, 2002.

BRITO DE CASTRO, A. Inclusão escolar – do discurso à prática: um estudo sobre a Proposta de Educação Inclusiva do Estado do Rio Grande do Norte/Brasil. Unpublished master's thesis, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1997.

BUNCH G. From there to here: the passage to inclusive education. Exceptionality Education Canada, Vol. 4, Nos. 3 and 4, 1994.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Câmara de Educação Básica. Diretrizes Curriculares da Educação Especial no Ensino Básico. Mimeo – documento provisório. Brasília: MEC, 2001.

DORÉ, R. Réussir l ́intégration scolaire: la deficience intellectuelle. Montreal (Quebec); Les Éditions Logiques, 1996.

FOREST, M. Éducation/Intégration. Deuxième série d’articles et d’éssais sur l’intégration d’enfants qui présentent des besoins spéciaux en milieu scolaire régulier. Downsview, Ontario: Institut Alain Roeher, 1985

FOREST, M. Education/Intégration. A collection of readings on the integration of children with mental handicaps into the regualr school system. Downsview, Ontário : Institut Alain Roeher, 1985.

FOREST, M. Full inclusion is possible. Impact, 1(2) 3-4, 1988.

FOREST, M; Lusthaus, E. Le kaleidoscope: Um défi au concept de la classification em cascade. In M. Forest (Ed.) Education-Intégration. Downsview, Ontario: L'Institut A. Roeher. Vol II, 1-16, 1987.

FREIRE, P. Pedagogy of the oppressed. New York:Seabury Press, 1971.

FREIRE, P.The politics of liberation: culture, power and liberation. South Hadley, MA Bergin and Garvey, 1985.

HALL, S. A identidade na pós-modernidade. Trad.Tomás Tadeu da Silva e Guacira L. Louro. 4a edição. Rio de Janeiro: LP&A editora, 2000.

LARROSSA, J.; PÈREZ DE LARA, N. (Orgs.) (1998). Imagens do outro. Trad. Celso M. Teixeira. Petrópolis, RJ: Vozes.

LARROSA, J; SKLIAR, C. (Orgs.). Habitantes de Babel: políticas e poéticas da diferença. Trad. Semíramis Gorini da Veiga. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

MANTOAN, M. T. E. Educação de deficientes mentais: O itinerário de uma experiência. Unpublished master's thesis, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1987.

MANTOAN, M. T. E. Compreendendo a deficiência mental: Novos caminhos educacionais. São Paulo: Editora Scipione, 1989.

MANTOAN, M. T. E. A solicitação do meio escolar e a construção das estruturas da inteligência do deficiente mental: uma interpretação segundo a teoria do conhecimento de Piaget. Unpublished doctoral thesis, Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1991.

MANTOAN, M. T. E. A integração escolar das pessoas com deficiência mental no contexto atual da escola de 1o. Grau. Revista Integração, [São Paulo: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial] 12, 16-19, 1994.

MANTOAN, M. T. E. (Org.) . A integração de pessoas com deficiência: contribuições para um debate sobre o tema. São Paulo: Memnon - edições científicas, 1997.

MANTOAN, M. T. E. Ser ou estar, eis a questão: compreendendo o déficit intelectual. Rio de Janeiro: WVA Editora, 1997.

MANTOAN, M. T. E. (Org.) (2002).Caminhos pedagógicos da inclusão. São Paulo: MEMNON - edições científicas.

MC LAREN, P. (2000). Multiculturalismo revolucionário: pedagogia do dissenso para o novo milênio. Trad. Márcia Moraes e Roberto C. Costa. Porto Alegre: Artes Médicas Sul.

MAZZOTTA, M. J. S. Educação especial no Brasil: história e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1996.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Trad. Catarina E. F. da Silva e Jeanne Sawaya – ver. Edgard de Assis Carvalho. São Paulo: Cortez; BRASÍLIA, DF: Unesco, 2000.

MORIN, E. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

SANTOS, B. S. . A crítica da razão indolente: para um novo senso comum. 3ª edição. São Paulo: Cortez, 2001.

SILVA, T. T. (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

STAINBACK, S.; STAINBACK, W. A rationale for merger of special and regular education. Exceptional Children, 51(2) 102-111, 1984.

Publicado
2009-01-08
Como Citar
Mantoan, M. T. E. (2009). Special Education in Brazil: from exclusion to inclusion. ETD - Educação Temática Digital, 1(3), 45-59. https://doi.org/10.20396/etd.v1i3.548