Diversidade na Escola: a experiência do LEPED

  • Maria Teresa Eglér Mantoan Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Pesquisa. Extensão. Educação escolar. Ensino inclusivo.

Resumo

Este artigo trata da evolução dos trabalhos do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Ensino e Diversidade – LEPED, da Faculdade de Educação/ UNICAMP, nas áreas de pesquisa e extensão, desde a sua fundação, em 1996. Cobre também o espaço de tempo que antecedeu à formação desse grupo de pesquisa, apresentando os estudos sobre o desenvolvimento cognitivo de alunos com déficits mentais e os projetos que derivaram dessas investigações. Ao narrarmos o desenvolvimento desse Laboratório, traçamos a sua trajetória, que parte do interesse pela educação especial de pessoas com deficiência mental e caminha na direção de uma escola aberta à diversidade, fundamentada nos princípios da inclusão. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Teresa Eglér Mantoan, Universidade Estadual de Campinas

Pedagoga, mestre e doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas, Professor colaborador da Universidade Estadual de Campinas. Dedica-se, nas áreas de pesquisa, docência e extensão, ao direito incondicional de todos os alunos à educação escolar de nível básico e superior de ensino.Oficial da Ordem Nacional do Mérito Educacional no Grau de Cavaleiro - Reconhecimento a contribuição à Educação no Brasil

Publicado
2009-01-08
Como Citar
Mantoan, M. T. E. (2009). Diversidade na Escola: a experiência do LEPED. ETD - Educação Temática Digital, 1(3), 100-108. https://doi.org/10.20396/etd.v1i3.554