O processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica

  • Sérgio Antonio da Silva Leite Universidade Estadual de Campinas
  • Cíntia Wolf do Amaral Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: Alfabetização crítica. Alfabetização e cidadania. Leitura/escrita.

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo descrever as características do processo de alfabetização escolar desenvolvido numa perspectiva crítica. Organizou-se uma amostra selecionada composta por quatro educadores que apresentavam uma concepção de alfabetização considerada moderna, de acordo com critérios previamente definidos. Através de entrevistas recorrentes, coletaram-se relatos verbais visando identificar como o processo de alfabetização escolar pode colaborar com a formação do cidadão crítico. A análise final dos dados possibilitou identificar quatro conjuntos temáticos, por sua vez desdobrados em categorias e sub-categorias: caracterização do cidadão crítico; papel da escola na formação do cidadão crítico; crítica às práticas pedagógicas tradicionais; princípios teórico-metodológicos do processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Antonio da Silva Leite, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, mestrado e doutorado pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor asociado da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Psicologia Educacional, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e orientação nos seguintes temas: afetividade, alfabetização e letramento, psicologia e formacao de professores.
Cíntia Wolf do Amaral, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Atuando principalmente nos seguintes temas:alfabetização, Paulo Freire, consciência crítica. 

Referências

BORI, C. M. et al. Desempenho de professores universitários no levantamento e caracterização de problemas de ensino : Descrição de um procedimento. In: REUNIÃO ANUAL DE PSICOLOGIA DA SOCIEDADE DE PSICOLOGIA, 8., 1978, Ribeirão Preto. [Anais...] Ribeirão Preto : [s.n.], 1978.

COOK-GUMPERZ, J. Construção social da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

ESTEVAM, P. L. Um estudo sobre as contribuições da psicologia educacional para a formação dos professores das séries iniciais. Campinas, SP, 1995. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, UNICAMP.

FRANCHI, E. P. Pedagogia da alfabetização da oralidade à escrita. São Paulo: Cortez, 1988.

FREIRE, P. Educação e mudança. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1997.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Moraes, 1980.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, P., MACEDO, D. Alfabetização: leitura do mundo, leitura da palavra. São Paulo: Paz e Terra, 1990.

GRAFF, H. J. Os labirintos da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

GOYOS, A. C. N. A profissionalização de deficientes mentais: estudo de verbalização de Professores acerca desta questão. São Paulo, 1986. Tese (Doutorado) - Instituto de Psicologia, USP.

GUANAIS, M. A. B. O trabalho e a Qualidade Total: contribuições do psicólogo organizacional. Campinas, SP,1995. Tese (Mestrado). Faculdade de Educação, UNICAMP. KLEIN, L. R. Alfabetização : quem tem medo de ensinar? São Paulo: Cortez, 1996.

LUCKESI, C. C. Avaliação educacional escolar: para além do autoritarismo. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, n.61, p.6-15, 1984.

SIMÃO, L. M. Estudo descritivo de relações professor-aluno: a questão do procedimento de coleta de dados. Psicologia, v.8, n.3, p.37-59, 1982.

SOARES, M. B. Alfabetização: a (des)aprendizagem das funções da escrita. Educação em Revista, Belo Horizonte, n.8, p.3-11, 1988.

SOARES, M. B. Língua escrita, sociedade e cultura: relações, dimensões e perspectivas. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n.0, p.5-11, 1995.

TORRES, C. A. Diálogo com Paulo Freire. São Paulo: Loyola, 1979.

TUNES, E. Identificação da natureza e origem das dificuldades de alunos de pós-graduação, para formularem problemas de pesquisa, através de seus relatos verbais. São Paulo, 1981. Tese (Doutorado) - Instituto de Psicologia, USP.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1994

ZANATTO, M. L. B. Ações e representações: uma tentativa de análise das relações de trabalho na escola. São Paulo, 1985. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Psicologia, USP.

ZANELLI, J. C. Formação profissional e atividades de trabalho: análise das necessidades identificadas por psicólogos organizacionais. Campinas, SP, 1992. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, UNICAMP.

Como Citar
Leite, S. A. da S., & Amaral, C. W. do. (1). O processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica. ETD - Educação Temática Digital, 2(1), 117-146. https://doi.org/10.20396/etd.v2i1.565