Banner Portal
O processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica
PDF

Palavras-chave

Alfabetização crítica. Alfabetização e cidadania. Leitura/escrita.

Como Citar

LEITE, Sérgio Antonio da Silva; AMARAL, Cíntia Wolf do. O processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 2, n. 1, p. 117–146, 2009. DOI: 10.20396/etd.v2i1.565. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/565. Acesso em: 15 jul. 2024.

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo descrever as características do processo de alfabetização escolar desenvolvido numa perspectiva crítica. Organizou-se uma amostra selecionada composta por quatro educadores que apresentavam uma concepção de alfabetização considerada moderna, de acordo com critérios previamente definidos. Através de entrevistas recorrentes, coletaram-se relatos verbais visando identificar como o processo de alfabetização escolar pode colaborar com a formação do cidadão crítico. A análise final dos dados possibilitou identificar quatro conjuntos temáticos, por sua vez desdobrados em categorias e sub-categorias: caracterização do cidadão crítico; papel da escola na formação do cidadão crítico; crítica às práticas pedagógicas tradicionais; princípios teórico-metodológicos do processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica. 

https://doi.org/10.20396/etd.v2i1.565
PDF

Referências

BORI, C. M. et al. Desempenho de professores universitários no levantamento e caracterização de problemas de ensino : Descrição de um procedimento. In: REUNIÃO ANUAL DE PSICOLOGIA DA SOCIEDADE DE PSICOLOGIA, 8., 1978, Ribeirão Preto. [Anais...] Ribeirão Preto : [s.n.], 1978.

COOK-GUMPERZ, J. Construção social da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

ESTEVAM, P. L. Um estudo sobre as contribuições da psicologia educacional para a formação dos professores das séries iniciais. Campinas, SP, 1995. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação, UNICAMP.

FRANCHI, E. P. Pedagogia da alfabetização da oralidade à escrita. São Paulo: Cortez, 1988.

FREIRE, P. Educação e mudança. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1997.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Moraes, 1980.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, P., MACEDO, D. Alfabetização: leitura do mundo, leitura da palavra. São Paulo: Paz e Terra, 1990.

GRAFF, H. J. Os labirintos da alfabetização. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.

GOYOS, A. C. N. A profissionalização de deficientes mentais: estudo de verbalização de Professores acerca desta questão. São Paulo, 1986. Tese (Doutorado) - Instituto de Psicologia, USP.

GUANAIS, M. A. B. O trabalho e a Qualidade Total: contribuições do psicólogo organizacional. Campinas, SP,1995. Tese (Mestrado). Faculdade de Educação, UNICAMP. KLEIN, L. R. Alfabetização : quem tem medo de ensinar? São Paulo: Cortez, 1996.

LUCKESI, C. C. Avaliação educacional escolar: para além do autoritarismo. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, n.61, p.6-15, 1984.

SIMÃO, L. M. Estudo descritivo de relações professor-aluno: a questão do procedimento de coleta de dados. Psicologia, v.8, n.3, p.37-59, 1982.

SOARES, M. B. Alfabetização: a (des)aprendizagem das funções da escrita. Educação em Revista, Belo Horizonte, n.8, p.3-11, 1988.

SOARES, M. B. Língua escrita, sociedade e cultura: relações, dimensões e perspectivas. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n.0, p.5-11, 1995.

TORRES, C. A. Diálogo com Paulo Freire. São Paulo: Loyola, 1979.

TUNES, E. Identificação da natureza e origem das dificuldades de alunos de pós-graduação, para formularem problemas de pesquisa, através de seus relatos verbais. São Paulo, 1981. Tese (Doutorado) - Instituto de Psicologia, USP.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1994

ZANATTO, M. L. B. Ações e representações: uma tentativa de análise das relações de trabalho na escola. São Paulo, 1985. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Psicologia, USP.

ZANELLI, J. C. Formação profissional e atividades de trabalho: análise das necessidades identificadas por psicólogos organizacionais. Campinas, SP, 1992. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, UNICAMP.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.