Realidades compartilhadas: organizações vistas como fenômeno cultural - educação, igreja e sociedade

  • Sandra Berenice Villodre Alliegro Associação de Educação Católica de São Paulo
Palavras-chave: Organizações. Educação. Igreja. Sociedade.

Resumo

Neste ensaio proponho uma breve análise das organizações vistas como fenômenos culturais para procurar compreender como um sistema de significados é criado e difundido em vista de uma realidade. Neste caso, a realidade educacional de escolas católicas à luz das diretrizes propostas pela Igreja. Preciso esclarecer que concebo o termo cultura como um conjunto de normas sociais, de comportamentos e de valores, de leis, rituais e ideologias que constituem o arcabouço de crenças que sustenta uma dada sociedade, assegurando-lhe a coesão e a harmonia enquanto a vida flui em todos os sentidos (político, social, administrativo, econômico, religioso, artístico ...). Partindo desta concepção, proponho a análise das organizações em sua forma de planejar e administrar negócios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Berenice Villodre Alliegro, Associação de Educação Católica de São Paulo
Assessora Pedagógica AEC/SP - Associação de Educação Católica de São Paulo.

Referências

ASSOCIAÇÃO DE EDUCAÇÃO CATÓLICA DO BRASIL. A escola católica no limiar do terceiro milênio. Cadernos da AEC, Brasília, n.76, 16p. 1998.

MORGAN, Gareth. Imagens da organização. Tradução de Cecília Whitaker Bergamini, Roberto Coda. São Paulo: Atlas, 1996.

PROVÍNCIA NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO. Princípios norteadores da ação educativa da Província Nossa Senhora do Rosário. São Paulo, 1999, 32 p.

Publicado
2009-01-08
Como Citar
Alliegro, S. B. V. (2009). Realidades compartilhadas: organizações vistas como fenômeno cultural - educação, igreja e sociedade. ETD - Educação Temática Digital, 2(1), 175-178. https://doi.org/10.20396/etd.v2i1.569