O mito da telinha: ou o paradoxo do fascínio da educação mediada pelo computador

  • Graziela Giusti Pachane Universidade de Tiradentes
Palavras-chave: Novas tecnologias. Educação. Formação de professores. Informática na educação.

Resumo

Partindo de uma discussão dos limites e possibilidades abertas pelas inovações tecnológicas na educação, o objetivo do presente trabalho é salientar que a introdução de novas tecnologias na educação (TV, vídeo e/ou computador) pode gerar resultados positivos ou negativos, dependendo do uso que o professor faz dessas tecnologias. Salienta-se, também, a necessidade de que mais discussões sobre o efeito dessas inovações sejam realizadas e de que os professores estejam preparados para agir neste novo contexto que se apresenta, possibilitando a desmi(s)tificação do computador em sala de aula. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziela Giusti Pachane, Universidade de Tiradentes
Doutora em Educação pela Unicamp Professora no Instituto Superior de Ciências Aplicadas – Limeira – SP Professora do programa de Pós-Graduação da UNIT – Uberlândia - MG

Referências

ALMEIDA, F. J. Educação e informática: os computadores na escola. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1998. (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo).

ALVES, Rubem. Só aprende quem tem fome. Entrevista à Revista Nova Escola, 2002. Disponível em: www.rubemalves.com.br. Acesso em : junho 2002.

HASSE, Simone Hedwig. Informática na educação: mito ou realidade? In:

LOMBARDI, José Claudinei (Org.). Pesquisa em educação: história, filosofia e temas transversais. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR; Caçador, SC: UnC, 1999.

GAMBOA, Silvio. A pesquisa na construção da universidade: compromisso com a aldeia num mundo globalizado. In: LOMBARDI, José Claudinei (Org.). Pesquisa em educação: história, filosofia e temas transversais. Campinas, SP: Autores Associados: HISTEDBR; Caçador, SC: UnC, 1999.

GAARDER, Jostein. O mundo de Sofia: romance da história da filosofia. São Paulo: Cia das Letras, 1995.

MORAN, José Manuel. Interferências dos meios de comunicação no nosso conhecimento. Revista Brasileira de Comunicação – INTERCOM, v.17, n.2, São Paulo, p.38-49, jul/dez. 1994.

PONTE, J. O computador: um instrumento da educação. Lisboa: Texto, 1992.

Publicado
2008-12-05
Como Citar
Pachane, G. G. (2008). O mito da telinha: ou o paradoxo do fascínio da educação mediada pelo computador. ETD - Educação Temática Digital, 5(1), 40-48. https://doi.org/10.20396/etd.v5i1.629