A formação de educadores na era digital

Autores

  • Luciane Ribeiro Vilela Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.641

Palavras-chave:

Era digital. Tecnologia. Educação. Formação de educadores.

Resumo

Com o advento das tecnologias de comunicação e informação, vivemos na chamada “era digital”, e como não poderia deixar de ser, a educação faz parte desse novo cenário social. Existem inúmeras razões para a educação ser um referencial nesse novo paradigma, voltada para a formação de cidadãos capazes de integrarem-se à era digital, cujo princípio está embasado na capacidade intelectual de usar a informação transformando-a em conhecimento. Contudo, as políticas públicas voltadas para a formação de educadores na área tecnológica, não têm colaborado de forma efetiva para que estes se apropriem desses novos conhecimentos. As reflexões aqui apresentadas, pretendem enfocar a era digital e suas implicações para os educadores, destacando-se a importância da informação e do conhecimento como mediadores do processo de inovação e desenvolvimento social. Assim este artigo, sem intencionar o esgotamento do assunto, busca apresentar um breve panorama da tecnologia educacional no Brasil, suas perspectivas e possibilidades. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane Ribeiro Vilela, Universidade Estadual de Campinas

Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas/Unicamp PROFISSÃO E INSTITUIÇÕES: Professora da Rede Pública Municipal de Campinas no Ensino Fundamental; Professora do Programa Especial de Professores em Exercício Pedagogia/ Proesf/ Unicamp, nas áreas de Políticas Educacionais e de Tecnologia, Comunicação e Educação; e do Curso de Pós-Graduação para Gestores SEE/Unicamp na Área de Tecnologia, Comunicação e Educação

Referências

ALVES, N. (Org.). Formação de professores: pensar e fazer. São Paulo: Cortez, 1992. 103p. (Questões da nossa época, 1).

BELLONI, M. L. Mídia-educação ou comunicação educacional? Campo novo de teoria e de prática. In: BELLONI, M. L.(Org.). A formação na sociedade do espetáculo. São Paulo: Loyola, 2002.

BELLONI, M. L. O que é Mídia e Educação? São Paulo: Autores Associados, 2001.

BRANDÃO, A. S. et al. Pesquisando caminhos na formação do educador. Tecnologia Educacional – ABT, Rio de Janeiro, v.22, n.112, mai./jun. 1993.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei n. 9.394 de dezembro de 1996. Nova lei de diretrizes e bases da educação. Brasília, 1996.

CYSNEIROS, P. G. Novas tecnologias na sala de aula: melhoria do ensino ou inovação conservadora? ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 9, 1998, Águas de Lindóia [Anais...] Águas de Lindóia: [s.n.], 1998

FONSECA, M. O banco mundial e a educação a distância. In: PRETTO, N. L. (Org.). Globalização & educação: mercado de trabalho, tecnologias de comunicação, educação a distância e sociedade planetária. Ijuí: Ed. Unijuí, 1999.

FREIRE, P. Educação e mudança. 14ª edição, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979. Coleção Educação e comunicação.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 23. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, , 184 p.,1994.

FREITAS, L. C. Em direção a uma política para a formação de professores. Em Aberto. INEP, Brasília, v.11, n.54, p.3-22, abr./jun. 1992.

HABERMAS, J. Conhecimento e interesse. Rio de Janeiro: Guanabara, 1987.

L.D.B. – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, lei n. 9.394/96, Brasília, 1996.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed., 1999.

MARTINS, F. M. et al. Para navegar no século XXI. Porto Alegre: Sulina; Edipucrs, 1999.

ORTIZ, R. Mundialização e Cultura, São Paulo: Ed. Brasiliense, 1994.

PAPERT, S. A máquina das Crianças. São Paulo: Brasiliense, 1985.

PENTEADO, H. D. Pedagogia da comunicação: teorias práticas. São Paulo: Cortez, 1998.

REZENDE E.; FUSARI, M. F. Comunicação, meios de comunicação e formação de professores: questões de pesquisa. In: PORTO, T. M. E. (Org.). Saberes e linguagens de educação e comunicação. Pelotas: Ed. Universitária/UFPel, 2001.

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 3. ed. São Paulo: Record, 2000.

VALENTE, J. A. Mudanças na sociedade, mudanças na educação: o fazer e o compreender. In: VALENTE, J. A.(Org.). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: NIED/UNICAMP, 1999.

VILELA, L. R. A escola num contexto de globalização. Campinas: um estudo de caso. Campinas, SP, 1996. Trabalho de Conclusão de Curso - Faculdade de Educação, UNICAMP.

VILELA, L. R. As políticas públicas na educação paulista na década de 90. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

Downloads

Publicado

2008-12-03

Como Citar

Vilela, L. R. (2008). A formação de educadores na era digital. ETD - Educação Temática Digital, 8(2), 12–22. https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.641