A educação musical no Conservatório de Música do Estado de Sergipe: abordagem sócio-política, histórica e metodológica do projeto pedagógico de ensino

Autores

  • Marcos Santos Moreira Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.643

Palavras-chave:

Historia. Sociedade. Educação.

Resumo

Este artigo pretende fazer uma abordagem o processo de ensino do Conservatório de Música do Estado de Sergipe em relação a admissão, cursos oferecidos e sua contribuição sócio-educativa, no processo de desenvolvimento didático, na fundamentação da prática pedagógica e interpretativa nos estudos de música no Estado sergipano. O objetivo do tema procede para que possamos entender e refletir sobre educação musical em Sergipe e ter o entendimento de como este processo deve se adequar e como hoje ainda apresenta dificuldades necessitando de apurado planejamento governamental. O texto baseia-se logo após a criação do Projeto Político Pedagógico (PPP) elaborado por professores do Conservatório de Música do Estado de Sergipe, revisado e apresentado pelos Professores Hugo Leonardo Ribeiro e Marcos Moreira no XV Encontro da ABEM em João Pessoa-Paraíba em 2006.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Santos Moreira, Universidade Federal da Bahia

Moreira é licenciado e Mestre Educação Musical pela Universidade Federal da Bahia. Fundador da 1ª Banda de Música do município de Indiaroba-se tem atuado como docente nas áreas de Instrumento/ Piano, Educação Especial e ensino de pós-graduação de Arte-educação. Tem sido classificado em diversos concursos de Educação / Música e apresentado comunicações em Estados da Bahia, Alagoas, Sergipe, Paraíba e São Paulo. Sua linha de pesquisa baseia-se em Educação/ Sociedade/ Arte.

Referências

DUARTE JUNIOR, J. F. Fundamentos estéticos da educação. 2. ed. Campinas: Papirus, 1988.

DUPRAT, R. A música no Brasil Colonial. São Paulo: EDUSP, 1985.

FIGUEIREDO, S. Proposta curricular de música para o município de Florianópolis. ABEM-SUL, UDESC: 2000. (Trabalho não publicado).

KIEFER, B. História da música Brasileira, dos primórdios ao início do séc XX. 3. ed. Porto Alegre: 1982.

GUIMARÃES, L. F. Panorama da música em Sergipe. Aracaju, n. 20, Revista Artes de Jovens,1970.

MANGUEIRA, V. História dos municípios sergipanos. Aracaju: Cinform, 2002.

MARIZ, V. História da música no Brasil. 5. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

MASSIN, J. A história da musica ocidental. Tradução Maria Resende Costa, Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997.

MOREIRA, M. As novas possibilidades da utilização do ensino coletivo com banda de música em Salvador-Bahia e Indiaroba-Sergipe: o método Da Capo. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2006. (Trabalho não publicado).

OLIVEIRA, A. A educação musical no Brasil. Revista da ABEM, Salvador, v. 1, n. 1, p.35, 1992.

OLIVEIRA, A. Permanecendo fiel à música na educação musical. In: ENCONTRO DA ABEM, 3, 1998, Porto Alegre [Anais...] Porto Alegre: ABEM, 1998.

PEREIRA, J. A. A banda de música; retratos brasileiros. 1999, Tese (Doutorado em Educação Musical) – Universidade do Estado de São Paulo, São Paulo, 1999.

RIBEIRO, Hugo L. Projeto político Pedagógico do Conservatório de Música de Sergipe. CMS, Aracaju, 2006. (Trabalho não publicado).

RIBEIRO, Hugo L. Cursos de graduação em música no Brasil, cursos profissionalizantes, concursos públicos e a LDB. CMS, Aracaju, 2006. (Trabalho não publicado).

Downloads

Publicado

2008-12-03

Como Citar

Moreira, M. S. (2008). A educação musical no Conservatório de Música do Estado de Sergipe: abordagem sócio-política, histórica e metodológica do projeto pedagógico de ensino. ETD - Educação Temática Digital, 8(2), 45–52. https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.643