Indissociabilidade entre pesquisa, ensino e extensão: tensões e desafios

Autores

  • Hilda Gomes Dutra Magalhães Universidade Federal doTocantins

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.652

Palavras-chave:

Ensino superior. Ensino. Pesquisa e extensão. Tensões e desafios.

Resumo

Se, de acordo com a Constituição Federal, a Universidade se caracteriza pela indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão, na prática essa interação não ocorre com facilidade. Neste artigo propomo-nos a discutir as tensões e os desafios nesse processo. Através dessas reflexões será possível perceber que, para a integração ocorrer, será necessário repensar a estrutura da universidade, especialmente no que respeita ao gerenciamento das três atividades que caracterizam a universidade e à organização dos cursos, bem como capacitar os docentes tanto para a pesquisa quanto para o magistério superior. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hilda Gomes Dutra Magalhães, Universidade Federal doTocantins

Professora (Doutora em Teoria da Literatura, com pós-doutoramento na Universidade de Paris III e na École des Hautes Études en Sciences Sociales/França) Atualmente é docente na Universidade Federal do Tocantins- Campus de Araguaína – Curso de Letras

Referências

ALTHUSSER, L. Aparelhos ideológicos de estado. 8. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2001. (Biblioteca de Ciências Sociais; 25).

BRASIL.Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 05 de outubro de 1988. Disponível em: http://www.senado.gov.br/sf/legislação/const. Acesso em: 12 mar. 2006.

CHAUÍ, M. Ética e universidade. Universidade e sociedade, Brasília: Andes, v. 8, p. 82-87, fev. 1995.

FÓRUM DE PRÓ-REITORES DE EXTENSÃO DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS BRASILEIRAS,1999, Brasília. Plano nacional de extensão universitária. Disponível em: http://www.renex.org.br/arquivos/pne/planonacionaldeextensao.doc. Acesso em: 5 mar. 2006.

FÓRUM NACIONAL DE PRÓ-REITORES DE GRADUAÇÃO, 12, 1999, Ilhéus. Plano nacional de graduação. Disponível em: http://www.pp.ufu.br/Plan_Grad.htm. Acesso em: 6 mar. 2006.

GARDNER, H. Inteligências múltiplas: a teoria na prática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

GURGEL, R. Extensão universitária: comunicação ou domesticação. São Paulo: Cortez, 1986.

HERNANDEZ , F.; VENTURA, M. A organização do currículo por projeto de trabalho. Porto Alegre: Artmed, 1998.

KUHN, T. A estrutura das revoluções científicas. Trad. Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. 9.ed. São Paulo: Perspectiva, 2006.

MAGALHÃES, H. G. D. A pedagogia do êxito: projetos de resultado. Petrópolis: Vozes, 2004.

MARTINS, L. M. Ensino-Pesquisa-Extensão como fundamento metodológico da construção do conhecimento na universidade. Disponível em: http://www.fmvz.unesp.br/Eixos/Eixo_2/ensino-pesquisa-extensão.pdf. Acesso em: 22 out. 2006.

MAZZILI, S. Notas sobre indissociabilidade entre ensino-pesquisa-extensão. Universidade e Sociedade, Brasília, p. 4-10, jun.1996.

MORAES, M. C. O paradigma educacional emergente. 11 ed. São Paulo: Papirus,1997.

MORIN, E. Os setes saberes necessários à Educação do futuro. Brasília: Cortez, 2000.

PERRENOUD, P. 10 novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PINTO, A. A questão da universidade. São Paulo: Cortez, 1986.

VEIGA, I. P. Educação básica e educação superior: projeto político pedagógico. Campinas: Papirus, 2004.

Downloads

Publicado

2008-12-03

Como Citar

Magalhães, H. G. D. (2008). Indissociabilidade entre pesquisa, ensino e extensão: tensões e desafios. ETD - Educação Temática Digital, 8(2), 168–175. https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.652