Gente em cena: fragmentos e memórias da dança em Goiás

Autores

  • Valéria Maria Chaves de Figueiredo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.670

Palavras-chave:

Dança. Memória. Cultura popular.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo apresentar a dança como arte da memória e expressa em corpos que dançam. Reconstruímos danças populares de Goiás quase que “esquecidas”, presentes apenas na memória de antigos moradores da região de Santa Cruz, cidade do Estado de Goiás. Temos como foco a perspectiva da história oral, priorizando a utilização de fontes orais, bem como, o registro de imagens. A inter-relação com a comunidade manifesta-se como condição fundamental para se apreender os modos, as histórias, os movimentos, as dramaturgias que marcam estes cotidianos e sua arte. Estas danças resistem como fragmentos, na memória de antigos moradores e sem registros oficiais. Continuam vivas na tradição da oralidade, mais particularmente, na memória do corpo, já que não são mais dançadas. Foram danças aprendidas em festas rurais locais, realizadas nos salões das fazendas da região. Entre os mutirões e pagodes, estas danças e cantos tinham intuito de agregar, coletivizar experiências, ancorando-se nas trocas e nas relações afetivas, sociais e culturais. Ao longo dos anos foram proibidas e/ou desprezadas pela modernidade capitalista. A metodologia desenvolvida envolveu o registro pela escrita, pela imagem e pela experiência vivida, formando uma rede de significações. Nossa intenção foi olhar para o corpo como um texto múltiplo e constituído de história, memória, cultura e arte. São tiranias e poesias inscritas no cotidiano e na dança. É a presença de uma multiplicidade de diálogos e uma dança apresentada como campo de conhecimento polissêmico. Nosso referencial teórico dialoga com diversos autores, entre eles Portelli, Olga Von Simson, Walter Benjamin, entre outros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valéria Maria Chaves de Figueiredo, Universidade Estadual de Campinas

Licenciada em Educação Física pela Universidade Gama Filho (1988), graduada e especialista em dança pela Faculdade Angel Vianna (1990), Mestrado em Artes pelo IA- Unicamp (1997) e doutorado em educação pela FE- Unicamp (2007). Especialista em lazer e atividade motora adaptada pela FEF- Unicamp (1993 e 1995). Carreira artística como bailarina, coreógrafa e preparação corporal. Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Goiás. As atuais pesquisas estão voltadas para área de Artes, com ênfase em fundamentos teóricos da dança, educação, história, memória e cultura popular e estudos do corpo nas artes cênicas.

Referências

ALMEIDA, Milton José de. Cinema Arte da Memória. Campinas: Autores Associados, 1999.

AMADO, Janaína. A culpa nossa de cada dia: ética e história oral. Projeto História, SP: v. 15, p. 145-155, 1997.

AMADO, Janaína. O grande mentiroso: tradição, veracidade e imaginação em história oral. Projeto História, SP: v. 14, p. 125-136, 1995.

AMORIM, Marilia. Pesquisador e seu Outro. SP: Musa editora, 2004.

ANDRADE, Mário de. Danças Dramáticas do Brasil (tomo I,II,III). BH: Itatiaia, 1982.

ANDRADE, Mário de. Dicionário Musical Brasileiro. BH: Itatiaia, 1989.

ANDRADE, Mário de. Música de Feitiçaria no Brasil. BH: Itatiaia, 1983.

ARAÚJO, Alceu Maynard. Cultura Popular Brasileira. SP: Melhoramentos, 1973.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura Popular na Idade Média e no Renascimento: o Contexto de François Rabelais. SP: Annablume; SP: Hucitec, 5ª ed.,2002.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. SP: Martins Fontes, 4º ed., 2003.

BENJAMIN, Walter. A Modernidade e os Modernos. RJ: Tempo Brasileiro, 2000.

BENJAMIN, Walter. Magia, Técnica, Arte e Política: Ensaios sobre Literatura e História da Cultura. SP: Brasiliense, 1994.

BENJAMIN, Walter. Rua de Mão Única. SP: Brasiliense, 1995.

BOSI, Éclea. Memória e Sociedade: Lembranças dos Velhos. SP: Companhia das Letras, 1994.

BOUCIER, Paul. História da Dança no Ocidente. SP: Marins Fontes, 1987.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues (org.). As faces da Memória. Campinas, Gráfi ca da Unicamp, cole- ção seminário 2, centro de Memória, s.d.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Os Caipiras de São Paulo. SP: Brasiliense, 1983.

BURKE, Peter. Testemunha Ocular. Bauru, SP: EDUSC, p. 88-101. 2004.

CAMINADA, Eliana. História da Dança: Evolução Cultural. RJ: Sprint, 1999.

CANCLINI, Nestor Garcia. Culturas Híbridas: Estratégias para entrar e sair da Modernidade. SP: Ed. USP, 2003.

CÂNDIDO, Antonio. Parceiros do Rio Bonito. SP: livraria duas cidades, 1975.

CÂNDIDO, Antonio. Recortes. SP: Cia das Letras, 1993.

CASCUDO, Luis da Câmara. Mouros, Franceses e Judeus: Três Presenças no Brasil. SP: Global, 2001.

CHAUL, Nasr Fayad e RIBEIRO, Paulo Rodrigues. Goiás: Identidade, Paisagem e Tradição. Goiânia, Ed. UCG, 2001.

CORALINA, Cora. Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais. São Paulo: Global editora, 1983.

DUNCAN. Isadora. Minha Vida. RJ: José Olympio, 1986.

FARGUELL, Roger W. Muller. Figuras da Dança. Lisboa: Fundação Calouste Gulberkian, 2001.

FERREIRA, Jerusa Pires. Armadilhas da Memória. Cotia, SP: Ateliê Editorial, 2003.

FILHO, Américo Pellegrini. Antologia do Folclore Brasileiro. SP: Edart; Belém: UFPA; João Pessoa: UFPR, 1982.

FREIRE, Ana Vitória. Angel Vianna, Uma Biografi a da Dança Contemporânea. RJ: Dublin, 2005.

FREIREYSS, Georg Wilhelm, 1789-1825. Viagem ao Interior do Brasil. BH: Itatiaia; SP: ED. USP, 1982.

GALZERANI, Maria Carolina Bovério. Percepções Culturais do Mundo da Escola: em Busca da Rememoração. Campinas, Anais do III encontro nacional de pesquisadores do ensino de história. P. 98-109. 1997/1999.

GARAUDY, Roger. Dançar a Vida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.

GARCIA, João. Caminhos do Ouro. Campinas: Empresa regional de Comércio Eletrônico, 2004.

GIGLIO, Zula G. & VON SIMSON, Olga. A arte de recriar o passado: história oral e velhice bem sucedida In: NERI, Anita. Desenvolvimento e Envelhecimento. Perspectivas Biológicas, Psicológicas e Sociológicas. Campinas: Papirus, 2001.

GRANGER, Gilles-Gaston. A Ciência e as Ciências. SP: ed. Unesp, 1994.

GINSBURG, Carlo. Mitos, Emblemas e Sinais: Morfologia e História. SP: Companhia das Letras, 1989. HALBWACHS, Maurice. Memória Coletiva. SP: Vértice, 1990.

HORTÊNCIO, Bariani. Cartilha do Folclore Brasileiro. Goiânia: Editora da UFG, 2004.

LA CONSTRUCTION DE LA FÉMINITÉ DANS LA DANSE (XV – XVIII siècle). Expositions. Centre National de la Danse, Pantin, 2004.

LABAN, Rudolf. O Domínio Do Movimento. SP: Summus, 1978.

LACERDA, Regina. A Independência Em Goiás. Goiânia: ED. Oriente, 1970.

LACERDA, Regina. Folclore Brasileiro. RJ: Funarte, 1977.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 5ª ed., 2003.

LEAL, OSCAR. Viagem às Terras Goyanas (Brazil Central). Goiânia, Ed. Da UFG (coleção documentos goianos, 4): 1980.

LEITE, Miriam M. & VON SIMSON, Olga R. M. Imagem e Linguagem: refl exões de pesquisa In: LANG, A. B. da S. G. (org.) Refl exões Sobre a Pesquisa Sociológica. São Paulo: CERU, 1999. Coleção textos. Serie 2; n.3.

LUISI, Emidio e BORGEA, Inês. Kasuo Ohno. SP: Cosac & Naify, 2002.

MAUSS, Marcel. Sociologia e Antropologia. SP: EPU, 1974.

MENDONÇA, Belkiss Spencière Carneiro de. A música em Goiás. Goiânia: Ed. da UFG, 1981.

MENEZES, Maria Cristina (Org.). Educação, Memória e História. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

NEVES, Lucilia. História Oral – Tempo, Identidades. BH: Autêntica, 2006. OIDA,Yoshi. O Ator Invisível. SP: Beca Produções Culturais, 2001.

OLIVEIRA, Paulo de Salles. Vidas Compartilhadas: Cultura e Co-Educação de Gerações Na Vida Cotidiana. SP: Hucitec: Fapesp, 1999.

PAIS, José Machado. Sonoridades Luso-Afro-Brasileiras. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2004.

PASOLINI, Píer Paolo. As Últimas Palavras do Herege. SP: Brasiliense, 1983.

PEIXOTO, Fernando. Brecht Vida e Obra. RJ: Paz e Terra: 1974.

PINHO, Wanderley de Araújo. Salões e Damas do Segundo Reinado. São Paulo: GRD, 2004.

PINTO, Ivan Vilela. Do velho se faz o ovo. Campinas, Dissertação de mestrado, IA/Unicamp, 1999.

PORTELLI, Alessandro. Forma e signifi cado na História Oral. A pesquisa como um experimento em igualdade. Revista do programa de estudos Pós-graduados em História e do departamento de História. PUC/SP. SP, n.14, p.7-25. fev/97.

PORTELLI, Alessandro. O que faz a história oral diferente. Revista do programa de estudos Pós-graduados em História e do departamento de História. PUC/SP. SP, n.14, p. 25-39.fev/97.

PORTELLI, Alessandro. Tentando aprender um pouquinho. Algumas refl exões sobre a ética na História Oral. Revista do programa de estudos Pós-graduados em História e do departamento de História. PUC/SP. SP, p. 13-33. 1981.

QUINTANA, Mário. Antologia Poética. Porto Alegre: L&PM, 2002.

RIBEIRO, Darcy. O Povo Brasileiro e o Sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

RODRIGUES, Graziela Estela Fonseca. Bailarino-Pesquisador-Intérprete: Processo de Formação. RJ: Funarte, 2005.

SAINT HILAIRE, Auguste De. Viagem à Província de Goiás. Belo Horizonte, Ed. Itatiaia; São Paulo: Ed. USP, 1975.

SILVA, Antônio Moreira da. Dossiê de Goiás - Enciclopédia Regional: um Compêndio de Informação sobre Goiás, sua História e sua Gente. Goiânia: Máster Publicidade, 2001.

TERRA PAULISTA, Manifestações Artísticas e Celebrações Populares no Estado de São Paulo. São Paulo, Cenepec, Imprensa Ofi cial, 2004.

THOMPSON, Paul. A Voz do Passado: História Oral. RJ: Paz e terra, 1992.

TINHORÃO, José Ramos. As Festas no Brasil Colonial. SP: Editora 34, 2000.

TINHORÃO, José Ramos. Cultura Popular: Temas e Questões. SP: Editora 34, 2001.

TINHORÃO, José Ramos. Os Sons que Vêm da Rua. SP: Editora 34, 2ª ed. 2005.

VON SIMSON, Olga R. M. e equipe. Reelaborando a tradição em busca das raízes perdidas – o caso dos teuto-brasileiros do bairro de Friburgo em Campinas (1850-1993) in Famílias em São Paulo – Vivências na Diferença. Coleção São Paulo, 1997. Textos CERU – série 2, n.7.

VON SIMSON, Olga R. M. Imagem e memória in

SAMAIN, Etienne (org) O Fotográfi co. São Paulo: Hucitec, 1998.

SAMAIN, Olga R. M. Memória, Cultura e Poder na sociedade do esquecimento: o exemplo do centro de memória da Unicamp. In: FARIA FILHO, Luciano Mendes de (org.). Arquivos, Fontes e Novas Tecnologias, Questões para a História da Educação. Campinas/SP: Autores Associados, Bragança Paulista/ S: Universo. S. Francisco, p. 63-74.2000.

SAMAIN, Olga R. M. Som e imagem na pesquisa qualitativa em ciências sociais: refl exões de pesquisa. Pedagogia e Imagem, Imagem e Pedagogia. RJ: UFF, 1998. Anais do seminário

Downloads

Publicado

2008-12-03

Como Citar

Figueiredo, V. M. C. de. (2008). Gente em cena: fragmentos e memórias da dança em Goiás. ETD - Educação Temática Digital, 8(2), 314–315. https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.670

Edição

Seção

Dissertações e Teses em Resumos