Platão e a educação: um estudo do livro VII de “A República”

Autores

  • Ana Lúcia Lazarini Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.671

Palavras-chave:

Educação. Educação - filosofia. Paideia.

Resumo

Esta pesquisa consiste num estudo a respeito do pensamento educacional de Platão, tendo como base uma de suas principais obras, A República, com ênfase no livro VII, onde o autor descreve as diferentes etapas da educação do filósofo. Levando em consideração o contexto em que o autor está inserido, serão abordados os dois momentos da educação platônica descritos na alegoria da caverna: o primeiro, relativo a um processo de elevação visando à contemplação do bem, representado pela saída da caverna e o segundo, concernente a um processo de regressão que implica saber como proceder em meio aos cidadãos, metaforizado pelo retorno à habitação subterrânea. Procurando sistematizar as principais idéias aí contidas, mostrar-se-á que essas duas direções são, segundo Platão, necessárias para que se efetive uma educação plena por ele planejada para os futuros guardiões da cidade – os filósofos. Tendo a clara noção de que tal ideal seria muito dificilmente atingível, Platão deixa evidente na própria alegoria que o processo de ascensão da alma constitui um longo e gradual percurso, com diferentes estágios, e um amplo currículo, caracterizando-se como um elevar-se para além das experiências sensíveis, a fim de alcançar a sabedoria suprema – a ciência do bem. Ao encetar tal discussão, este trabalho pretende inserir-se no debate acerca do tema – A Educação em Platão – e retomar, uma vez mais, a contribuição de um pensador da maior relevância para a Filosofia da Educação e com quem ainda temos tanto a aprender.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Lúcia Lazarini, Universidade Estadual de Campinas

Graduada em Pedagogia - Faculdades Integradas de Amparo e mestra em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Atua como professora de Ensino Fundamental no município de Pedreira-SP. Tem experiência na área de Educação, dedicando-se principalmente aos seguintes temas: alfabetização, leitura e escrita.

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 2003, 1014 p.

CHAUÍ, Marilena. Introdução à história da filosofia: dos pré-socráticos a Aristóteles. 2ª ed. revista e ampliada. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. v. 1, 552 p.

CORTELLA, Mário Sérgio. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos. 3ª ed. São Paulo: Editora Cortez, Instituto Paulo Freire, 2000, 166p.

DEBESSE, Maurice; MIALARET, Gaston (org.). Tratado das Ciências Pedagógicas. Tradução e notas: Luiz Damasco Penna e J. B. Damasco Penna. 3ª ed. São Paulo: Edusp, 1974, v. I, 121 p.

FAZENDA, Ivani (Org.). Metodologia da Pesquisa Educacional. 4ª ed. São Paulo: Editora Cortez, 1997, 174 p. 77

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 25ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987, 184 p.

GADOTTI, Moacir. História das idéias pedagógicas. 8ª ed. São Paulo: Ed. Ática, 2001, 319 p.

GLOTZ, Gustav. A Cidade Grega. Tradução: Henrique de Araújo Mesquita e Roberto Cortes de Lacerda. 2ª ed. Rio de Janeiro: Ed. Difel, 1988, 355 p.

HAVELOCK, Eric. Prefácio a Platão. Tradução: Enid Abreu Dobránzsky. Campinas, SP: Papirus, 1996, 339 p.

JAEGER, Werner Wilhelm. Paidéia: a formação do homem grego. Tradução: Artur M. Parreira. 3ª ed. São Paulo: Ed. Martins Fontes, 1994, 1440 p.

JASPERS, Karl. The great philosophers. Tradução: Ralph Manheim. New York: Harcourt, Brace & World Inc., 1962, 396 p.

LOMBARDI, José Claudinei; DERMEVAL, Saviani (orgs.). Marxismo e Educação: debates contemporâneos. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2005, (HISTEDBR), 274 p.

MANACORDA, Mário de Alighiero. História da Educação: da antiguidade aos nossos dias. Tradução: Caetano Lo Monaco. São Paulo: Ed. Cortez, 1989, 384 p.

MARROU, Henri-Irénée. História da Educação na Antiguidade. São Paulo: E.P.U./Mec., 1975, 638 p. MARX, Karl. A questão judaica. São Paulo: Centauro Editora, 2000, 103 p.

MOSSÉ, Claude. Atenas: A História de uma Democracia. Tradução: João Batista da Costa. Brasília. Ed. UNB, 1979, 142 p. 78

MOREAU, Joseph. Platão e a educação. In: CHÂTEAU, Jean. Os grandes pedagogistas. Tradução: Luiz Damasco Penna e J. B. Danasco Penna. São Paulo: Cia Editora Nacional, 1978, 400 p.

OZMON, Howard A.; CRAVER, Samuel M. Fundamentos Filosóficos da Educação. Tradução: Ronaldo Cataldo Costa. 6ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2004, 398 p.

PLATÃO. A República. Introdução, Tradução e notas: Maria Helena da Rocha Pereira. 7ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993, 515 p.

PLATÃO. As leis, ou da legislação e epinomis. Prefácio: Dalmo de Abreu Dallari. Tradução, Notas e Introdução: Edson Bini. Bauru. 1ª ed. São Paulo: EDIPRO, 1999, 543 p.

PLATÃO. Diálogos: O Banquete, Fédon, Sofista, Político. Tradução e notas: José Cavalcante de Souza, Jorge Paleikat e João Cruz Costa. São Paulo: Nova Cultural, 1987 (Os Pensadores), 261 p.

PLATÃO. Diálogos II: Fédon, Sofista, Político. Tradução: Jorge Paleikat. 12ª ed. Rio de Janeiro: Ediouro, [199-], 219 p.

PLATÃO. Fedro. Tradução e notas: Pinharanda Gomes. Lisboa: Guimarães & C. Editores, 1981, 159 p.

PEREIRA, Maria Helena da Rocha. Introdução. 1972. In: PLATÃO. A República. 7ª ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993, 515 p.

PIETTRE, Bernard. Platão – A República: Livro VII. Tradução: Elza Moreira Marcelina. São Paulo: Ática, 1989, 117 p.

PONCE, Aníbal. Educação e luta de classes. Tradução: José Severo de Camargo Pereira. 11ª ed. São Paulo: Cortez, 1991, 196 p. 79

POPPER, Karl R. A sociedade aberta a seus inimigos. Tradução: Milton Amado. São Paulo: Ed. da Universidade de São Paulo, 1974, v. 1, 394 p.

REALE, Giovanni. História da Filosofia Antiga I: Das origens a Sócrates. Tradução: Henrique Cláudio de Lima Vaz e Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 1994, 424 p.

REALE, Giovanni. História da Filosofia Antiga II: Platão e Aristóteles. Tradução: Henrique Cláudio de Lima Vaz e Marcelo Perine. São Paulo: Edições Loyola, 1994, 503 p.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia. São Paulo: Editora Autores Associados, 1995, 104 p.

SOARES, Antônio Jorge. Dialética, educação e política: uma releitura de Platão. 2ª ed. São Paulo: Cortez, 2002, 239 p.

SOUZA, José Cavalcante de; PALEIKAT, Jorge; COSTA, João Cruz. Vida e obra. 1987. In: Diálogos: O Banquete, Fédon, Sofista, Político. São Paulo: Nova Cultural, 1987 (Os Pensadores), 261 p.

TARNAS, Richard. A epopéia do pensamento ocidental: para compreender as idéias que moldaram nossa visão de mundo. Tradução: Beatriz Sidou. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000, 588 p.

TEIXEIRA, Evilázio F. Borges. A educação do homem segundo Platão. 3ª ed. São Paulo: PAULUS, 2003, 140 p.

VAZ, Henrique Claudio de Lima S.J. Antropologia Filosófica I. 5ª ed. São Paulo: Loyola, 2000. (Coleção Filosofia), 301 p.

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. Tradução: Ísis Borges B. da Fonseca. 11ª edição. Rio de Janeiro: Ed. Bertrand Brasil, 2000. 80

VERNANT, Jean-Pierre; VIDAL-NAQUET, Pierre. Mito e tragédia na Grécia Antiga. São Paulo: Ed. Perspectiva, 1999.

Downloads

Publicado

2008-12-03

Como Citar

Lazarini, A. L. (2008). Platão e a educação: um estudo do livro VII de “A República”. ETD - Educação Temática Digital, 8(2), 316–317. https://doi.org/10.20396/etd.v8i2.671

Edição

Seção

Dissertações e Teses em Resumos