Banner Portal
Diferenças: os grupos na escola numa perspectiva psicanalítica
PDF

Palavras-chave

Diferença. O outro. Psicanálise de grupos.

Como Citar

DE GRANDE, Paula Baracat. Diferenças: os grupos na escola numa perspectiva psicanalítica. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 8, p. 153–168, 2008. DOI: 10.20396/etd.v8i0.719. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/719. Acesso em: 16 jul. 2024.

Resumo

O presente trabalho é resultado de observações feitas em uma escola pública estadual como parte das atividades práticas da disciplina EL 511 Psicologia e Educação, ministrada pela professora Dra. Regina Maria de Souza, na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). A partir da observação de duas classes do primeiro ano do Ensino Médio, notamos a diferença - que fabricaram para si - de dois grupos sócio-culturais, chamados, nesse trabalho, de nerds e descolados. Tal diferença é analisada pela perspectiva psicanalítica, ao considerar que os alunos reforçam as diferenças entre o grupo ao qual pertencem em relação ao outro grupo a partir do processo de identificação. A identificação envolve a formação do eu, que passa necessariamente pela imagem do outro. Sustentamos que a diferença entre esses grupos influencia na dinâmica da interação em sala de aula e, por isso, deve ser considerada e discutida no âmbito educacional. Nesse trabalho, também salienta-se a questão da identificação das professoras observadas com um grupo em detrimento do outro. 

https://doi.org/10.20396/etd.v8i0.719
PDF

Referências

FREUD, S. Cinco lições de psicanálise; a historia do movimento psicanalítico; esboço de psicanálise, seleção de Jayme Salomão. Textos escolhidos / Ivan Petrovich Pavlov; seleção de Rachel Moreno.São Paulo: Abril Cultural, 1974.

KOLTAI, C. Política e psicanálise: o estrangeiro. São Paulo: Escuta, 2000.

MASON, J. Qualitative Researching. London, England: SAGE Publications, 1998.

PONTALIS, J.B. Uma cara que não agrada. PONTALIS, J.B. Perder de vista, Rio de Janeiro: Zahar, 1991.

SOUZA, R. M; GALLO, S. Por que matamos o barbeiro? Reflexões preliminares sobre a paradoxal exclusão do outro. Educação & Sociedade, Campinas, SP, n.79, ano 23, p.39-63, ago. 2002.

SOUZA, R. M. O olhar e esses seres anormais: notas, um tanto desencontradas, sobre o racismo em nós. Ponto de Vista, n. 5, p. 13-36, 2003.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.