Perspectivas do gênero documentário pela apropriação de elementos de linguagem da TV Digital Interativa

Autores

  • Marcelo Sacrini Universidade Federal de Lavras

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v5i2.758

Palavras-chave:

Documentário. TV digital interativa. Apropriação de elementos de linguagem.

Resumo

O artigo apresenta uma reflexão sobre a TV Digital Interativa como novo espaço de apropriação dos elementos de linguagem pelo gênero documentário, além de elaborar algumas projeções quanto às possibilidades de aplicação do produto nesse meio. O Documentário Interativo Digital difere tanto do convencional, fílmico, quanto daquele produzido para a Web, mesmo que reproduza e agregue alguns elementos de linguagem experimentados em ambos. A nova modalidade herdará do cinema a leitura linear embora possibilite, também, interrupções para o acesso a informações outras, multimídias, com características de uma linguagem hipertextual e interativa, agregando as possibilidades da não-linearidade e muti-linearidade. Além disso, os dados de retorno poderão ser direcionados ao provedor do conteúdo, conferindo ao documentário uma possibilidade didático-pedagógica como nunca antes experimentada pelo gênero. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Sacrini, Universidade Federal de Lavras

Redator Web da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Jornalista, Especialista em Informática em Educação pela Universidade Federal de Lavras Professor de Jornalismo On-line

Referências

AMARAL, Sérgio Ferreira do, PACATA, Daniel Moutinho. A TV Digital Interativa no espaço educacional. Jornal da Unicamp, Campinas, n. (edição) 229, 15 a 21 set. 2003. Disponível em: http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/jul/setembro2003/ju229pg2b.html. Acesso em: 11 mar. 2004.

BECKER, Valdecir; MONTEZ, Carlos. TV digital interativa: conceitos, desafios e perspectivas para o Brasil. Florianópolis: 12TV, 2004.

BRASIL. Ministério das Comunicações. Atos do poder executivo. Telecomunicações: TV Digital. Decreto no 4901, 26 nov. 2003. Edição Número 231, 27 nov. 2003.

GOSCIOLA, Vicente. Roteiro para as novas mídias: do game à tv interativa. São Paulo: Editora Senac, 2003.

GREGOLIN, Maira, SACRINI, Marcelo, TOMBA, Rodrigo Augusto. Web-documentário: uma ferramenta pedagógica para o mundo contemporâneo. Campinas, 2002, 120f. (Trabalho de Conclusão de Curso) - Faculdade de Jornalismo, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas, 2002.

GRIERSON, John. First principles of documentary. London: Faber & Faber, 1979.

LIESTOL, Gunnar. Wittgenstein, Genette y la narrativa del lector em hipertexto. In: LANDOW, George P. (Org.). Teoria del hipertexto. Barcelona: Paidós, 1997.

PENÁFRIA, Manuela. (1999) Perspectivas de desenvolvimento para o documentarismo. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/_texto.php3?html2=penafriaperspectivasdocumentarismo.html. Acesso em: 15 ago. 2002.

UOL Dicionário Michaelis. São Paulo: FSP, 2002. (Publicado em CD ROM)

WINSTON, Brian. Claming the real: the documentary film revisited. London: BFI - British Film Institute Publishing, 1995.

Downloads

Publicado

2008-11-13

Como Citar

SACRINI, M. Perspectivas do gênero documentário pela apropriação de elementos de linguagem da TV Digital Interativa. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 5, n. 2, p. 7-22, 2008. DOI: 10.20396/etd.v5i2.758. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/758. Acesso em: 30 out. 2020.