Banner Portal
Implicações e conquistas da atuação do intérprete de língua de sinais no Ensino Superior
PDF

Palavras-chave

Intérprete de língua de sinais. Ensino superior. Inclusão. Surdez.

Como Citar

MARTINS, Vanessa Regina de Oliveira. Implicações e conquistas da atuação do intérprete de língua de sinais no Ensino Superior. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 7, n. 2, p. 158–167, 2008. DOI: 10.20396/etd.v7i2.800. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/800. Acesso em: 19 abr. 2024.

Resumo

A profissão do intérprete educacional tem ganhado espaço dentro da sala de aula. Salientamos que a notória presença e a maior visibilidade, atualmente, do intérprete de língua de sinais, é caracterizada no ensino superior. Isso em cumprimento da legislação que garante ao educando, com necessidades especiais, as mudanças necessárias para o atendimento e as adaptações pertinentes ao seu pleno acesso dentro da instituição de ensino. Nesse estudo observaremos a atuação do intérprete no ensino superior e as mudanças corporativas referentes à recepção e enquadramento deste novo profissional da educação. 

https://doi.org/10.20396/etd.v7i2.800
PDF

Referências

FERNANDES, E. Linguagem e Surdez. Porto Alegre: Artmed, 2003.

GOES, M.C.R. Linguagem, surdez e educação. Campinas: Autores Associados, 1996.

LACERDA, C. B. F. O intérprete educacional de língua de sinais no ensino fundamental: refletindo sobre limites e possibilidades. In: LODI, A C. B., at. (Org). Letramento e Minorias. Porto Alegre: Mediação, 2002.

MARTINS, V. de O. Intérprete ou professor: o papel do intérprete de língua de sinais na educação inclusiva de alunos surdos. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso de Pedagogia em Educação Especial - Faculdade de Educação da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Campinas, 2004.

ROSA, A. S. Entre a visibilidade da tradução da língua de sinais e a invisibilidade da tarefa do intérprete. Dissertação de Mestrado – Faculdade de Educação na Universidade Estadual de Campinas, SP, 2005.

SÁ, Nídea R. L. de. Educação de Surdos: A Caminho do Bilingüismo. Niterói: EDUFF, 1999.

SKLIAR, C. (Org) Educação e exclusão – abordagem socioantropológica em educação especial. Porto Alegre: Mediação, 1997.

SOUZA, R.M. de. Que palavra que te falta? São Paulo, 1998.

SOUZA, R.M. de. Por uma escola para todos. Para quais todos? In: COLÓQUIO DO LEPSI, 5, 2004, São Paulo. Anais... São Paulo: Faculdade de Educação da USP, 2004. (palestra)

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.