Mapeamento de competências digitais: a inclusão social dos idosos

Autores

  • Leticia Rocha Machado Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Tássia Priscila Fagundes Grande Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Patricia Alejandra Behar Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Fabiana de Miranda Rocha Luna Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v18i4.8644207

Palavras-chave:

Competências digitais. Idosos. Inclusão digital

Resumo

O presente artigo apresenta o mapeamento de competências digitais de idosos em cursos de inclusão digital. Estes buscam cada vez mais acompanhar a transformação tecnológica, o que permite uma investigação sobre as competências digitais dos idosos no uso destes recursos. Portanto, a pesquisa se caracteriza como quali-quantitativa e foi desenvolvida a partir de 3 etapas: 1) Construção do Referencial Teórico; 2) Curso de extensão; 3) Coleta e análise dos dados. Para a terceira etapa foram utilizados três instrumentos: questionários com perguntas abertas e fechadas e observação participante. O público-alvo foram 31 idosos com idade igual ou superior a 60 anos que participaram de um curso de inclusão digital ofertado em uma Universidade Federal. Todos assinaram o Termo de Consentimento Informado. Os dados possibilitaram o mapeamento de cinco competências, categorizada em três grupos de competências: Alfabetização digital, Letramento digital, Fluência digital. As principais competências que apareceram nestas categorias foram: Recursos básicos da internet; Pesquisa na Web; Comunicação através do e-mail; Informação online confiável e Resiliência Virtual. Os resultados possibilitaram inferir que os idosos que participaram do curso estão abertos a novas aprendizagens e, principalmente, são extremamente motivados para continuar aprendendo sobre as tecnologias digitais em geral.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leticia Rocha Machado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui Graduação em Pedagogia Multimeios e Informática Educativa pela PUC-RS, Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica pela PUCR-RS e Doutorado em Informática na Educação pela UFRGS. Atualmente realiza o Pós-Doutorado. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em EAD e Informática na Educação.

Tássia Priscila Fagundes Grande, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduada no curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul . Possui Especialização em Psicopedagogia e Tecnologias da Informação e Comunicação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestranda pelo Programa de Pós-graduação em Educação (PPGEDU) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul , na linha de pesquisa de Informática na Educação. Tem experiência como monitora presencial/virtual, tutora presencial/virtual e professora presencial/virtual na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: computador na educação, monitor presencial/ virtual, redes sociais e inclusão digital para idosos.

Patricia Alejandra Behar, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora Titular da Faculdade de Educação e dos Cursos de Pós Graduação em Educação (PPGEdu) e em Informática na Educação (PPGIE) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui bolsa de Desenvolvimento Tecnológico e Expansão Inovadora (DT), nível I. Mestre e Doutora em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação a Distância (EAD) e Informática na Educação. Atua, principalmente, nos seguintes temas: desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs), produção e avaliação de materiais educacionais digitais, arquiteturas pedagógicas, modelos pedagógicos para EAD, construção do conhecimento em AVAs, formação de professores em AVAs. Coordena o Núcleo de Tecnologia Digital aplicada à Educação (NUTED) da Faculdade de Educação (FACED) e vinculado ao Centro Interdisiciplinar de Novas Tecnologias na Educação (CINTED). Desenvolveu o ambiente virtual ROODA, utilizado como uma das plataforma de EAD da UFRGS em cursos presencias, semi e totalmente a distância, por mais de 52000 usuários. Membro do comitê IFIP (International Federation for Information Processing) Technical Committee 3-Education. 

Fabiana de Miranda Rocha Luna, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduação em Pedagogia Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFGRS, Porto Alegre, RS - Brasil

Referências

AGUIAR, Eliane Vigneron Barreto; FLÔRES, Maria Lucia Pozzatti. Objetos de aprendizagem: conceitos básicos. In: TAROUCO, Liane Margarida Rockenbach; COSTA, Valéria Machado da; ÁVILA, Barbara Gorziza et al. Objetos de aprendizagem: teoria e prática. Porto Alegre: Evangraf, 2014. Disponível em: http://goo.gl/XgpMHM. Acesso em: 14 mar. 2016.

BEHAR, Patricia Alejandra, RIBEIRO, Ana Carolina Ribeiro; SCHNEIDER, Daisy et al. Competências: conceito, elementos e recursos de suporte, mobilização e evolução. In: BEHAR, Patricia Alejandra (Org.). Competências em educação a distância. Porto Alegre: Penso, 2013, p. 20-41. Disponível em: https://goo.gl/4JmnG6. Acesso em: 14 mar. 2016.

CARVALHO, Glaucia Mauch de; TARALLO, Roberta dos Santos; BATISTONI, Samila Sathler Tavares et al. Redes sociais e geratividade: a experiência do programa idosos online. Estudos Interdisciplinares Sobre o Envelhecimento, Porto Alegre, RS, v. 19, n. 03, p. 793-812. 2014. Disponível em: http://goo.gl/VUsva8. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2316-2171.

CENTRO DE ESTUDOS SOBRE AS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação no Brasil: TIC domicílios e TIC empresas. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2014. 662 p. Disponível em: http://goo.gl/n85xO3. Acesso em: 14 mar. 2016.

CAVALCANTE, Daniel do Nascimento e Sá; OLIVEIRA, André F.; RODRIGUES, Thiago O et al. A montanha vai a Maomé: uma abordagem para alfabetização digital de idosas de uma instituição de longa permanência. Computer On The Beach, Itajaí, SC, p. 498-500. 2015. Disponível em: http://goo.gl/HqyrV7. Acesso em: 12 jun. 2015. ISSN 2358-0852.

DEMO, Pedro. Inclusão digital – cada vez mais no centro da inclusão social. Inclusão Social, Brasília, DF, v. 01, n. 01, p. 36-38. out./mar. 2005. Disponível em: http://goo.gl/2QVPR9. Acesso em: 12 jun. 2015. ISSN 1808-8678.

DIAS, Isabel. O uso das tecnologias digitais entre os seniores: motivações e interesses. Sociologia, Problemas e Práticas, Lisboa, PT, n. 68, p. 51-77. 2012. Disponível em: http://goo.gl/pvLrZs. Acesso em: 12 jun. 2015. ISSN 2182-7907.

DOLL, Johannes; RAMOS, Anne Carolina; BUAES, Caroline Stumpf. Educação e envelhecimento. Educação & Realidade, Porto Alegre, RS, v. 40, n. 01, p. 09-17. jan./mar. 2015. Disponível em: http://goo.gl/ubELjD. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2175-6236.

FILHO, Antonio Mendes da Silva. Os três pilares da inclusão digital. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, PR, v. 03, n. 24. mai. 2013. Disponível em: http://goo.gl/Paahth. Acesso em: 12 jun. 2015. ISSN 1519-6186.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1993.

GANDRA, Tatiane Krempser. Inclusão digital na terceira idade: um estudo de usuário na perspectiva fenomenológica. 2012. 137 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 2012. Disponível em: http://goo.gl/qkFkpC. Acesso em: 14 mar. 2016.

KACHAR, Vitória. Terceira idade e informática: aprender revelando potencialidades. São Paulo: Cortez, 2003.

KACHAR, Vitória. Envelhecimento e perspectivas de inclusão digital. Revista Kairós Gerontologia, São Paulo, SP, v. 13, n. 02, p. 131-147. nov. 2010. Disponível em: http://goo.gl/dtzyuB. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2176-901X.

KÜLLER, José Antonio; RODRIGO, Natália de Fátima. Metodologia de desenvolvimento de competências. Porto Alegre: SENAC, 2013.

MACHADO, Leticia Rocha; BEHAR, Patricia Alejandra. Competências necessárias para os alunos idosos na educação a distância. In: BEHAR, Patrícia Alexandra (Org.). Competências em educação a distância. Porto Alegre: Penso, 2013, p. 223-236.

MACHADO, Leticia Rocha. Construção de uma arquitetura pedagógica para cyberseniors: desvelando o potencial inclusivo da educação a distância. 2013. 190 f. Tese (Doutorado em Informática na Educação) – Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2013. Disponível em: http://goo.gl/HmlEzS. Acesso em: 14 mar. 2016.

MACHADO, Letícia Rocha. Metas motivacionais de idosos em inclusão digital. 2007. 116 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) – Instituto de Geriatria e Gerontologia, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2007. Disponível em: http://goo.gl/MFzaHn. Acesso em: 14 mar. 2016.

MARTÍN, Antonio Víctor. Gerontologia educativa: enquadramento disciplinar para o estudo e intervenção socioeducativo com idosos. In: OSORIO, Agustin Requejo; PINTO, Fernando Cabral. As pessoas idosas: contexto social e intervenção educativa. Lisboa: Instituto Piaget, 2007.

PEREIRA, Claudia; NEVES, Rui. Os idosos e as TIC – competências de comunicação e qualidade de vida. Revista Kairós Gerontologia, São Paulo, SP, v. 14, n. 01. mar. 2011. Disponível em: http://goo.gl/JimbkS. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2176-901X.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999.

PERRENOUD, Philippe. Desenvolver competências ou ensinar saberes? A escola que prepara para a vida. Porto Alegre: Penso, 2013.

PETRELLA, Simone; PINTO, Manuel; PEREIRA, Sara. O idoso e a educação para os Media. Novos desafios entre envelhecimento e exclusão social. In: SOPCOM COMUNICAÇÃO GLOBAL, CULTURA E TECNOLOGIA, 8., 2014, p. 150-155. Anais eletrônicos... Disponível em: http://goo.gl/yJdWwN. Acesso em: 12 jun. 2015.

PEREIRA, Claudia; NEVES, Rui. Os idosos na aquisição de competências TIC. Educação, Formação & Tecnologias, Minho, PT, v. 04, n. 02, p. 15-24. nov. 2011. Disponível em: http://goo.gl/PlcFTJ. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1646-933X.

PINHO, José Antônio Gomes de. Participação social na internet: reflexões sobre os caminhos para a criação de competências infocomunicacionais na realidade brasileira. In: BORGES, Jussara; JAMBEIRO, Othon et al (Org.). In: SEMINÁRIO DE COMPETÊNCIAS INFOCOMUNICACIONAIS E PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Anais eletrônicos... Salvador: UFBA, 2012. 59 p. Disponível em: https://goo.gl/Rs0d4U. Acesso em: 14 mar. 2016.

SALES, Marcia Barros; MARIANI, Antonio Carlos; ALVARES, Angela Maria. Informática para a 3ª idade. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2009. 136p.

SANTOS, Hemanuela Fernandes Mello dos. Competência digital: uma vertente da competência informacional. 2008. 50 f. Monografia (Graduação em Biblioteconomia) – Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2008. Disponível em: http://goo.gl/6xr8At. Acesso em: 14 mar. 2016.

SCORALICK-LEMPKE, Natália Nunes; BARBOSA, Altemir José Gonçalves; MOTA, Márcia Maria Peruzzi Elia. Efeitos de um processo de alfabetização em informática na cognição de idosos. Psicologia: Reflexão Crítica, Porto Alegre, RS, v. 25, n. 04, p. 774-782. 2012. Disponível em: http://goo.gl/X8JB8r. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 0102-7972.

SILVA, Tiago Rodrigo da; BUZ, Diego Fernandes; PESSOA, Nádia Soraida Mateus. Inclusão digital da terceira idade. Anais SULCOMP, Criciúma, SC, v. 07. 2014. Disponível em: http://goo.gl/lKgiwC. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2359-2656.

SILVEIRA, Michele Marinho da; KÜMPEL, Daiana Argenta; ROCHA, Josemara de Paula et al. Processo de aprendizagem e inclusão digital na terceira idade. Revista Tecnologia e Sociedade, Curitiba, PR, v. 07, n. 13, p. 106-117. 2011. Disponível em: https://goo.gl/7MERcu. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1984-3526.

TAVARES, José. (Org.) Resiliência e educação. São Paulo: Cortez, 2001.

TONI, Isabel Marrachinho. Educação e psicologia: interações e estratégias para uma velhice bem sucedida. In: CASARA, Miriam Bonho; CORTELLETTI, Ivonne Assunta; BOTH, Agostinho. Educação e envelhecimento. Caxias do Sul: Educa, 2006.

VECHIATO, Fernando Luiz. Repositório digital como ambiente de inclusão digital e social para usuários idosos. 2010. 185 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Marília, SP, 2010. Disponível em: https://goo.gl/u48WTT. Acesso em: 14 mar. 2016.

Downloads

Publicado

2016-11-17

Como Citar

MACHADO, L. R.; GRANDE, T. P. F.; BEHAR, P. A.; ROCHA LUNA, F. de M. Mapeamento de competências digitais: a inclusão social dos idosos. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 18, n. 4, p. 903–921, 2016. DOI: 10.20396/etd.v18i4.8644207. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8644207. Acesso em: 10 abr. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)