Banner Portal
Pactos de uma racionalidade política, práticas solidárias na escola inclusiva: modos de subjetivação docente
PDF

Palavras-chave

Governamentalidade. Neoliberalismo. Docência. Solidariedade.

Como Citar

LAZZARIN, Márcia Lise Lunardi; HERMES, Simoni Timm. Pactos de uma racionalidade política, práticas solidárias na escola inclusiva: modos de subjetivação docente. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 19, n. 3, p. 805–821, 2017. DOI: 10.20396/etd.v19i3.8644527. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8644527. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

No cruzamento da Educação Inclusiva com a Educação Especial, este artigo objetiva problematizar o modelo ideal de professor produzido, através das práticas solidárias, no processo de formação docente na Educação Especial no Brasil. Para tal, a materialidade de pesquisa contempla materiais didáticos relacionados à Rede Nacional de Formação Continuada de Professores na Educação Especial. A partir dos Estudos Foucaultianos em Educação, especialmente da ferramenta  governamentalidade, a mesma racionalidade política neoliberal, esta que serve como referência para a biopolítica, que promove o empresariamento de si na docência, opera na produção de práticas solidárias na escola inclusiva a fim de garantir o sucesso da inclusão escolar. A docência como prática solidária torna-se o modelo ideal à escola inclusiva.
https://doi.org/10.20396/etd.v19i3.8644527
PDF

Referências

BOSCO, Ismênia Carolina Mota Gomes [et. al.]. Surdocegueira e deficiência múltipla. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, Universidade Federal do Ceará, 2010. 48p. (Coleção A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar)

BUJES, Maria Isabel Edelweiss. Descaminhos. In: COSTA, Marisa Vorraber (org.). Caminhos investigativos II: novos modos de pensar e fazer pesquisa em educação. Rio de Janeiro, RJ: Lamparina, 2007, p. 13-34.

CASTEL, Robert. As metamorfoses da questão social: uma crônica do salário. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009. 611p.

DELEUZE, Gilles. Foucault. Tradução de Claudia Sant’ Anna Martins. São Paulo, SP: Brasiliense, 2005. 142 p.

FOUCAULT, Michel. Segurança, território e população. Curso dado no Collège de France (1977-1978). Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2008a. 572 p. (Coleção tópicos)

FOUCAULT, Michel. Nascimento da biopolítica. Curso dado no Collège de France (1978-1979). Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2008b. 474 p. (Coleção tópicos)

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. Curso dado no Collège de France (1975-1976). Tradução de Maria Ermantina Galvão. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2005. 382 p. (Coleção tópicos)

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. Tradução de Maria Thereza da Costa Albuquerque e J. A. Guilhon Albuquerque. Rio de Janeiro, RJ: Graal, 2001. 152 p.

GADELHA, Sylvio. Biopolítica, governamentalidade e educação: introdução e conexões a partir de Michel Foucault. Belo Horizonte, MG: Autêntica, 2009. 240 p. (Educação: Experiência e Sentido)

GADELHA, Sylvio. Govenamentalidade (neo)liberal, concorrência, empreendedorismo e educação: uma abordagem foucaultiana. [S.l.: s.n.], i2010. 30p.

GADELHA, Sylvio. Governamentalidade neoliberal, Teoria do Capital Humano e empreendedorismo. In: Revista Educação & Realidade, v.34, n. 02, p.171-186, mai./ago. 2009b.

GIACOMINI, Lília [et. al.]. Orientação e mobilidade, adequação postural e acessibilidade espacial. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, Universidade Federal do Ceará, 2010. 44p. (Coleção A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar)

RABINOW, Paul; ROSE, Nikolas. O conceito de biopoder hoje. In: Política e Trabalho. Revista de Ciências Sociais, nº 24, p. 27-57, abr. 2006.

ROPOLI, Edilene Aparecida [et. al.]. A escola comum inclusiva. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, Universidade Federal do Ceará, 2010. 48p. (Coleção A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar)

SARTORETTO, Mara Lúcia [et. al.]. Recursos pedagógicos acessíveis e comunicação aumentativa e alternativa. Brasília, DF: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial, Universidade Federal do Ceará, 2010. 64p. (Coleção A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar)

SCHULTZ, Theodore William. O capital humano: investimentos em educação e pesquisa. Tradução de Marco Aurélio de Moura Matos. Rio de Janeiro, RJ: Zahar, 1973. 250 p.

SOMMER, Luís Henrique. Práticas de produção da docência: uma análise sobre literatura de formação de professores. In: Anais do XV ENDIPE – Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino: Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente: políticas e práticas educacionais. Belo Horizonte, MG, 2010, p. 28-37.

TRAVERSINI, Clarice Salete. Debite um analfabeto no seu cartão: a solidariedade como estratégia para alfabetizar a população e desresponsabilizar o Estado. In: Educação em Revista, Belo Horizonte, MG, v.43, p.73-93, jun. 2006.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA. Projeto Pedagógico do Curso de Educação Especial – Licenciatura. Santa Maria, RS: Pró-Reitoria de Graduação, 2004.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.