Banner Portal
Sobre o uso pedagógico da imagem fílmica na escola
PDF

Palavras-chave

Pedagogia. Filme. Conhecimento. Escola.

Como Citar

CARLOS, Erenildo João. Sobre o uso pedagógico da imagem fílmica na escola. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 19, n. 2, p. 550–569, 2017. DOI: 10.20396/etd.v19i2.8645247. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8645247. Acesso em: 20 jul. 2024.

Resumo

O presente ensaio problematiza, a partir de um procedimento analítico-argumentativo, a presença da imagem cinematográfica no contexto da cultura visual a partir do entendimento de que o filme pode ser utilizado pedagogicamente no espaço escolar. Argumenta que na sociedade atual, a relação tricotômica existente entre imagem, cinema e conhecimento se configura como uma questão que deve ser analisada teoricamente, abordada com a devida consciência crítica e trabalhada pedagogicamente com competência, tendo em vista o cumprimento dos fins sociais da educação escolar, a especificidade da linguagem cinematográfica e seus possíveis vínculos com a natureza epistêmica do saber elaborado.
https://doi.org/10.20396/etd.v19i2.8645247
PDF

Referências

AUMONT, Jacques. A imagem. Trad. Estela dos Santos Abreu e Cláudio César Santaro.

ed. Campinas, SP: Papirus, 1993. 320p.

AUMONT, Jacques. et. al. (Orgs.). A estética do filme. Trad. Marina Appenzeller. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012. 304p.

BARTHES, Roland. Inéditos. vol. 3 - Imagem e moda. Trad. Ivone C. Beneetti. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2005. 384p.

BRASIL. Resolução do CNE/CP Nº 1, de 15 de maio de 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf. Acesso em: 09 dez. 2015.

BRASIL. Lei 13.006 de 26 de junho de 2014. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L13006.htm Acesso em: 20 jul. 2016.

BRIGGS, Asa; BURKE, Peter. Cinema e televisão. In: Uma história social da mídia: de Gutemberg à internet. Trad. Maria Carmelita Pádua Dias. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2004. p. 169-184.

CABRERA, Júlio. O cinema pensa: uma introdução à Filosofia através de filmes. Trad. Rita Vinagre. Rio de Janeiro, RJ: Rocco, 2006. 400p.

CARLOS, Erenildo João. (Org.). Educação e visualidade: reflexões, estudos e experiências pedagógicas com a imagem. João Pessoa, PB: UFPB, 2008. 122p.

CARLOS, Erenildo João. Por uma pedagogia crítica da visualidade. (Org.). João Pessoa, PB: UFPB, 2010. 246p.

CARLOS, Erenildo João; VICENTE, Dafiana do Socorro Soares. (Orgs.). A importância do ato de ver. João Pessoa, PB: UFPB, 2011. 184p.

CORTELA, Mário Sérgio. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos. São Paulo, SP: Cortez, 2008. 160p.

COSTA, Cristina. Educação, imagem e mídia. São Paulo, SP: Cortez, 2005.

CURRIE, Gregory. Ficções visuais. In: RAMOS, Fernão Pessoa. (Org.). Teoria contemporânea do cinema: pós-estruturalismo e filosofia analítica. V. 1, São Paulo, SP: SENAC, 2005. p. 171-188.

FAHEINA, Evelyn Fernandes Azevedo. O cinema vai à escola: o uso de filme como mediação da apropriação do conhecimento na educação de jovens e adultos na rede municipal de João Pessoa, PB. João Pessoa, 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraíba. Disponível em: http://bdtd.biblioteca.ufpb.br/tde_arquivos/12/TDE-2012-11-05T103341Z-1804/Publico/arquivototal.pdf. Acesso: 07 jan. 2012.

JOLY, Martine. Introdução à análise da imagem. Trad. Marina Appenzeller. 14. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012. 152p.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. Trad. Salma Tannus Muchail. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1999. 544p.

HERNANDEZ, Fernando. Catadores da cultura visual: proposta para uma nova narrativa educacional. Trad. Ana Death Duarte. Porto Alegre, RS: Mediação, 2007. 128p.

LESSA, Sérgio. Para compreender a ontologia do ser social. 3. ed. ver. e ampl. Ijuí, RS: UNIJUÍ, 2007. 240p.

LIBÂNEO, José Calos. Democratização da escola pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. 4. ed. São Paulo, SP: Loyola, 2001. 146p.

LUKÁCS, György. Prolegômenos para uma ontologia do ser social: questões de princípios para uma ontologia hoje tornada possível. Trad. Lya Luft e Rodnei Nascimento, São Paulo, SP: Boitempo, 2010. 416p.

MARTIN, Maciel. A linguagem cinematográfica. São Paulo, SP: Brasiliense, 2003. 184p.

MOREIRA, Antônio Flávio (Org.). Conhecimento educacional e formação do professor. Campinas, SP: Papirus, 1994. 140p.

NOVOA, Jorge; FRESSATO, Soleni Biscouto e FEIGELSON, Soleni. (Orgs.). Cinematógrafo: um olhar sobre a história. São Paulo, SP: UNESP; Salvador, BA: EDUFBA, 2009. 496p.

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica. Trad. José Teixeira Coelho Neto. São Paulo, SP: Perspectiva, 2005. 340p.

PINTO, Álvaro Vieira. Teoria da cultura. In: Ciência e existência: problemas filosóficos da pesquisa científica. Trad. Maria Carmelita Pádua Dias. 2. ed. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra; 1979. p. 119-138.

RAMOS, Fernão Pessoa. (Org.). Teoria contemporânea do cinema: pós-estruturalismo e filosofia analítica. v. 1, São Paulo, SP: SENAC, 2005. 436p.

SANTAELLA, Lúcia; NOTH, Winfried. As imagens podem mentir? In: Imagem: cognição, semiótica e mídia. 4. ed., São Paulo, SP: Iluminuras, 2005. p. 195-208.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de Linguística Geral. Trad. Antônio Chelini e outros. 12. Ed. São Paulo, SP: Cultrix, 1996.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 10 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo horizonte, MG: Autêntica, 1999. 156 p.

THOMPSON, John B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica dos meios de comunicação de massa. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995. 432p.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.