Categorias de narrativas: principais usos em pesquisas e formação de pedagogas

Palavras-chave: Narrativas. Formação de pedagogas. Pesquisas narrativas.

Resumo

Apresentamos neste artigo resultados parciais de uma pesquisa, do tipo análise documental, que versa sobre narrativas no âmbito da formação de Pedagogas e das pesquisas nesta mesma área. Consideramos 16 obras produzidas entre os anos de 2006 e 2014, sendo 12 dissertações e quatro teses, todas disponíveis da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. No processo de pesquisa, ao ler autores que destinam suas obras às narrativas, assim como as obras objeto de análise, surgiram interrogações e constatações sobre o tema que nos levaram à necessidade de elaboração de uma categorização das narrativas como meio de melhor visualizarmos seus distintos usos. Em paralelo, também concebemos um levantamento parcial das nomenclaturas utilizadas no tratamento às narrativas e seus usos. Estas duas elaborações, a categorização e a listagem das narrativas, possibilitou-nos uma visão mais ordenada das narrativas e seus usos, que, por sua vez, facilitou o andamento de nossa pesquisa. Compartilhamos estes resultados com o intuito de contribuir às pesquisas e práticas pedagógicas que se utilizam de narrativas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carla Barbisan, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Mestre em Educação - Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS) - Campinas, SP - Brasil. 

Maria Auxiliadora Bueno Andrade Megid, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Doutora em Educação - Universidade Estadual de Campinas - Campinas, SP - Brasil.  Professora titular - Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS) - Campinas, SP - Brasil

Referências

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith; GEWANDSZNAJDER, Fernando. O método nas ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. São Paulo: Pioneira, 2000.

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: HUCITEC, 1992.

BARBISAN, Carla. Narrativas: usos e contribuições às pesquisas sobre formação inicial de pedagogos. 2017. 200 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Campinas, SP, 2017.

BRITO, Angela Maria. (Org.). Memórias de formação: registros de percursos em diferentes contextos. Campo Grande, MS: UFMS, 2007.

CLANDININ, D. Jean, CONNELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa: expectativas e histórias na pesquisa qualitativa. Uberlândia, MG: EDUFU, 2011.

CHIZZOTI, Antonio. Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

CUNHA, Maria Isabel. Conta-me agora! : as narrativas como alternativas pedagógicas na pesquisa e no ensino. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 23, n. 1-2, jan./dec. 1997. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-25551997000100010 . Acesso em: 01 março 2017.

DERMARTINI, Zeila de Brito Fabri. Das histórias de vida às histórias de formação. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio (Org.); Dirceu Castilho Pacheco et al. Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2008.

DEWEY, John. Experiência e educação: tradução de Anísio Teixeira. 2. ed. São Paulo, Ed. Nacional, 1976.

FREITAS, Liliane Miranda, GHEDIN, Luiz Evandro. Narrativas de formação: origens, significados e usos na pesquisa-formação de professores. Revista Contemporânea de Educação, v.10, n.19, jan./jun. de 2015. Disponível em: https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:svy45H3mHmYJ:https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1929+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br . Acesso em: 01 out. 2016.

FURLANETTO, Ecleide Cunico. Matrizes Pedagógicas e Formação Docente. Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de PsicoPedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2009. ISBN- 978-972-8746-71-1. Disponível em: http://www.educacion.udc.es/grupos/gipdae/documentos/congreso/xcongreso/pdfs/t3/t3c78.pdf . Acesso em: 26 nov. 2016.

GARCIA, Marcelo Carlos. A formação de professores: novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. In: NÓVOA, António (Org.). Os professores e sua formação. Lisboa, Portugal: Dom Quixote,1992.

JOSSO, M. C. Da formação do sujeito... ao sujeito da formação. In: NÓVOA, A; FINGER, M (Org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Departamento de Recursos Humanos/Ministério da Saúde. 1988.

LARROSA, J. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, n. 19. jan./fev./mar./abr. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf. Acesso em: 03 jun. 2016.

LARROSA, J. Experiência em educação. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 19, n. 2, p. 04-27, jul./dez. 2011. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/2444/1898 Acesso em: 08 ago. 2016.

MEGID, Maria Auxiliadora Bueno Andrade. Formação inicial de professoras mediada pela escrita e pela análise de narrativas sobre operações numéricas. 2009, 284 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática). Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, 2009.

NOGUEIRA, Eliane Greice Davanço et al. A escrita de memoriais a favor da pesquisa e da formação. In: SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio (Org.); Dirceu Castilho Pacheco [et al]. Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2008.

PASSEGUI, Maria da Conceição. A experiência em formação. Educação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, p. 147-156, maio/ago. 2011. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8697. Acesso em: 13 nov. 2016.

PRADO, Guilherme do Val Toledo; SOLIGO, Rosaura (Org.). Porque escrever é fazer história. Campinas, SP: Graf. FE, 2005.

SOUZA, Elizeu Clementino; OLIVEIRA, Rita de Cássia Magalhães. Entre fios e teias de formação: escolarização, profissão e trabalho docente em escola rural. In: VICENTINI, Paula Perin; SOUZA, Elizeu Clementino de; PASSEGUI, Maria da Conceição (Org.). Pesquisa (auto)biográfica: questões de ensino e formação. Curitiba, PR: CVR, 2013.

SOUZA, Elizeu Clementino de; PASSEGUI, Maria da Conceição. Pesquisa (auto)biográfica: questões de ensino e formação. Curitiba, PR: CRV, 2013.

SOUZA, Elizeu Clementino de; MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio (Org.); Dirceu Castilho Pacheco [et al]. Histórias de vida e formação de professores. Rio de Janeiro, RJ: Quartet: FAPERJ, 2008.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 16. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

VARANI, Adriana; FERREIRA, Cláudia Roberta; PRADO, Guilherme do Val Toledo Prado, (Org.). Narrativas docentes: trajetória de trabalhos pedagógicos. Campinas, SP: Mercado de letras, 2007.

VICENTINI, Paula Perin; SOUZA, Elizeu Clementino de; PASSEGUI, Maria da Conceição (Org.). Pesquisa (auto)biográfica: questões de ensino e formação. Curitiba, PR: CRV, 2013.

Publicado
2018-10-14
Como Citar
Barbisan, C., & Megid, M. A. B. A. (2018). Categorias de narrativas: principais usos em pesquisas e formação de pedagogas. ETD - Educação Temática Digital, 20(4), 979-996. https://doi.org/10.20396/etd.v20i4.8649944