Realização de atos de escrita com função social como fator de motivação dos escolares para a produção escrita

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v22i2.8654099

Palavras-chave:

Atos de escrita, Gêneros do discurso, Função social da linguagem, Ensino Fundamental - Anos iniciais

Resumo

Este artigo pretende demonstrar que o ensino da produção de enunciados por meio de atos de escrita com função social possibilita o surgimento da necessidade dessa produção valorizadora dos sujeitos e motivadora à realização de tais atos. Essa temática foi objeto de pesquisa realizada com o objetivo de compreender os processos de apropriação e de objetivação de gêneros discursivos por crianças das séries finais do Ensino Fundamental – I de um projeto de recuperação e reforço, desenvolvidos com base em abordagem dialógica acerca do ensino da linguagem, a partir de três estratégias: (1) promover o ensino da linguagem por meio dos gêneros do discurso, (2) criar condições motivadoras para os alunos se apropriarem de atos de escrita, (3) trabalhar a produção textual com função social. O artigo traz para a discussão propostas de trabalho desenvolvidas com os sujeitos da pesquisa, lançando mão de referencial teórico que considera os estudos de Bakhtin, de Volóchinov e de alguns autores da Teoria Histórico-Cultural, admitindo que o diálogo entre esses estudos proporciona uma visão dinâmica da linguagem e oferece elementos que dão sustentação ao trabalho com gêneros discursivos em situação de uso social. Os dados revelam que, a partir da produção de enunciados inseridos numa situação extra verbal, os escolares sentem-se mais motivados a envolverem-se em atos de escrita que possibilitam o desenvolvimento das capacidades linguísticas que lhes permitem realizá-los sempre que for necessário tanto em sua vida escolar como em sua vida extraescolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érika Christina Kohle, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília - Marília, SP - Brasil .

Stela Miller, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutora em Ensino na Educação Brasileira  pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Professora assistente doutora aposentada do Departamento de Didática da Faculdade de Filosofia e Ciências da Unesp - Marília (SP).

Cleber Barbosa da Silva Clarindo, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutor em Educação pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho". Marília, SP - Brasil

Referências

AMORIM, Marília. O pesquisador e seu outro: Bakhtin nas ciências humanas. São Paulo: Musa, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. São Paulo: Editora 34, 2016.

FARACO, Carlos Alberto. Linguagem & diálogo: as ideias linguísticas do círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola, 2009.

KOPNIN, Pável Vasílievich. A dialética como lógica e teoria do conhecimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

KOZULIN, Alex. Ferramentas psicológicas e aprendizagem mediada. In: KOZULIN, Alex; GINDIS, Boris; AGEYEV, Vladimir S.; MILLER, Suzanne M. (Org.) Vygotsky’s educational theory in cultural context. New York: Cambridge University Press, 2003.

LEONTIEV, Alexei Nikolaevich. Actividad, conciencia y personalidad. Buenos Aires: Ediciones Ciencias del Hombre, 1978.

LEONTIEV, Alexei Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Centauro, 2004.

MELLO, Marisol; MIOTELLO, Valdemir. Questões bakhtinianas para uma heterociência humana. Revistas Teias, Rio de Janeiro, v. 14, n.31. p. 218–226 mai/ago de 2013. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/view/24340/17318 Acesso em: 14 de abr. de 2018.

MILLER, Stela; MELLO, Suely Amaral. O desenvolvimento da linguagem oral e escrita em criança de 0 a 5 anos. Curitiba: Pro-Infanti, 2008.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKI, Lev Semiónovich. A pré-história do desenvolvimento da linguagem escrita. In:

Obras escogidas. Madrid: Visor, 2000, v. III, p. 183-206.

VOLÓCHINOV, Valentin Nikolaievitch. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. São Paulo: Editora 34, 2017.

Downloads

Publicado

2020-04-15

Como Citar

KOHLE, Érika C.; MILLER, S. .; CLARINDO, C. B. da S. Realização de atos de escrita com função social como fator de motivação dos escolares para a produção escrita. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 22, n. 2, p. 441–459, 2020. DOI: 10.20396/etd.v22i2.8654099. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8654099. Acesso em: 3 dez. 2021.