Delicadezas e re-existêcias na terra da makunaima

proposições educativas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v24i2.8659894

Palavras-chave:

Educação, Intercultura, Proposições, Arte - Educação

Resumo

Os escritos aqui apresentados são um recorte da pesquisa de Estágio Pós-Doutoral que desenvolvo no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGE/UFSC) na linha Educação e Comunicação. Tem como proposta criar proposições educativas que abordem as questões interculturais a partir da narrativa dos moradores das cidades de Boa Vista - RR e Florianópolis - SC. A construção destas proposições inicia por meio do bordado com a criação de objetos artísticos carregados de simbologias representativas dos saberes locais, disparados por minhas memórias a partir da experiência vivida nesses dois lugares. Esses objetos vão ao encontro dos moradores de ambas as cidades com a intenção de provocar diálogos interculturais a partir da escuta das narrativas de seus moradores. Para tecer os fios desse diálogo toma-se como princípio metodológico a ideia de ambientação trazida por Hélio Oiticica em seu Programa Ambiental. Nesta oportunidade compartilharei reflexões a partir da proposição educativa intitulada 'Delicadezas e Re-existência', realizada em Boa Vista-RR na Galeria de Arte Indígena Contemporânea Jaider Esbell. Levar a escola/universidade para dentro de outros lugares e fazer de outros lugares escola/universidade é a provocação deixada pelas proposições educativas que venho pensando. 'Delicadezas e Re-existência na Terra de Makunaima' foi um pouco disso, um espaço de aprendizagem rico de possibilidades, provocador da construção de diálogos interculturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivete Souza da Silva, Universidade Federal de Roraima

Pós-Doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florian´ópolis, SC - Brasil.  Professora Adjunta da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Boa Vista, RR - Brasil. 

Referências

ESBELL, Jaider. The Giant Steps - As pegadas gigantes. Sítio do artista. 11 de Agosto de 2017. Disponível em: http://www.jaideresbell.com.br/site/2017/08/11/the-giant-spets-makuxi-e-suico-se-unem-em-arte-global/. Acesso em: 20 de março de 2019.

ESBELL, Jaider. Tembetá: conversa com pensadores indígenas. Rio de Janeiro: Azougue, 2018.

FIOROTTI, Devair; PEDRO, Bernaldina José. Cantos e encantos: Meriná Eremu. São Paulo; Boa Vista: Patuá e Wei, 2019.

VIEIRA, Guilherme Jaci. Missionários, fazendeiros e índios em Roraima: a disputa pela terra - 1777 a 1980. 2003. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.

LAPOUJADE, David. As existências mínimas. São Paulo: N-1. Edições, 2017.

LOPES, Denilson. Delicadeza: estética, experiência e paisagens. Brasília: UnB, 2007.

LOPES, Denilson. Figuras e Gestos da Delicadeza. CHUY: Revista de Estudos Literários Latinoamericanos. Buenos Aires: Universidade Nacional de Três de Febrero. n.1, Ano 1. p 161-171, jul./2014.

LUCY, Seki. Línguas indígenas do Brasil no limiar do século XXI. Revista Impulso, n.27, p.233-296. Campinas: Unicamp, 2000. Disponível em: http://www.muitaslinguas.ufscar.br/wp-content/uploads/2018/12/seki_2000-linguas-indigenas-do-brasil.pdf. Acesso em: 18 de Novembro de 2019.

TEDESCO, João Carlos. Nas cercanias da memória: temporalidades, experiência e narração. 2.ed. Passo Fundo: UPF, 2014.

Downloads

Publicado

2022-05-23

Como Citar

Silva, I. S. da. (2022). Delicadezas e re-existêcias na terra da makunaima: proposições educativas . ETD - Educação Temática Digital, 24(2), 335–349. https://doi.org/10.20396/etd.v24i2.8659894