Banner Portal
Cartografia das ações da campanha #MuseusPelaVida
Foto de capa: Antonio Carlos Dias Júnior
PDF

Palavras-chave

Pandemia
ICOM BR #MuseusPelaVida
Educação museal online
Ciberativismo

Como Citar

MARTI, Frieda Maria; CARVALHO, Felipe. Cartografia das ações da campanha #MuseusPelaVida. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 26, n. 00, p. e023013, 2024. DOI: 10.20396/etd.v26i00.8670240. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8670240. Acesso em: 16 jun. 2024.

Resumo

Diante do agravamento da pandemia no Brasil em 2021 e da proliferação de fake news, discursos de ódio, negacionistas e ideológicos contra a vacinação e as medidas de prevenção da doença, o comitê brasileiro do Conselho Internacional de Museus (ICOM BR), lançou a campanha online #MuseusPelaVida, disponibilizando em sua página um guia com recomendações de modos de abordagem sobre o tema. Com base no guia, buscamos compreender de que modo as recomendações para a campanha foram operacionalizadas nas redes pelos museus. Para tal, optamos pela cartografia na cibercultura para pensar-produzir esta pesquisa no Instagram durante o período de 10 a 31 de maio de 2021. Como desdobramento desta cartografia na cibercultura, compreendemos que campanhas como essa do #MuseusPelaVida se apresentam como necessárias e fundamentais em nosso tempo, uma vez que vivemos uma sociedade marcada pela política do ódio e do descrédito com a ciência; e sugerimos que futuras ações online de campanhas ativistas de museus ultrapassem o modelo comunicacional massivo e lancem mão dos pressupostos e indicadores da Educação Museal Online a fim de gerar a participação ativa dos usuários por meio de conversações que fomentem a colaboração e a (co)autoria entre os museus e seus públicos, ampliando o alcance social e a democratização dessas instituições.

https://doi.org/10.20396/etd.v26i00.8670240
PDF

Referências

BRASIL. Painel Coronavírus. Ministério da Saúde. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/ Acesso em 06 jun. 2022.

BURNHAM, Teresinha Fróes. Análise cognitiva e espaços multirreferenciais de aprendizagem: currículo, educação a distância e Gestão/Difusão do conhecimento. Salvador: EDUFBA, 2012.

CARVALHO, Felipe da Silva Ponte de. #Pedagogiasciberculturais: como aprendemos-ensinamos a nos tornar o que somos? Tese (Doutorado) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Educação, Rio de janeiro, 2021. Disponível em: http://www.proped.pro.br/teses/teses_pdf/2013_2-1195-DO.pdf. Acesso em 30 jun. 2021.

CARVALHO, Felipe da Silva Ponte; POCAHY, Fernando. O método cartográfico na/com a formação na cibercultura. RE@ D-Revista de Educação a Distância e Elearning, v. 3, n. 1, p. 62-77, 2020. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/lead_read/article/view/21899. Acesso em 06 jun. 2021.

CECA BR; REM BR. Carta Aberta aos educadores museais brasileiros sobre os efeitos da Pandemia de COVID-19 na educação museal no Brasil. ICOM Brasil, 2020. Disponível em: <http://www.icom.org.br/files/Carta_Aberta_e_Recomenda%C3%A7%C3%B5es_para_Educa%C3%A7%C3%A3o_Museal_no_Brasil.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2021.

CHAGAS, Mario. Museus em tempos de pandemia: novas construções solidárias. Centro Cultural Justiça Federal, 2020. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=xlS_ELsfC0w>. Acesso em: 19 dez. 2021.

CHAGAS, Mario; BOGADO, Diana. A museologia que não serve para a vida, não serve para nada: o museu das remoções como potência criativa e potência de resistência. In: CALABRE, Lia et al (orgs). Memória das olimpíadas no Brasil: diálogos e olhares. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2017, p.139 -146.

COSTA, Andréa; CASTRO, Fernanda; CHIOVATTO, Mila e SOARES, Ozias. Educação Museal. In: Instituto Brasileiro de Museus. Caderno da Política Nacional de Educação Museal. Brasília, DF: IBRAM, 2018.

DELEUZE, Guilles. 1992. Conversações. Tradução de Peter Pal Pelbart. Rio de Janeiro: Ed 34.

DELEUZE, Guilles; GUATTARI, Felix. Mil platôs: do capitalismo à esquizofrenia, vol. 1. Rio de Janeiro: Editora 34, 1995.

FOUCAULT, Michael. Ditos e escritos V – Ética, sexualidade, política. Rio de Janeiro: Forense editora, 2006.

FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. Tradução de Luiz Felipe Baeta Neves, 7° edição, Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no Collége de France, pronunciada em 2 de dezembro. Tradução de Laura Fraga de Almeida Sampaio, 23ª Edição, São Paulo: Edições Loyola, 2013.

GOUVÊA, Guaracira. Mediação ou intervenção? Práticas de leituras em museus. Anais do I Encontro Nacional da Rede de Educadores em Museus e Centros Culturais do Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2010.

IBERMUSEUS. O que os museus necessitam em tempos de distanciamento físico. Resultados da pesquisa sobre o impacto do COVID-19 nos museus ibero-americanos. Relatório de impacto da pandemia e repositório COVID-19 para os museus, julho, 2020. Disponível em: http://www.ibermuseos.org/wp-content/uploads/2020/07/informecovid-vf.pdf. Acesso: 29 mai. 2021.

ICOM (Comitê Internacional de Museus). Museums, museum professionals and COVID-19: survey results. ICOM, COVID-19, maio 2020. Disponível em: <https://icom.museum/wp-content/uploads/2020/05/Report-Museums-and-COVID-19.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2021.

ICOM (Comitê Internacional de Museus). #MuseusPelaVida. 2021. Disponível em: <http://www.icom.org.br/?p=2341>. Acesso em: 29 mai. 2021.

KEMP, Simon. Digital 2021: Global Overview Report. DataReportal, 2021. Disponível: <https://datareportal.com/reports/digital-2021-global-overview-report>. Acesso em: 12 jun. 2021.

LEMOS, André. Cibercultura. Alguns pontos para compreender a nossa época. In: LEMOS, André; CUNHA, Paulo (org). Olhares sobre a Cibercultura. Sulina: Porto Alegre, 2003.

MBEMBE, Achille. Necropolíticas. Arte & Ensaios/Revista do ppgav/eba/ufrj, n. 32, dezembro, 2016. Disponível em: <https://www.procomum.org/wp-content/uploads/2019/04/necropolitica.pdf>. Acesso em: 21 jun. 2022.

MARTI, Frieda Maria. A Educação Museal Online: uma ciberpesquisa-formação na/com a seção de assistência ao ensino (SAE) do Museu Nacional-UFRJ. Tese (Doutorado) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação, 2021, 298f.

MÖRSCH, Carmen; GRAHAM, Janna. Open Letter to Museums and Galleries in support of education and other essential workers. Google Docs, 2020. Disponível em: <https://docs.google.com/forms/d/11z1wwu3meYdLeYozGI_OCzoExpxK-DiH0DmkrXn5qr4/viewform?edit_requested=true>. Acesso em: 29 maio 2021.

Organização Mundial da Saúde (OMS). Covid-19. OMS, 2020. Disponível em: <https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019>. Acesso em: 29 maio 2021.

ROLNIK, Suely. Esferas da insurreição: notas para uma vida não cafetinada. São Paulo: n-1 edições, 2018.

UNESCO. Museums around the World in the face of COVID-19. UNESDOC Digital Library, maio 2020. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000373530/PDF/373530eng.pdf.multi. Acesso em: 29 maio 2021.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2024 ETD - Educação Temática Digital

Downloads

Não há dados estatísticos.