Fontes para história da educação no Município de Curiúva – PR: contribuições para a historiografia das escolas rurais no Norte Pioneiro do Paraná

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v18i2.8652192

Palavras-chave:

História da educação. Educação rural. Curiúva.

Resumo

O presente texto apresenta os resultados da pesquisa fontes para História da Educação no município de Curiúva, Estado do Paraná. O interesse insere-se na demanda do grupo de pesquisa HISTEDNOPR por contribuir com a historiografia das instituições escolares na região Norte Pioneiro do Paraná. As fontes do estudo são os arquivos encontrados na Secretaria Municipal de Educação do referido município, bem como depoimentos de professores, ex-professores e estudantes. Tomou-se como referencial teórico os autores Halbwachs (2006); Marx e Engels (1999); Bittar e Ferreira Júnior (2009). O texto encontra-se organizado por revisão da literatura no período (2010 – 2016) nas revistas Histedbr On-line, Revista Brasileira de História da Educação, Revista História da Educação; fontes para História da Educação Rural no município de Curiúva-Pr; Memórias das escolas rurais São José e Maria Quitéria. A pesquisa evidencia a importância da reconstrução histórica, num contexto de identificação das influências sobre a educação dos costumes e dos movimentos da dinâmica da sociedade global e local curiuvense, como parte no projeto formador republicano. Também contribui com a identificação de fontes para pesquisas posteriores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Antonio de Oliveira, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Doutor em Educação pela Universidade estadual de Maringá (UEM). Professor adjunto do curso de Pedagogia, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). 

Cibele Mayara da Silva, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Professora PSS na Rede Municipal de Educação do Município de Curiúva, Estado do Paraná. Bolsista de IC 2016-2017 da Fundação Araucária.

Suelen Pereira Bueno, Universidade Estadual do Norte do Paraná

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Professora PSS na Rede Municipal de Educação do Município de Curiúva, Estado do Paraná.

Referências

ALMEIDA, D. B.; GRAZIOTTIN, L. S. S. Escrituras marginais: fragmentos de memórias da professora Malvina Tavares (1891 – 1930). Revista Brasileira de História da Educação, Maringá, v. 15, p. 109-142, abr. 2015. Disponível em: < http://rbhe.sbhe.org.br/index.php/rbhe/article/view/621/pdf_51. >. Acesso em: 19 jul. 2017.

AMARAL, V. F. Sobre a Educação agrícola. Discursos e Projectos: Camara dos deputados. Typographia d´A Republica, 1907.

ANDRADE, F. A. Escola como agência de civilização: processos formativos e praticas pedagógicas para a educação rural no Brasil (1946-1964). Revista Brasileira História da Educação (rbhe)., Porto Alegre, v. 18, n. 43, p. 93-108, 2014. Trimestral. Disponível em: < http://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/39682 >. Acesso em: 21 jul. 2017.

BAREIRO, E. Políticas educacionais e escolas rurais no Paraná 1930-2005. 2007. 207 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Educação para a pesquisa e o ensino de Matemática, Universidade Estadual de Maringá, 2007.

BEM, A.; LIMA, M. G. Criação, expansão e desativação das escolas rurais na mesorregião do Oeste do Paraná. Revista de Ensino de Geografia, Uberlândia, v. 6, n. 11, p. 20-36, jul./dez. 2015. Semestral.

BENTO, A. V. Como fazer uma revisão da literatura: considerações teóricas e práticas. Ja Associação Acadêmica da Universidade da Madeira, Funchal, v. 7, n. 65, p. 42-44, maio 2012. Mensal.

BITTAR, M.; FERREIRA JUNIOR, A. História, epistemologia marxista e pesquisa educacional brasileira. Educação e Sociedade. Campinas, v. 30, n. 107, p.489-511, 2009.

CURIÚVA (Município). Histórico do Município de Curiúva: Curiúva 50 anos. Antonio Padilha Alonso. (Org.). Revista elaborada especialmente para o 50º aniversário de Curiúva. 1997. Disponível em: < http://cmcuriuva.pr.gov.br/arq/82/o_1a51ku7vp1uam8rg7lp1kpt1g8m12.pdf >. Acesso em: 02 mar. 2018.

CURIÚVA (Município). Portaria nº 30. Curiúva, Pr., 29 abr. 1965.

CURIÚVA (Município). Resolução 2048/83. Curiúva, Pr. 1983.

FISCARELLI, R. B. O.; SOUZA, R. F. Símbolos da excelência escolar: história e memória da escola pública inscrita em troféus. Revista Brasileira de História da Educação, Maringá, v. 14, p. 95-115, ago. 2017. Trimestral. Disponível em: < http://rbhe.sbhe.org.br/index.php/rbhe/article/view/131/141 >. Acesso em: 19 jul. 2017.

FONSECA, M. O. Arquivologia e ciência da informação. Rio de Janeiro: FGV, 2005.

GRAMSCI, A. Concepção dialética da história. Trad. Carlos Nelson Coutinho. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Histórico Curiúva Paraná - PR. 2 p. Disponível em: < https://bit.ly/2HJYRX3 >. Acesso em: 20 mar. 2018.

LEÃO, A. C. Pela educação rural. Rio de Janeiro: Typ. Revista dos Tribunaes, 1918. (Conferencia proferida, no dia 22 de Julho de 1918, em Coritiba, sob a presidência do Dr. Affonso Camargo, illustre Presidente do Estado do Paraná).

LEITE, S. C. Escola rural: urbanização e políticas educacionais. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002. (Coleção Questões de Nossa Época, n. 70).

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. 1999. Disponível em: < http://www.ebooksbrasil.org/adobeebook/ideologiaalema.pdf >. Acesso em: 14 out. 2017.

MENNUCCI, Sud. A crise da educação brasileira. São Paulo: Piratininga, 2006. 260 p.

MIGUEL, M. E. B. A formação do professor e a organização social do trabalho. Curitiba: Ed. da UFPR, 1997.

OLIVEIRA, D. A urbanização e industrialização no Paraná. Curitiba: SEED, 2001. 121 p. (Coleção História do Paraná – textos introdutórios).

OLIVEIRA, M. C. M. Medidas do governo Vargas e repercussões na educação do Paraná. Ideação, Foz do Iguaçu, v. 8, n. 8, p. 41-54, 2006. Disponível em: < http://e-revista.unioeste.br/index.php/ideacao/article/download/838/707 >. Acesso em: 17 abr. 2013.

PAIVA, V. História da educação popular do Brasil: educação popular e educação de adultos. São Paulo: Loyola, 2003.

PARANÁ, S. Instrucção popular. O ensino, n. 1, p. 35-38, 1924.

PAULO NETTO, J. Breve nota à interlocução entre pensadores da educação e Marx. In: REUNIÃO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 37., 2015, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSE, ANPEd, 2015. p. 1-31.

PEREIRA, M. A. F. Crise da educação brasileira: problema da educação rural (São Paulo, década de 1930). Revista História da Educação - Rhe, Porto Alegre, p. 74-99, dez. 2011. Disponível em: < http://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/22181/12897 >. Acesso em: 19 jul. 2017.

PILOTTO, E. A educação no Paraná: síntese sobre o ensino público elementar e médio. Rio de Janeiro: MEC-INEP, 1954.

PORTELLI, A. O que faz a história oral diferente. Proj. História, São Paulo, n. 14, p. 31-32, fev. 1997.

RIBAS, M. Relatório ao Presidente Getúlio Vargas, referente ao período de 23 de janeiro de 1932 a 31/12/1939. Curitiba, 1940.

SCHELBAUER, A. R.; GONÇALVES NETO, W. Ensino primário no meio rural paranaense: em foco as escolas de trabalhadores rurais e de pescadores entre as décadas de 30 e 50 do século XX. Cadernos de história da educação, v. 12, n. 1, p. 83-107, jan./jun. 2013.

SCHELBAUER, A. R. Idéias que não se realizam: o debate sobre a educação do povo no Brasil de 1870 a 1914. Maringá: Ed. da EDUEM, 1998.

SCHMIDT, M. A.; CAINELLI, M. Ensinar história. São Paulo: Scipione, 2004.

SIKORA, D.; HIDALGO, A. M.; HEROLD JUNIOR, C. A educação rural no Paraná. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 40, n. 4, p. 1127-1148, out./dez. 2015.

SILVA, A. C. Grupo Escolar Esperidião Marques: uma contribuição para os estudos das instituições escolares em Mato Grosso 1910-1947. 2011. 185 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2011.

SILVA, C. A.; RIEDLINGER, M. A.; CALDERON, W. R. A Gestão da documentação escolar: o caso do Colégio Marcelino Champagnat. set. 2008. Disponível em: < http://www.escoladegestao.pr.gov.br/arquivos/File/anais/painel_educacao/analise_da_gestao_de_documentacao.pdf >. Acesso em: 15 ago. 2017.

SILVA, J. C. et al. Instituições escolares: memórias, fontes e arquivos. Rev. Histedbr Online, Campinas, v. 64, n. 64, p. 159-169, set. 2015. Disponível em: < https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8641934 >. Acesso em: 21 jul. 2017.

SILVA, J. C. História da educação: instituições escolares como objeto de pesquisa. 2017. Disponível em: < https://www.google.com/url? >. Acesso em: 15 ago. 2017.

SOUZA, J. E. Civilizar o rural?: memórias de práticas em torno da aula pública municipal no morro dos bois – Novo Hamburgo/RS (1933-1952). Rev. Histedbr On-line, Campinas, v. 50, p.18-30, maio 2013. Disponível em: < https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640291/7850 >. Acesso em: 15 jul. 2017.

VALDEMARIN, V. T. A construção do objeto de pesquisa. Cultura Acadêmica, São Paulo, p. 47-65, 2010. Mensal.

Downloads

Publicado

2018-06-29

Como Citar

OLIVEIRA, L. A. de; SILVA, C. M. da; BUENO, S. P. Fontes para história da educação no Município de Curiúva – PR: contribuições para a historiografia das escolas rurais no Norte Pioneiro do Paraná. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 495–522, 2018. DOI: 10.20396/rho.v18i2.8652192. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8652192. Acesso em: 16 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos