Possibilidades e limites do ensino médio politécnico no Estado no RS (2011-2014)

Palavras-chave: Trabalho e educação. Ensino médio. Políticas educacionais.

Resumo

Buscando compreender as concepções que nortearam a formulação e implementação do Ensino Médio Politécnico no estado do Rio Grande do Sul, o artigo pretende discutir as possibilidades e limites dessa política pública educacional, empreendida pelo governo Tarso Genro no período 2011-2014. Para isso, analisamos os documentos oficiais e fizemos entrevistas com professores e gestores, além da realização de grupos focais. Nosso apoio teórico principal foram os estudos do campo trabalho e educação. Buscamos também cotejar nossos resultados com os de pesquisas desenvolvidas sobre o mesmo tema no período de implementação da reforma e anos seguintes, tendo como base os resumos das mesmas. Na análise das entrevistas, privilegiamos a abordagem de duas categorias: organização curricular por áreas do conhecimento e Seminário Integrado. O estudo se justifica pelo amplo alcance e repercussão da reforma do Ensino Médio no RS, atestado pelo grande número de dissertações e teses produzidas no contexto de um ambiente político institucional que gerou expectativas de superação da histórica dualidade desse nível de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael de Brito Vianna, Universidade de Santa Cruz do Sul
Mestrado em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). Bolsista da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). 
Moacir Fernando Viegas, Universidade de Santa Cruz do Sul

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor adjunto da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC). 

Referências

ALEXANDRE, J. M. Reestruturação curricular: estudo de casos múltiplos sobre a implantação do ensino médio politécnico no Rio Grande do Sul. 2015. 172 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Intituto de Filosofia e Ciência Humanas, Porto Alegre, 2015.

ALVES, A. A. M. A reforma educacional do ensino médio no Rio Grande do Sul: um estudo a partir do contexto da prática. 2014. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2014.

AQUINO, L. S. A experiência escolar em tempos de ensino médio politécnico. 2016. 116 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

ARAÚJO, I. dos. S. C. Implantação do ensino médio politécnico da rede pública do Rio Grande do Sul e a pesquisa na escola: estudo de caso. 2014. 151 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Faculdade de Física, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

BRASIL. Lei n. 9394/96 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 dez. 1996. p. 27833.

BEDIN, É. A emersão da interdisciplinaridade no ensino médio politécnico: relações que se estabelecem de forma colaborativa na qualificação dos processos de ensino e aprendizagem à luz das tecnologias de informação e comunicação. 2015. 514 f. Tese (Doutorado em Ciências: Química da Vida e Saúde) – Instituto de Ciências Básicas da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

BITTAR, M.; FERREIRA JUNIOR, A. Revista Histedbr, Campinas, número especial, p. 377-396, 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639916. Acesso em: 14 abr. 2018.

BOMFIM, M. I. Trabalho docente na educação básica: a atual agenda do Banco Mundial. Boletim Técnico do SENAC, v. 38, p. 17-23, 2012. Disponível em: http://www.bts.senac.br/index.php/bts/article/view/172. Acesso em: 16 fev. 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Câmara da Educação Básica. Parecer 15/98; Resolução 03/98. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília, CNE/CEB, 1998.

CASTELLS, M. A era da informação: economia, sociedade e cultura. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CHASSOT, A. A pesquisa de saberes primevos catalisando a interdisciplinaridade. In: AZEVEDO, J. C.; REIS, J. T. (org.). O ensino médio e os desafios da experiência: movimentos da prática. São Paulo: Moderna, 2014. p. 115-134.

CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. Ensino médio e educação profissional no Brasil: dualidade e fragmentação. Revista Retratos da Escola, v. 5, n. 8, p. 27-41, jan./jun. 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/viewFile/45/42. Acesso em: 16 mar. 2018.

CUNHA, L. A. R. Política educacional no Brasil: a profissionalização no ensino médio. 2. ed. Rio de Janeiro: Eldorado, 1977.

GARCIA, N. M. D.; LIMA FILHO, D. L. Politecnia ou educação tecnológica: desafios ao Ensino Médio e à educação profissional. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 27., 2004, Caxambu, MG. Anais [...]. Caxambu, MG: Trabalho Encomendado. Caxambu, ANPED, 2004. p. 1-34.

FRIGOTTO, G. Trabalho, conhecimento, consciência e a educação do trabalhador: impasses teóricos e práticos. In: GOMEZ, C. M. et al. (org.). Trabalho e conhecimento: dilemas na educação do trabalhador. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1989.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. Ensino médio integrado: concepção e contradições. São Paulo: Cortez, 2005.

KLUG, A. Q. O ensino médio politécnico e a produção dos espaços da educação: a recontextualização da proposta em quatro escolas de Pelotas-RS. 2016. 143 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, 2016.

KUENZER, A. Z. EP e EM na produção flexível: a dualidade invertida. Retratos da Escola, v. 5, n. 8, p. 46-56, jan./jun. 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/46. Acesso em: 17 jun. 2014.

KUNZ, M. S. Ensino médio politécnico: prática emancipatória para uma formação integral? 2015. 128 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Frederico Westphalen, 2015.

LIMA, L.; D’ASCENZI, L. Estrutura normativa e implementação de políticas públicas. In: MADEIRA, L. M. (org.). Avaliação de políticas públicas. Porto Alegre: Ed. UFRGS: CEGOV, 2014.

LUQUINI, J. P. Um estudo antropológico das práticas pedagógicas desenvolvidas no Seminário Integrado na instituição de ensino Edna May Cardoso. 2016. 132 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016.

MACHADO, L. E. de S. Politecnia, escola unitária e trabalho. São Paulo: Cortez, 1989.

MAIA, Á. de M. Ensino médio politécnico no RS: desafios e possibilidades. 2015. 128 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.

MANACORDA, M. A. O princípio educativo em Gramsci: americanismo e conformismo. Campinas, São Paulo: Alínea, 2008.

MARCHETTO, S. Ensino médio politécnico no Rio Grande do Sul (2011-2014): fatores que interferem na ressignificação da política, no contexto da prática, em escolas de Farroupilha/RS. 2016. 128 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016.

MOEHLECKE, S. O ensino médio e as novas diretrizes curriculares nacionais: entre recorrências e novas inquietações. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 17, n. 49, p. 39-58, abr. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S141324782012000100003&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 13 mar. 2018.

OLIVEIRA, F. de. Globalização e antivalor: uma antiintrodução ao antivalor. In: FREITAS, M. C. de. (org.). A reinvenção do futuro. São Paulo: Cortez, 1996. p. 177-113.

PERES, C. S. Os desafios do ensino médio politécnico na visão de uma gestora e de alguns docentes: um estudo de caso. 2015. 193 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2015.

PONTES, M. F. P. O trabalho docente dos professores de educação física durante a implementação do ensino médio politécnico: um estudo em escolas de ensino médio na rede estadual de ensino do Rio Grande do Sul. 2015. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) – Escola de educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

RAMOS, M. N. O projeto unitário de ensino médio sob os princípios do trabalho, da ciência e da cultura. In: CIAVATTA, M.; FRIGOTTO, G. (org). Ensino Médio: ciência, cultura e trabalho. Brasília, 2004. p. 37-52.

RIO GRANDE DO SUL. Proposta Pedagógica para o Ensino Médio Politécnico e Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio 2011-2014. Porto Alegre, 2011.

RIO GRANDE DO SUL. Regimento Escolar Padrão para o Ensino Médio Politécnico. Porto Alegre, 2012.

ROLO, M. Gramsci e o conceito de educação desinteressada. In: MONKEN, M.; DANTAS, A. V. (org.). Estudos de politecnia e saúde. Rio de Janeiro: EPSJV, 2009. p. 77-94. v. 4.

ROOS, M. M. Z. O ensino médio politécnico: uma política pública no contexto da prática em escolas estaduais de São Leopoldo/RS. 2016. 118 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2016.

SAVIANI, D. Sobre a concepção de politecnia. Rio de Janeiro: FioCruz, Politécnico da Saúde Joaquim Venâncio, 1989.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-165, abr. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n34/a12v1234.pdf. Acesso em: 14 abr. 2018.

SCHERER, S. S. A implantação da proposta pedagógica de ensino médio politécnico e integrado em uma escola da rede estadual do Rio Grande do Sul. 2014. 241 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014.

SIEBEN, L. (Des)encontros no processo de implantação da proposta do ensino médio politécnico no Rio Grande do Sul. 2017. 182 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2017.

SOUZA, O. M. M. de. O ensino médio politécnicona rede estadual do Rio Grande do Sul: politecnia ou polivalência? 2016. 113 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2016.

TAMANINI, T. A. A implementação do educar pela pesquisa no ensino médio politécnico na área de ciências da natureza. 2014. 108 f. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) – Faculdade de Física, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

TORRES, R. M. Melhorar a qualidade da educação básica? As estratégias do Banco Mundial. In: TOMMASI, L. de.; WARDE, M. J.; HADDAD, S. (org.). O Banco Mundial e as políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 1995. p. 125-193.

VIAN, V. Ensino médio politécnico: relação entre a pesquisa e o professor pesquisador. 2015. 151 f. Dissertação (Mestrado em Ensino) – Centro Universitário Univates, Lajeado, 2015.

ZAMBON, L. B. Organização e desenvolvimento do trabalho escolar no contexto de implementação da proposta de reestruturação curricular do ensino médio da Seduc/RS. 2015. 359 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.

Publicado
2019-03-19
Como Citar
Vianna, R. de B., & Viegas, M. F. (2019). Possibilidades e limites do ensino médio politécnico no Estado no RS (2011-2014). Revista HISTEDBR On-Line, 19, e019015. https://doi.org/10.20396/rho.v19i0.8653355