O MOBRAL no Pontal de Minas Gerais

entre o voluntariado e a fé (1970-1985)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v21i00.8659665

Palavras-chave:

MOBRAL, Analfabetismo, Ditadura civil-militar, Pontal mineiro

Resumo

O presente artigo aborda a história do MOBRAL (Movimento Brasileiro de Alfabetização) no município de Ituiutaba-MG no período entre 1970 e 1985. Este projeto surgiu no contexto da Ditadura Civil-Militar pela Lei 5.379/1967 que propunha a alfabetização funcional a jovens e adultos. Iniciou suas atividades em 1970 com uma ampla divulgação e mobilização pela imprensa falada e escrita. O programa objetivava atingir todo o território nacional tendo como principal meta erradicar o analfabetismo, propondo-se um prazo de 10 anos para tal finalidade. A pesquisa aborda uma pequena parte dessa história no interior de Minas Gerais, observando-se seu processo de implantação e alguns dos seus resultados, utilizando como fonte a história oral junto aos atores sociais envolvidos (profissionais e alunos), fontes documentais como jornais da região e legislação do período. O MOBRAL em Ituiutaba revela semelhanças com o cenário nacional, ou seja, a cargo da sociedade civil com respaldo da Igreja Católica e apoiada pela prefeitura municipal deu organicidade a suas ações, dentro da lógica autoritária daquele momento. Foi um programa marcado pelo improviso, cujos professores não tinham formação além da ginasial, e atuavam a partir de breve treinamento, sendo suficiente apenas ter tido bom desempenho escolar. Consideramos que o MOBRAL foi mais um veículo utilizado pela Ditadura Civil-Militar com o intuito da formação da mão de obra com rudimentos da leitura e da escrita, além de gerar eleitores que poderiam por meio do voto, legitimar as ações autoritárias do governo. Assim, os resultados obtidos foram bastante limitados também em cidades do interior, distantes dos grandes centros de poder.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sauloéber Társio de Souza, Universidade Federal de Uberlândia

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Associado IV do Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Referências

ALBERTI, V. Manual de história oral. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

BRASIL. Movimento Brasileiro de Alfabetização – MOBRAL; Assessoria de Organização e Métodos. Mobral: sua origem e evolução. Rio de Janeiro, 1973.

CÂNDIDO, A. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 04 dez. 2013.

CAPELATO, M. H. R. Imprensa e história do Brasil. São Paulo: Contexto-EDUSP, 1988.

CUNHA, A. L.; GÓES, M. O golpe na educação. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

FÁVERO, O. (Org.). Cultura popular e educação popular: memória dos anos 60. Rio de Janeiro: Graal, 1983.

FERREIRA, M. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 14 nov. 2013.

FICO, C. Além do golpe: versões e controvérsias sobre 1964 e a ditadura militar. Rio de Janeiro: Record, 2004.

FINOL, M. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 06 nov. 2013.

FREITAG, B. Escola, Estado e sociedade. 7. ed. São Paulo: Centauro, 2005.

FREITAS, M. C. de; BICCAS, M. de S. História social da educação no Brasil (1926 – 1996). São Paulo: Cortez, 2009. (Biblioteca básica da história da educação brasileira, v. 3).

GERMANO, J. W. Estado militar e educação no Brasil. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

HADDAD, S.; DI PIERRO, M. C. Escolarização de jovens e adultos. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n. 014, p. 108-130, maio/ago. 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/n14/n14a07.pdf. Acesso em: 17 abr. 2020.

JORNAL CIDADE DE ITUIUTABA. Coleção da Fundação Cultural, 25 fev. 1971a.

JORNAL CIDADE DE ITUIUTABA. Coleção da Fundação Cultural, 28 mar. 1971b.

LEITE, S. C. Urbanização do processo escolar rural. 1996. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, 1996.

MARTINS, P. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 16 nov. 2013.

OLIVEIRA, L.; SOUZA, S. A alfabetização no Mobral, métodos e materiais didáticos (Uberlândia/MG, 1970-1985). Acolhendo a alfabetização nos países de língua portuguesa, v. 7, n. 13, p. 12-37, 2013.

PAIVA, V. P. Educação popular e educação de adultos. 5. ed. São Paulo: Loyola: Ibrades, 1987.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA. Centenário de Ituiutaba, 2001.

RIBEIRO, R. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 18 nov. 2013.

RIBEIRO, V. M. Alfabetismo funcional: referências conceituais e metodológicas para a pesquisa. Educação & Sociedade, ano XVIII, n. 60, p. 144-158, dez. 1997.

SAVIANI, D. História das idéias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

SILVA, P. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. em Ituiutaba, MG, 25 nov. 2013.

SOARES, L.; GALVÃO, A. M. Uma história de alfabetização de adultos no Brasil. In: STEPHANOU, M.; BASTOS, M. (Org.). Histórias e memórias da educação no Brasil: V. III – Século XX. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2005.

SOUZA, G. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 21 nov. 2013.

SOUZA, S. T. de. O ideal de educação escolar e a praga do analfabetismo: ideologia e poder nas falas dos docentes deputados (5ª e 6ª legislaturas-1963/1967). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 20, p. 52-67, dez. 2005. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/4838/art06_20.pdf. Acesso em: 07 jul. 2020.

SOUZA, S. T. de. O universo escolar nas páginas da imprensa Tijucana (Ituiutaba-MG - Anos de 1950 e 1960). Cadernos de História da Educação, v. 9, n. 2, 2010.

TANUS, R. Entrevista cedida a Rose Silva e Sauloéber Souza. Ituiutaba, MG, 25 nov. 2013

Downloads

Publicado

2021-06-01

Como Citar

SOUZA, S. T. de. O MOBRAL no Pontal de Minas Gerais: entre o voluntariado e a fé (1970-1985). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e021029, 2021. DOI: 10.20396/rho.v21i00.8659665. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8659665. Acesso em: 20 set. 2021.