Banner Portal
A educação no processo de transformação social
PDF

Palavras-chave

Transformação social
Práxis
Prática docente

Como Citar

COLARES, Maria Lília Imbiriba Sousa; FONSECA, André Dioney; COLARES, Anselmo Alencar. A educação no processo de transformação social: refletindo sobre a prática docente. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e021003, 2021. DOI: 10.20396/rho.v21i00.8660256. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8660256. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

Este texto propõe-se investigar a prática docente em suas relações com o projeto de emancipação coletiva de todos os excluídos no atual sistema socioeconômico vigente. A problemática que é ponto de partida para a reflexão que aqui buscamos estabelecer está assentada no entendimento de que a sociedade da qual fazemos parte, cada vez mais, carece de uma educação comprometida com as transformações que foram anunciadas — e não concretizadas — pela burguesia revolucionária do amanhecer dos tempos modernos. Trata-se de um estudo de natureza bibliográfica, com aporte teórico e metodológico ancorado no materialismo histórico dialético, daí a preocupação em estabelecer uma análise voltada às relações de ensino-aprendizagem que compreendem o ato educativo como um processo permanente de reflexão com vistas a rupturas transformadoras, uma vez que o modo de produção capitalista intensificou a ampliação das redes de comércio em praticamente todos os campos da atividade humana, mas também produziu e aprofundou as desigualdades sociais, bem como o distanciamento entre as pessoas, acentuando o individualismo, o consumo e a depredação do ambiente. Dessa forma, conclui-se que a prática docente exige reflexão e articulação entre teoria e prática, ou seja, uma práxis efetiva. Nesse momento crucial, em que assistimos ao ressurgimento/fortalecimento de grupos fascistas, ultraconservadores, faz-se necessária a resistência ativa no combate ao obscurantismo, na denúncia dos retrocessos e no anúncio de uma nova sociedade. A utopia há de vencer, e para isso é fundamental a práxis educativa transformadora.

https://doi.org/10.20396/rho.v21i00.8660256
PDF

Referências

ARONOWITZ, S. Paulo Freire’s radical democratic humanism. In: MCLAREN, P.; LEONARD, P. (Ed.). Paulo Freire: a critical encounter. Londres: Routledge, 1993. p. 8-24.

BARROS, J. d’A. Teoria da história: os paradigmas revolucionários. Petrópolis: Vozes, 2011.

CASTANHO, S. E. M. A formação do professor na sociedade da informação. In: LOMBARDI, J. C. (Org.). Temas de pesquisa em educação. 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2003. v. 1, p. 9-24.

COLARES, M. L I. S.; BRYAN, N. A. P. Formação continuada e gestão democrática: desafios para gestores do interior da Amazônia. ETD – Educação Temática Digital, Campinas, v. 16, n. 1, p. 174, jan. 2014. Disponível em: http://www.fae.unicamp.br/revista/index.php/etd/article/view/5550. Acesso em: 16 jun. 2020.

COLARES, M. L. I. S. et al. O professor-pesquisador-reflexivo: debate acerca da formação de sua prática. Olhar de Professor, v. 14, n. 1, p. 151-156, 2011. Disponível em: https://www.revistas2.uepg.br/index.php/olhardeprofessor/article/view/3490. Acesso em: 16 jun. 2020.

COLLINS, J. W.; O’BRIEN, N. The greenwood dictionary of education. Santa Barbara, CA: Greenwood Press, 2003.

FOA, R. S.; YASCHA, M. The danger of deconsolidation: the democratic disconnect. Journal of Democracy, n. 3, p. 5-17, 2016.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 21. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

GIROUX, H. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 1997.

GIROUX, H. Proto-fascism in America: neoliberalism and the demise of democracy. Bloomington, Ind.: Phi Delta Kappa Educational Foundation, 2004.

GIROUX, H. The terror of the unforseen: rethinking the normalization of fascism in the post-truthera. Los Angeles: Los Angeles Review of Books, 2019.

GOMES, M. A. de O. et al. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital e a precarização do trabalho docente. Revista HISTEDBR On-Line, n. 47, p. 267-283, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640051. Acesso em: 16 jun. 2020.

LIRA, P. R. de B.; SILVA, A. F. da. Disseminação da cultura do desempenho na educação básica brasileira: a atuação do Governo Federal (1995-2012). Revista Exitus, Santarém, v. 8, n. 1, p. 197-223, jan./abr. 2018. DOI: 10.24065/2237-9460.2018v8n1ID395. Disponível em: http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/view/395. Acesso em: 23 out. 2020.

LOWY, M. Conservadorismo e extrema-direita na Europa e no Brasil. Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 124, p. 652-664, dez. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0101-6628.044. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S01016282015000400652&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 26 jun. 2020

MCLAREN, P.; JARAMILLO, N. E. Not neo-marxist, not post-marxist, not marxian, not autonomist marxism: reflections on a revolutionary (marxist) critical pedagogy. Cultural Studies. Critical Methodologies, v. 10, n. 3, p. 251-262, 2010. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1532708609354317?journalCode=csca. Acesso em: 18 jun. 2020.

MÉSZÁROS, I. A educação para além do capital. São Paulo: Boitempo, 2008.

MOREIRA, C. E. Emancipação. In: STRECK, D. R.; REDIN, E.; ZITKOSKI, J. J. (Org.). Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 145-146.

PARK, P. Knowledge and participatory research. In: REASON, P.; BRADBURY, H. (Org.). Handbook of action research: participative inquiry and practice. Londres: Sage, 2001. p. 81-90.

PETROVIC, G. Práxis. In: BOTTOMORE, T. (Ed.). Dicionário do pensamento marxista. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. p. 292-296.

PISTRAK. M. Fundamentos da escola do trabalho. São Paulo: Brasiliense, 1981.

ROSSATO, R. Práxis. In: STRECK, D. R.; REDIN, E.; ZITKOSKI, J. J. (Org.). Dicionário Paulo Freire. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. p. 331-333.

SAVIANI, D. Escola e democracia. Campinas: Autores Associados, 2002.

VASCONCELOS, M. L. M. C.; BRITO, R. L. P. de. Conceitos de educação em Paulo Freire: glossário. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

VAZQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Maria Lília Imbiriba Sousa Colare, André Dioney Fonseca, Anselmo Alencar Colares

Downloads

Não há dados estatísticos.