v. 1 n. 2 (2010): Seção Livre