As novas tecnologias da comunicação e as instituições de arte contemporânea
PDF

Palavras-chave

Novas tecnologias
Museus
Centros Culturais
Videobrasil
Arte Contemporânea.

Como Citar

DE ALMEIDA, Thamara Venâncio; FIGUEREDO, Henrique Grimaldi. As novas tecnologias da comunicação e as instituições de arte contemporânea: O Videobrasil como estudo de caso. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 3, n. 2, p. 55–71, 2019. DOI: 10.24978/mod.v3i2.4091. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8663037. Acesso em: 12 jul. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta de forma breve a relação das novas tecnologias da comunicação com os museus, e mais recentemente, com as novas instituições de arte contemporânea. Passando por um breve histórico de grandes modelos museais que romperam paradigmas, criando novas categorias no universo da arte, intentamos apontar a forma como as novas tecnologias incidiram nessas mudanças de práticas, que mudaram muito ao passar dos séculos. Procuraremos entender em que se firma a noção de um centro cultural e em que contexto foi criado, para após trabalharmos a “Associação Cultural Videobrasil”, centro cultural brasileiro eleito para análise. Através dessa instituição apresentaremos algumas possibilidades em pensar uma instituição nos moldes contemporâneo, apresentando seus principais prismas.
https://doi.org/10.24978/mod.v3i2.4091
PDF

Referências

ALMEIDA, Thamara Venâncio de. A videoarte no Brasil: uma perspectiva histórica – O Festival Videobrasil e a trajetória de Eder Santos como estudos de caso. Dissertação (Mestrado em Artes, Cultura e Linguagens) - UFJF. Juiz de Fora, 2017.

ARANTES, Priscila. Reescrituras da arte contemporânea: história, arquivo e mídia. Porto Alegre: Sulina, 2015.

ARCHER, Michael. Arte contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2013.

ASSOCIAÇÃO CULTURAL VIDEOBRASIL. Site oficial. Disponível em: <http://site.videobrasil.org.br/>. Acesso em: 13 jul. 2018.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época da possibilidade de sua reprodução técnica (5ª versão). In: Estética e sociologia da arte. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

CAUQUELIN, Anne. Arte contemporânea: uma introdução. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

CENTRE POMPIDOU. Site oficial. Disponível em: <https://www.centrepompidou.fr/en>. Acesso em: 29 jul. 2018.

DABUL, Lígia. Museus de grandes novidades: centros culturais e seu público. Revista Horizontes Antropológicos, v. 14, n. 29, jan./jun. 2008, p. 257-278.

FARKAS, Solange. O Videobrasil e o vídeo no Brasil: uma trajetória paralela. In: Made in Brasil: três décadas do vídeo brasileiro. São Paulo: Ed. Iluminuras, 2007, p. 219-223.

FARKAS, Solange. Arquivo vivo: Uma entrevista com Solange Farkas / por Fabio Cypriano. In: Memórias inapagáveis: um olhar histórico no Acervo Videobrasil / Organização de Agustín Pérez Rubio. São Paulo: Edições Sesc São Paulo: Videobrasil, 2014.

GROSSMANN, Martin. Apresentação: Isso não é uma galeria de arte. In: O’DOHERTY, Brian. No interior do cubo branco: a ideologia do espaço da arte. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

LORENTE, J. Pedro. Los museos de arte contemporâneo: noción y desarrollo histórico. Gijón: Ediciones Trea, 2008.

LOUREIRO, Maria Lucia de N. M. Webmuseus de arte: aparatos informacionais no ciberespaço. Revista Ciência da Informação, v. 33, n. 2, mai./ago. 2004. pp. 97-105.

MALRAUX, André. O museu imaginário. Lisboa: Edições 70, 2015.

MELLO, Christine. Extremidades do vídeo. São Paulo: Ed. SENAC, 2008.

MUSEUM OF MODERN ART. Site oficial. Disponível em: <https://www.moma.org/>. Acesso em: 26 jul. 2018.

PINTO, Álvaro Vieira. O conceito de tecnologia. Volume I. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

POULOT, Dominique. O modelo republicano de museu e sua tradição. In: BORGES, Maria Eliza Linhares (org.). Inovações, coleções, museus. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

SANTAELLA, Lucia. A ecologia pluralista da comunicação: conectividade, mobilidade, ubiqüidade. São Paulo: Paulus Editora, 2010.

SHAPIRO, Roberta. O que é artificação? Sociedade e Estado. Brasília, v. 22, n. 1, jan/jul 2007.

TACCA, Paula Cristina Dolenc Cabral. A “fotografia expandida” nos museus de arte moderna: as experiências do MoMA de Nova Iorque e do MAM de São Paulo. In: Anais do XXVIII Simpósio Nacional de História, Florianópolis, 2015.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2019 MODOS

Downloads

Não há dados estatísticos.