Bibliotecas escolares e comunitárias na rede municipal de ensino de Florianópolis

desafios para o desenvolvimento do acervo

Palavras-chave: Biblioteca Escolar, Política de Desenvolvimento de Coleções, Bibliotecário

Resumo

Este artigo integra uma pesquisa de mestrado profissional, vinculada ao Programa de Pós-Graduação – Gestão da Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina, que visa conhecer os critérios de desenvolvimento de coleções utilizados pelas Bibliotecas Escolares e comunitárias do município de Florianópolis. A política de desenvolvimento de coleções está relacionada ao papel social da biblioteca escolar, e especialmente, a função no processo de ensino-aprendizagem. O tema Desenvolvimento de Coleções fundamenta-se nos estudos de Weitzel (2013) e Vergueiro (2010). Os estudos revelaram que gerenciar coleções, atualmente, é um compromisso do bibliotecário que anseia assegurar a continuidade da biblioteca na sociedade, conservando a atribuição de gestora do conhecimento produzido. A metodologia segue os princípios da pesquisa descritiva cuja análise dos dados se guiou pela abordagem qualiquantitativa de Creswell e Clark (2010). Através desta pesquisa foi possível inferir que é muito importante organizar uma política de desenvolvimento de coleções com base em critérios bem definidos que supra as expectativas de seus interagentes. O produto deste estudo foi a elaboração de um manual de diretrizes com sugestões para nortear o desenvolvimento de coleções. Conclui-se que as bibliotecas escolares precisam atender as necessidades da unidade escolar da qual fazem parte, tendo seus objetivos definidos, facilitando o desenvolvimento de coleções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Amanda Vilamoski Severino, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestranda do Programa de Pós-Graduação Gestão de Unidades de Informação (PPGInfo) pela Universidade do Estado de Santa Catarina.

Tânia Regina da Rocha Unglaub, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professora concursada, pesquisadora e extensionista na Universidade do Estado de Santa Catarina.

Julibio David Ardigo, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

ALMEIDA, Bonifácio Chaves de; MACHADO, Raymundo das Neves. Desenvolvimento do acervo informacional do IFBA na ótica dos responsáveis pelas unidades informacionais. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 17, p.20 , set. 2018. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8652931. Acesso em: 13 maio 2019.

CAMPELLO, Bernadete Santos et al. Situação das bibliotecas escolares no Brasil: o que sabemos?. Biblioteca Escolar em Revista, Ribeirão Preto, v. 1, n. 1, p. 1-29, maio 2012. Universidade de São Paulo Sistema Integrado de Bibliotecas - SIBiUSP. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/berev/article/view/106555. Acesso em: 06 mar. 2018.

CARVALHO, Maria Carmen Romcy de; KLAES, Rejane Raffo. Desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias: proposta de metodologias e estatísticas. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 7, 1991, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UFRJ, 1991. p. 1-22.

CORRÊA, Elisa Cristina Delfini; SANTOS, Luana Carla de Moura. De formação e desenvolvimento de coleções para gestão de estoques de informação: um panorama da mudança terminológica no Brasil. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 13, n. 2, p. 343-355, maio/ago. 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/download/.../3390. Acesso em: 11 jun. 2018.

CUNHA, Murilo Bastos da; CAVALCANTI, Cordelia Robalinho. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Lemos Informação e Comunicação, 2008.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. 296 p.

DIAS, Geneviane Duarte; SILVA, Terezinha Elizabeth da; CERVANTES,Brígida Maria Nogueira. Políticas de informação nas bibliotecas universitárias: um enfoque no desenvolvimento de coleções. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v.11, n.1, p. 39-54, jan./abr. 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1650. Acesso em 05 mar. 2018.

FELDMAN, Daniele; EGGERT-STEINDEL, Gisela. Práticas de seleção, aquisição e descarte do livro didático em escolas públicas: um estudo. Rev. ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 22, n.1, p. 50-60, abr. 2017. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1302 . Acesso em: 04 set. 2018.

FLORIANÓPOLIS. Prefeitura Municipal de Florianópolis. Secretaria Municipal de Educação. 2018. Disponível em: http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/educa/index.php. Acesso em: 27 mar. 2018.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

IFLA. Diretrizes da IFLA/UNESCO para a biblioteca escolar. Tradução Neusa Dias de Macedo; Helena Gomes de Oliveira. São Paulo: IFLA, 2005. Disponível em: https://www.ifla.org/files/assets/school-libraries-resource-centers/publications/school-library-guidelines/school-library-guidelines-pt_br.pdf . Acesso em: 12 jun. 2018.

LANKES, R. David. Expect more: melhores bibliotecas para um mundo complexo. São Paulo: FEBAB, 2016.

MANIFESTO da Unesco sobre bibliotecas públicas. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 7, n. 4/6, p. 158- 163, abr./jun. 1976.

MARTINS, Gilberto de Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2016. 247p.

MIRANDA, Ana Claudia Carvalho de. A política de desenvolvimento de coleções no âmbito da informação jurídica. In: PASSOS, Edilenice (Org.). Informação jurídica: teoria e prática. Brasília: Thesaurus, 2004.

MIRANDA. Formação e desenvolvimento de coleções em bibliotecas especializadas. Informação & Sociedade: estudos, João Pessoa, v.17, n.1, p.87-94, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/view/0000004374/09f7992ab85bfa0f2572bdd9a1f63cd2/. Acesso em: 03 jun. 2018.

MORO, Eliane Lourdes da Silva. Biblioteca escolar: presente! Porto Alegre: Evangraf, 2011.

SANTA ANNA, Jorge. Desenvolvimento de coleções no sistema de biblioteca da Ufes: comparativo entre os modelos teóricos de Evans e Baughman e proposta de adequação ao modelo de Evans. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS, 18. Anais eletrônicos... Belo Horizonte: UFMG, 2014. Disponível em: http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/27933/15715 . Acesso em: 18 fev. 2016.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Estabelecimento de políticas para desenvolvimento de coleções. Rev.Biblioteconomia de Brasília, Brasília, DF, v. 15, n. 2, p. 193-202, jul./dez. 1987. Disponível em: http://www.brapci.ufpr.br/documento. php?dd0=0000002545&dd1=c252f. Acesso em: 13 fev. 2017.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de coleções. São Paulo: Polis, 1989.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de coleções: uma nova visão para o planejamento de recursos informacionais. Ci. Inf., Brasília, DF, v. 22, n. 1, p. 13-21, 1993. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/512/512. Acesso em: 19 fev. 2017.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Seleção de materiais de informação. 3. ed. Brasília: Brinquet Lemos, 2010.

VERGUEIRO, Waldomiro de Castro Santos. Desenvolvimento de coleções: origem dos fundamentos contemporâneos. Transinformação, Campinas, SP, p.179-190, 15 ago. 2012. Trimestral. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tinf/v24n3/a03v24n3.pdf. Acesso em: 05 jan. 2018.

WEITZEL, Simone da Rocha. Elaboração de uma política de desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. Rio de Janeiro: Interciência, 2006.

Publicado
2019-09-11
Como Citar
Severino, A. V., Unglaub, T. R. da R., & Ardigo, J. D. (2019). Bibliotecas escolares e comunitárias na rede municipal de ensino de Florianópolis. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019028. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8655533
Seção
Artigos de Pesquisa