Competência em informação de idosos

um protótipo voltado às suas necessidades de informação

Palavras-chave: Competência em informação, Necessidades de informação, População idosa, Grupos socialmente vulneráveis.

Resumo

O objetivo geral da pesquisa consiste em estruturar um recurso tecnológico para o atendimento das necessidades de informação de um grupo vulnerável, aqui caracterizado como a população idosa, contemplando os objetivos específicos que são: identificar, a partir da literatura, recursos tecnológicos e protótipos para uso em dispositivos móveis; descrever, também pela literatura, as etapas do desenvolvimento da competência em informação no idoso e, em específico, por meio do uso das tecnologias disponíveis; e, por fim, criar um protótipo para dispositivos móveis (smartphones) a fim de atender às possíveis necessidades de informação do referido grupo. A ausência do conjunto de atitudes e habilidades digitais pode ter um efeito profundo na qualidade de vida das pessoas e no aprendizado ao longo da vida. Daí a premência da competência em informação e sua força motriz do lifelong learning para dispor aos grupos socialmente vulneráveis uma real e efetiva inclusão social/digital. Numa via otimista, conjectura-se que as tecnologias, em conjunto com a competência em informação são capazes de promover o aumento da autoestima de grupos, comunidades e pessoas, incluindo a redução na situação de vulnerabilidade social e a promoção de insumos à luz das necessidades de informação cotidianas. A importância da inclusão desse grupo social em tal contexto possivelmente viabilizará novas e prósperas relações sociais, assim como a qualidade de vida. Promover a inclusão dos idosos perante às tecnologias pode ser uma forma oportuna para a participação ativa, cidadã e democrática na contemporaneidade, além da efetivação do papel social da Ciência da Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elizete Vieira Vitorino, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora concursada e pesquisadora do Departamento de Ciência da Informação, Centro de Ciências da Educação, da Universidade Federal de Santa Catarina.

Guilherme Goulart Righetto, Universidade Federal de Santa Catarina

Bibliotecário/Documentalista e Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. 

Celine Rúbia Probst Purnhagen Packer, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduada em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Analista de marketing digital na Publya - Programmatic Media.

Referências

ALDERFER, ClaytonP.; SCHNEIDER, Benjamin. Three studies of measures of need satisfaction in organizations. Administrative Science Quarterly, v. 18, n. 4, p.489-505, dez. 1973.

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION (ALA). ACRL –ASSOCIATION OF COLLEGE & RESEARCH LIBRARIES. Framework for Information Literacy for Higher Education. 2016.

BARRA, Daniela Couto Carvalho et al. Métodos para desenvolvimento de aplicativos móveis em saúde: revisão integrativa da literatura. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 26, n. 4, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072017000400502&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 10 maio 2019.

BASSOLI, Silvana; PORTELLA, Marilene Rodrigues. Estratégias de atenção ao idoso: avaliação das oficinas de saúde desenvolvida em grupos de terceira idade no município de Passo Fundo/RS. Estudos Interdisciplinares sobre o Envelhecimento, 2004. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/RevEnvelhecer/article/view/4744. Acesso em: 10 maio 2019.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Formação contínua de professores do ensino fundamental sob a ótica do desenvolvimento da information literacy, competência indispensável ao acesso à informação e geração do conhecimento. Transinformação, Campinas, v. 16, n. 1, 2004. Disponível em: http://periodicos.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/transinfo/article/view/723/703. Acesso em: 10 maio 2019.

BELLUZZO, Regina Célia Baptista. Competências na era digital: desafios tangíveis para bibliotecários e educadores. ETD –Educação Temática Digital, Campinas, v. 6, n. 2, jun. 2005. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/772. Acesso em: 10 maio 2019.

BEZ, Maria Rosangela; PASQUALOTTI, Paulo Roberto; PASSERINO, Liliana Maria. Inclusão digital da terceira idade no centro Universitário Feevale, 2006. Disponível em: http://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/466. Acesso em: 10 maio 2019.

BIANCHETTI, Lucídio. Tecnologia digital e novas qualificações: desafios à educação. Editora da UFSC: 2008.

BIZELLI, Maria Helena Sebastiana Sahão. et al. Informática para a terceira idade: características de um curso bem-sucedido. Rev. Ciênc. Ext., v.5, n. 2, 2009. Disponível em: http://200.145.6.204/index.php/revista_proex/article/view/43. Acesso em: 10 maio 2019.

BRASIL; MINISTÉRIO DA SAÚDE. Estatuto do idoso. Editora MS, 2003. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/biblioteca/livros/estatuto_idoso2edicao.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

CHARCHAT-FICHMAN, Helenice. et al. Declínio da capacidade cognitiva durante o envelhecimento. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 27, n. 21, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbp/v27n1/23718.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

CUNHA, Thiago; GARRAFA, Volnei. Vulnerability: a key principle for global bioethics?. Cambridge Quarterly of Healthcare Ethics, v. 25, n. 2, 2016. Disponível em: http://journals-cambridge-org.ez46.periodicos.capes.gov.br/action/displayAbstract?fromPage=online&aid=10225159&fileId=S096318011500050X. Acesso em: 10 maio 2019.

DE LUCCA, Djuli Machado. A dimensão política da Competência Informacional: um estudo a partir das necessidades informacionais de idosos da Grande Florianópolis. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/158842. Acesso em: 10 maio 2019.

DE LUCCA, D.; VIANNA, W.; VITORINO, E. A COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO DE IDOSOS. Brazilian Journal of Information Science: research trends, v. 12, n. 4, p. 32-44, 17 dez. 2018.

EMMONS, Karen. Review of literature: the information needs and information-seeking behavior of older adults. Drexel university information resources and technology, 2004. Disponível em: http://www.pages.drexel.edu/~kje26/. Acesso em: 10 maio 2019.

FONSECA, João José Saraiva da. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UECE, 2002. Disponível em: http://www.ia.ufrrj.br/ppgea/conteudo/conteudo-2012-1/1SF/Sandra/apostilaMetodologia.pdf. Acesso em: 20 jun. 2019.

FREITAS, Ana Karina Miranda de. Psicodinâmica das cores em comunicação. Nucom, v. 4, n. 12, out./dez. 2007. Disponível em: https://hosting.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Cor/psicodinamica_das_cores_em_comunicacao.pdf. Acesso em: 08 out. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Agência IBGE notícias. 20. dez. 2018. PNAD Contínua TIC 2017: internet chega a três em cada quatro domicílios do país. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/23445-pnad-continua-tic-2017-internet-chega-a-tres-em-cada-quatro-domicilios-do-pais. Acesso em: 10 maio 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Projeções da População. 2018. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9109-projecao-da-populacao.html?=&t=o-que-e. Acesso em: 10 maio 2019.

KACHAR, Vitória. Envelhecimento e perspectivas de inclusão digital. Revista Kairós: Gerontologia, v. 13, n. 2, 2010. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/kairos/article/viewFile/5371/3851. Acesso em: 10 maio 2019.

LE COADIC, Yves-François. A Ciência da Informação. Briquet de lemos Livros, 2004.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. Cibercultura. São Paulo: v. 34, 1999.

MASLOW, Abraham. A theory of human motivation. 1943.

MAIA, Flavia de Oliveira Motta. Vulnerabilidade e envelhecimento: panorama dos idosos residentes no município de São Paulo-Estudo SABE. 2011. Tese (Doutorado). Universidade de São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7139/tde-24102011-080913/pt-br.php. Acesso em: 10 maio 2019.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 18 ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento organizacional. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

ROSEN, Larry.; WEIL, Michelle. Adult and teenage use of consumer, business, and entertainment technology: potholes on the information superhighway. Journal of Consumer Affairs, v.29, n. 1, 1995. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1745-6606.1995.tb00039.x. Acesso em: 10 maio 2019.

SANTOS, Robson Luis Gomes dos. Usabilidade de interfaces para sistemas de recuperação de informação na web: estudo de caso de bibliotecas on-line de universidades federais brasileiras. Tese (Doutorado em Design) –Departamento de Artes e Design, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2006.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da Competência Informacional (2). Ciência da Informação, v. 40, n. 1, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-19652011000100008. Acesso em: 10 maio 2019.

WILLIAMSON, Kirsty. The role of research in professional practice: with reference to the assessment of the information and library needs of older people. Australasian Public Libraries and Information Services, v. 12, n. 4, 1999. Disponível em: https://search.informit.com.au/documentSummary;dn=983807342399340;res=IELAPA. Acesso em: 10 maio 2019.

WHITE, Heidi et al. Surfing the net in later life: a review of the literature and pilot study of computer use and quality of life. Journal of Applied Gerontology, v.18, n.3, 1999. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/073346489901800306. Acesso em: 10 maio 2019.

Publicado
2019-11-05
Como Citar
Vitorino, E. V., Righetto, G. G., & Packer, C. R. P. P. (2019). Competência em informação de idosos. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019033. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8655804