A paleontologia na perspectiva do ensino

uma análise cientométrica

Palavras-chave: Cienciometria, Ensino de paleontologia, Periódicos.

Resumo

O ensino de paleontologia pressupõe compreender o processo evolutivo, baseado em evidências: os fósseis. Logo, analisar a produção cientifica sobre este tema é relevante, pois através desta, podemos verificar de forma indireta se a abordagem, além de desenvolvida em sala de aula, está sendo publicada. Neste sentido, procurou-se identificar a produção sobre o tema através de uma análise cienciométrica, baseada em 3 plataformas de busca: Plataforma Sucupira, Periódicos Capes e Google Acadêmico. Nos espaços de busca utilizou-se o termo Paleontologia e o período para análise é de 2013-2017. Nesse sentido, encontrou-se um total 125 resultados, após, como a proposta se baseia em analisar apenas a produção sobre o ensino de Paleontologia, chegou-se ao total de 22 artigos. Analisando estes, 11 eram descritos de maneira teórica e 11 artigos de maneira aplicada. Nesse sentido, observa-se a pouca publicação na área e a inexistência de um periódicos que publique sobre o tema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rômulo Hohemberger, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria.

Cibele Schwanke, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Doutora em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Jéssica de Góes Bilar, Instituto Federal Farroupilha

Licenciatura em Química, Instituto Federal Farroupilha campus São Vicente do Sul/RS.

Renato Xavier Coutinho, Instituto Federal Farroupilha

Doutorado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde pela Universidade Federal de Santa Maria . Professor do Instituto Federal Farroupilha.

Referências

Almeida, L. F.; Zucon, M. H.; Souza, J. F.; Reis, V. S.; & Vieira, F. S. (2013). Ensino de Paleontologia: uma abordagem não-formal no Laboratório de Paleontologia da Universidade Federal de Sergipe. Terræ Didatica, 10(1), 14-21. doi: https://doi.org/10.20396/td.v10i1.8637384.

Alonço, M.; Boelter, R. A. (2016). Paleontologia nos livros didáticos de biologia do ensino médio. Revista da SBEnBio, (9), 7671-7682. URL: http://www.sbenbio.org.br/wordpress/wp-content/uploads/renbio-9/pdfs/2732.pdf. Acesso 02.04.2018.

Antunes, B. C.; Costa, S. A. R. F.; & Ruivo, M. L. P. (2013). Dificuldades de inserir a temática Paleontologia na sala de aula em Belém, PA. Anais do Simpósio de Geologia da Amazônia. Belém, Pará, Brasil, 13. Recuperado de: https://www.academia.edu/15579561/Artigo_1Paleonto_em_sala_de_aula.

Bittencourt, L. A. F.; & De Paula, A. (2012). Análise cienciométrica de produção científica em unidades de conservação federais do Brasil. Enciclopédia biosfera, v. 8, n. 14, p. 2044-2054. URL: http://www.conhecer.org.br/enciclop/2012a/multi/analise.pdf. Acesso 02.04. 2018.

Brasil. (2017). Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Ministério da Educação. Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/Undime URL: http://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso 02.04. 2018.

Coutinho, R. X.; Soares, M. C.; Folmer, V.; & Puntel, R. L. (2012). Análise da produção de conhecimento da Educação Física brasileira sobre o cotidiano escolar. Revista Brasileira de Pós-Graduação, 9(17). doi: http://dx.doi.org/10.21713/2358-2332.2012.v9.300.

Duarte, S. G.; Arai, M.; Passos, N. Z. G.; & Wanderley, M. D. (2016). Paleontologia no ensino básico das escolas da rede Estadual do Rio de Janeiro: uma avaliação crítica. Anuário do Instituto de Geociências, 39(2), 124-132. doi: https://doi.org/10.11137/2016_2_124_132.

Izaguirry, B. B. D.; Ziemann, D. R.; Muller, R, T.; Dockhorn, J.; Pivotto, O. L.; Costa, F. M.; ....; & Dias-da-Silva, S. (2013). A Paleontologia na escola: uma proposta lúdica e pedagógica em escolas do município de São Gabriel, Rio Grande do Sul. Cadernos da Pedagogia, 7(13), 02-16. doi: https://doi.org/10.11137/2016_2_124_132.

Laurindo, R.; & Mafra, T. (2010). Cienciometria da revista Comunicação & Sociedade identifica interfaces da área. Comunicação & Sociedade, 31(53), 233-260. doi: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v31n53p233-260.

Lopes, E. M.; Barbalho, E. C.; Alves, K. C.; Carvalho, A. P. F.; & Tavares, R. O. (2017). Sequência didática para o ensino de Paleontologia, na escola de ensino médio professor Luís Felipe, Sobral, Ceará. Anais do Congresso Nacional de educação, João Pessoa, Paraíba, 6. Recuperado de: https://editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV073_MD1_SA17_ ID1726_08092017132723.pdf.

Macias-Chapula, C. A. (1998). O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da informação, 27(2), 134-140. URL: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/794/824 . Acesso 02.04.2018.

Mendes, L. A. S.; Nunes, D. F.; & Pires, E. F. (2015). Avaliação do conhecimento paleontológico com intervenção em escolas de ensino médio: um estudo de caso no Estado do Tocantins. Holos, 8, 384-386. doi: https://doi.org/10.15628/holos.2015.1991.

Moreira, M. A. (2011). Metodologias de pesquisa em ensino. São Paulo: Ed. Livraria da Física.

Nobre, S. B.; Farias, M. E. (2015). Formação continuada de professores: possibilidades e desafios para o ensino de Paleontologia na Educação Básica. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Águas de Lindóia, São Paulo, Brasil, 10. Recuperado de: http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/lista_area_17.htm.

Novais, T.; Martello, A. R.; Oleques, L. C.; Leal, L. A.; & Da-Rosa, Á. A. S. 2015. Uma experiência de inserção da Paleontologia no ensino fundamental em diferentes regiões do Brasil. Terræ Didatica, 11(1), 33-41. doi: https://doi.org/10.20396/td.v11i1.8637308.

Perez, C. P.; Andrade, L. C.; & Rodrigues, M. F. (2015). Desvendando as Geociências: alfabetização científica em oficinas didáticas para o ensino fundamental em Porto Velho, Rondônia. Terræ Didatica, 11(1), 42-51. doi: https://doi.org/10.20396/td.v11i1.8637309.

Rezende, R. L.; Lourenço, C. O.; Takayama, L. R.; & Nascimento, A. F. Jr. (2017). “A Era do Gelo–O Filme”: uma análise de seu potencial para o ensino de Paleontologia. Anais do Fórum Ambiental da alta paulista, Tupã, São Paulo, Brasil, 13. Recuperado de: https://www.amigosdanatureza.org.br/eventos/data/inscricoes/2673/form15188587.pdf.

Santos, C. P. S. Santos, E. F.; & Piranha, J. M. (2015). A Paleontologia no currículo do estado de São Paulo e nos livros didáticos de Biologia do ensino médio. Anais do Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, Águas de Lindóia, São Paulo, Brasil, 10. Recuperado de: https://www.researchgate.net/publication/303186037_A_Paleontologia_no_Curriculo_do_Estado_de_Sao_Paulo_e_nos_livros_didaticos_de_Biologia_do_ensino_medio_Paleontology_in_the_Curriculum_of_the_Sao_Paulo_State_and_in_the_biology_textbooks_of_biology_in_. Acesso 02.04. 2018.

Vieira, F. S.; Zucon, M. H.; & Santana, W. S. (2010). Análise dos conteúdos de Paleontologia nos livros didáticos de biologia e nas provas de vestibular da UFS e do ENEM. Anais Colóquio Internacional de Educação e Contemporaneidade, Laranjeiras, Sergipe, Brasil 4. Recuperado de: http://educonse.com.br/2010/eixo_05/E5-29.pdf.

Publicado
2019-09-10
Como Citar
Hohemberger, R., Schwanke, C., Bilar, J. de G., & Coutinho, R. X. (2019). A paleontologia na perspectiva do ensino. Terrae Didatica, 15, e019025. https://doi.org/10.20396/td.v15i0.8653339