Banner Portal
Coleção didática de microfósseis
Entrada monumental da Gruta do Lago Azul, ricamente ornamentada por estalactites e estalagmites, situada no município de Bonito, a E da Serra da Bodoquena e a sudoeste do município de Miranda. A região serrana foi edificada em unidades carbonáticas dos grupos Cuiabá e Corumbá, de idade Neoproterozoica. Fotografia: Adriano Gambarini.
PDF

Palavras-chave

Micropaleontologia
Educação em Geociências
Didática

Como Citar

ASSIS, V. da S. R.; CASSINO, R. F. Coleção didática de microfósseis: propostas para sua implementação e uso em disciplinas de graduação. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 16, p. e020042, 2020. DOI: 10.20396/td.v16i0.8661073. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8661073. Acesso em: 26 fev. 2024.

Resumo

Em um projeto realizado no Laboratório de Paleontologia e Micropaleontologia do Departamento de Geologia da Universidade Federal de Ouro Preto (Degeo/UFOP), alunos de graduação trabalharam na organização e ampliação de uma coleção didática de microfósseis, na elaboração de um catálogo e de uma apostila com exercícios e atividades práticas. Apresentamos aqui a metodologia utilizada na ampliação do acervo e duas propostas de atividades práticas que envolvem o uso de amostras da coleção didática. Estas atividades visam trabalhar conceitos básicos da Paleontologia e desenvolver habilidades de observação e raciocínio científico nos alunos, podendo também ser utilizadas para apresentar e discutir temas mais específicos. Tanto a implementação da coleção de microfósseis como as atividades práticas foram montadas de forma simples e podem ser aplicadas em outras instituições de ensino. Além de tornar as aulas mais dinâmicas, o material contribui para que o aprendizado dos alunos seja mais completo.

https://doi.org/10.20396/td.v16i0.8661073
PDF

Referências

Armstrong, H. A., & Brasier, M. D. (2005). Microfossils. Malden, Oxford, Carlto: Blackwell Publ.

Carvalho, I. S. (2011). Paleontologia: microfósseis, paleoinvertebrados. vol. 2. Rio de Janeiro: Interciência.

Cunha, C. A. (2014). Movimento de consolidação nacional de novas bases para o Ensino de Geociências. Terræ Didatica, 10(3), 171-177. doi: 10.20396/td.v10i3.8637313.

Dias-Brito, D. (1989). A micropaleontologia na indústria do petróleo. Revista Brasileira de Geociências, 19(2), 256-259. Disponível em: http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/article/view/9997/9696. Acesso em: 05.07.2020.

Ericson, D. B., & Wollin, G. (1956). Micropaleontological and Isotopic Determinations of Pleistocene Climates. Micropaleontology, 2(3), 257-270. doi: 10.2307/1484189.

Fantinel, L., Janasi, V. A., Assis, J. F., Alecrim, J. R., de Almeida, H. L., Compiani, M., . . . Carneiro, C. D. (2008). Diretrizes Curriculares para os Cursos de Graduação em Geologia e Engenharia Geológica. Terræ Didatica, 4(1), 85-89. doi: 10.20396/td.v4il.8637498.

Figueirôa, S. F. (2009). História e Filosofia das Geociências: relevância para o Ensino e formação profissional. Terræ Didatica, 5(1), 63-71. doi: 10.20396/td.v5il.8637503.

Foraminifera Galery. (2019). The Foraminifera. eu Project. Disponível em: http://www.foraminifera.eu/. Acesso em: 01.02.2019.

Grand Pre, C., Culver, S. J., Mallinson, D. J., Farrell, K. M., Corbett, D. R., Horton, B. P., . . . & Buzas, M. A. (2011). Rapid Holocene coastal change reveled by high-resolution micropaleontological analysis, Pamlico Sound, North Carolina, USA. Quaternary Research, 76(3), 319-334. doi: 10.1016/j.yqres.2011.06.012.

Heusser, L. E., & Morley, J. J. (1996). Pliocene climate of Japan and environs between 4.8 and 2.8 Ma: A joint pollen and marine faunal study. Marine Micropaleontology, 27(1-4), 85-106. doi: 10.1016/0377-8398(95)00053-4.

Jones, R. W., Lowe, S., Milner, P., Heavey, P., Payne, S., & Ewen, D. (2005). The Role and Value of “Biosteering” in Hydrocarbon Reservoir Exploration. In E. A. Koutsoukos (Ed.) (2005). Applied Stratigraphy. vol. 23. Dordrecht: Springer. doi: 10.1007/1-4020-2763-X_15.

Kalia, P., & Chowdhury, S. (1983). Foraminiferal Biostratigraphy, Biogeography, and Environment of the Callovian Sequence, Rajasthan, Northwestern India. Micropaleontology, 29(3), 223-254. doi: 10.2307/1485732.

Kawamura, H., Holbourn, A., & Kuhnt, W. (2006). Climate variability and land-ocean interactions in the Indo Pacific Warm Pool: A 460-ka palynological and organic geochemical record from the Timor Sea. Marine Micropaleontology, 59(1), 1-14. doi: 10.1016/j.marmicro.2005.09.001.

Kelley, P. H., & Visaggi, C. C. (2012). Learning Paleontology Through Doing: Integrating an Authentic Research Project into an Invertebrate Paleontology Course. The Paleontological Society Special Publications, 12, 181-198. doi: 10.1017/S247526220000931X.

Mazzini, I., Gliozzi, E., Koci, R., Soulie-Marsche, I., Zanchetta, G., Baneschi, I., . . . & Bushati, S. (2015). Historical evolution and Middle to Late Holocene environmental changes in Lake Shkodra (Albania): New evidences from micropaleontological analysis. Paleogeography, Paleoclimatology, Paleoecology, 419, 47-59. doi: 10.1016/j.paleo.2014.08.012.

Pedrosa, F. A., Piovesan, E. K., Melo, R. M., Gomes, C. R., & Barros, C. L. (2018). The implementation of didactic collections and guidebooks of micropaleontology as a tool in teaching and research in Geosciences. Terræ Didatica, 14(4), 411-414. doi: 10.20396/td.v14i4.8654112.

Schenck, H. G. (1928). The biostratigraphy aspect of Micropaleontology. Journal of Paleontology, 2(2), 158-165. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/1297839?seq=1. Acesso em: 05.07.2020.

Smitho Jr., F. D. (1955). Planktonic foraminifera as indicators of depositional environment. Micropaleontology, 1(2), 147-151. doi: 10.2307/1484167.

Van Hinte, J. E. (1978). Geohistory Analysis. Aplication of Micropaleontology in Exploration Geology. The American Association of Petroleum Geologists Bulletin, 62(2), 201-222. doi: 10.1306/C1EA4815-16C9-11D7-8645000102C1865D

Weyl, P. K. (1978). Micropaleontology and Ocean Surface Climate. Science, 202(4397), 475-481. doi: 10.1126/science.202.4367.475.

World Register of Marine Species. (2019). Flanders Marine Institute. Disponível em: http://www.marinespecies.org/index.php. Acesso em: 02.11.2019.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Terrae Didatica

Downloads

Não há dados estatísticos.