Banner Portal
Ensino não-formal e divulgação das Geociências por meio da Educação Ambiental
PDF
Informação Suplementar

Como Citar

PINTO, Ariane Mendes; SILVA, Luiza Ferreira da; WEBER, Ana Katiuscia Pastana de Sousa. Ensino não-formal e divulgação das Geociências por meio da Educação Ambiental. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 19, n. 00, p. e023011, 2023. DOI: 10.20396/td.v19i00.8672229. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8672229. Acesso em: 19 maio. 2024.

Resumo

Introdução. Este artigo destaca a importância da Geologia no desenvolvimento do pensamento crítico de crianças em áreas de mineração. Objetivo. O programa de Educação Ambiental Germinar, na cidade de Ouro Branco, Minas Gerais, foi utilizado como estudo de caso para fornecer soluções baseadas em Geociências para os problemas causados pela explotação de recursos naturais e formar indivíduos conscientes da importância do meio ambiente. Metodologia. O estudo consistiu em uma série de atividades pedagógicas, incluindo aulas em ambiente externo e atividades de Realidade Virtual. Resultados e Conclusão. Os resultados mostraram que os alunos apresentam falta de familiaridade com conceitos geológicos, mas a utilização de tecnologias inovadoras e práticas pedagógicas podem contribuir para a conscientização ambiental e do meio em que vivem.

https://doi.org/10.20396/td.v19i00.8672229
PDF
Informação Suplementar

Referências

Aker, et al.“Marketing Research” (7th Ed.), New York: John Wiley & Sons, Inc, 2001.

Almeida C.N., Araújo C., Mello E.F. Geologia nas Escolas de Ensino Básico: a experiência do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2015. Terra e Didática.

URL: http://www.ige.unicamp.br/terraedida tica/. Acesso em: 18 de março. 2022.

ANA – Agência Nacional das Águas. Bacias Hidrográficas, Brasília, 2016. URL: http://metadados.ana.gov.br/geonetwork/srv/pt/ main. hom. Acesso em: 17 jun. 2022.

Bizz, L. A. Schobbenhaus, C. Vidotti, R. M. Gonçalves, J. H. Geotectônica do Escudo Atlântico.Geologia, Tectônica e Recursos Minerais do BrasiL. Cap V. CPRM, Brasília, p. 20, 2003.

Braga, S. C. M. Modelagem estrutural e geofísica da porção centro-norte do Sinclinal Moeda, Quadrilátero Ferrífero, MG. Contribuição às ciências da terra-vol. 30.

Dissertação de mestrado n°30. Ouro Preto, 2006.

Brasil. Política Nacional de Educação Ambiental: Lei nº 9795/1999, Art 1º de 1999. Brasília. URL: http://mma.gov.br/educacao- ambiental/politica-de-educacao-ambiental. Acesso em: 15 jun. 2022.

Brasil, Secretaria do Meio Ambiente da Presidência da República. Resoluções Conama, 1984-1990.Brasília: SEMA, 1991.

Carneiro C.D.R., Barbosa R., Piranha J.M. O ensino de geologia como instrumento formador deuma cultura de sustentabilidade. Revista Brasileira de Geologia, v. 39, n. 1, p. 129-137, mar, 2009.

Carneiro, C. D. R; Toledo, M. C. M.; Almeida, F. F. M. Dez motivos para a inclusão de temas de geologia na educação básica. Revista Brasileira de Geologia, v. 34, n.4, p. 553-560, dez, 2004.

Compiani, M. Formación de profesores, profesionales críticos, em la enseñanza de geociencias frente a los problemas sócio- ambientales. Enseñanza de lãs Ciencias de La Tierra,v. 10, n. 2, p. 162-172, 2002.

Compiani, M. Geologia/Geociências no ensino fundamental e a formação de professores. Geologia USP: Publicação Especial, São Paulo, v. 3, p.13-30, set, 2005.

CPRM – Serviços Geológico do Brasil. Base de dados litoestratigráficos. Rio de Janeiro, 2018.URL:

http://geowebapp.cprm.gov.br/ViewerWEB/i ndex_lito. html. Acesso em: 13 jun. 2022.

Dnit-Departamento de Infraestrutura de Transporte. Estradas Federais, 2013. URL:

http://www.dnit.gov.br/mapas- multimodais/shapefiles .Acesso em: 16 jun. 2022.

Dorr II, J. V. N. Physiographic, stratigraphic and structural development of the Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais, Brazil. USGS Professional Paper, 641-A, 1-110, 1969.

Farias, C. E. G., Coelho, M. J. Mineração e Meio Ambiente no Brasil. Relatório para o CGEE, 2002. URL:

http://www.mma.gov.br/estruturas/sqa_pnla/_ arquivo s/minera.pdf. Acesso em: 15 de julho, 2022.

Gerdau. Programa Germinar da Gerdau, 2018. URL:

https://www.gerdau.com/br/pt/media- center/noticias/programa-germinar-da-gerdau. Acesso em: 05 de jun. 2022.

Gerdau. Programa Germinar da Gerdau, 2023. URL: https://www.gerdau.com/br/pt/media- center/noticias/programa-germinar-da-gerdau. Acesso em: 29 de jan. 2023.

Gonçalves, A. Métodos e Técnicas de investigação social I. Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais, 2004.

Herz, N. Metamorphic rocks of the Quadrilátero Ferrífero, Minas Gerais, Brazil. USGS Professional Paper, 641-C, 1-81, 1978.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Ouro Branco Minas Gerais - MG. URL:

https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/d tbs/minas gerais/ourobranco.pdf. Acesso em: 03 de jun. 2022.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades de Minas Gerais, 2015. URL: https://mapas.ibge.gov.br/bases-e- referenciais/bases-cartograficas/malhas- digitais. Acesso em: 15 jun. 2022.

Moreira, JC. Educação ambiental e interpretaçãoambiental voltada aos aspectos geocientíficos: atividades geoeducativas, interpretativas e turísticas. In: Geoturismo e interpretação ambiental [online]. 1st ed. rev. and enl. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2014, pp. 71-133. ISBN 978-85-7798-2134. URL:

http://books.scielo.org. Acesso em: 08 de maio. 2022.

Oliveira, Elizabeti Márcia Felix R. História de Ouro Branco. URL:

http://www.ourobranco.mg.gov.br/detalhe-da- materia/info/historia-de-ouro-branco/6495.

Acesso em: 04 de abril. 2022.

Oshima, F. Y. A, Realidade Virtual na sala de aula,2017. URL:

https://epoca.globo.com/ideias/noticia/2016/0 1/realid ade-virtual-na-sala-de-aula.html.

Acesso em: 03 de jun. 2022.

Paviani, N. M. S.; Fontana, N. M. Oficinas pedagógicas: relato de uma experiência. v. 14, n. 2,p. 77-88, maio/ago, 2009.

Souza, W. A. Introdução de Geociências no Ensino médio através de oficinas Pedagógicas de Mineração. CEFET/MG Unidade Araxá, Departamento de Minas e Construção Civil. Graduação em Engenharia de Minas, 2016.

Teixeira, W. A evolução geotectônica da porção meridional do Cráton do São Francisco, com base em interpretações geocronológicas. (Tese de Doutorado, USP). p 207, 1985.

Uhulein, A., Noce, C. M.. Quadrilátero Ferrífero. Geologia do Brasil. Beca-Ball Edições Ltda. 228 – 235p, 2012.

USGS – Serviços Geológicos do Brasil. base de dados STRM, 2000.

URL: https://www.usgs.gov/products/data-and- tools/real- time-data/remote-land-sensing- and-landsat. Acesso em: 13 nov. 2022.

Wunsch, Luana Priscila; Richter, Ana PatríciaHenzel; Machado, Marcos Hivan Petter. Realidade Virtual: Apoio para a Prática Contextualizada e Interdisciplinar na Educação Básica. In: Congresso Nacional de Educação, Curitiba, Paraná, Brasil. [S.l.: s.n.], 2017, p.1-12.

URL: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/24758_1 3541.pdf. Acesso em: 11 jan. 2023

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Terrae Didatica

Downloads

Não há dados estatísticos.