Banner Portal
Reflexão sobre duas décadas do grupo de pesquisa colaborativa na formação de professores de Geociências
PDF

Palavras-chave

Formação de Professores
Currículo
Pesquisa Qualitativa
Conhecimento do Professor
Ensino de Geociências

Como Citar

GONÇALVES, Pedro Wagner et al. Reflexão sobre duas décadas do grupo de pesquisa colaborativa na formação de professores de Geociências: Interdisciplinaridade e Ciência do Sistema Terra. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 20, n. 00, p. e024002, 2024. DOI: 10.20396/td.v20i00.8675100. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8675100. Acesso em: 22 abr. 2024.

Resumo

Introdução. Este artigo mostra o desenvolvimento do grupo de pesquisa colaborativa Interdisciplinaridade por meio da Ciência do Sistema Terrestre para formar professores de Geociências. Objetivo. O artigo explica como os professores adquirem conhecimento pedagógico e de conteúdo por meio da inter-relação entre eles mesmos e com pesquisadores da universidade. Metodologia. A investigação baseia-se na pedagogia do lugar na busca de temas curriculares do ensino básico para melhorar o entendimento dos ciclos biogeoquímicos da natureza durante a história da Terra. Resultados. A experiência revela a necessidade de profissionalizar os professores para valorizar sua autonomia de decidir sobre o melhor currículo para seus alunos. Conclusão. As principais conclusões dizem respeito à melhoria dos processos de ensino e aprendizagem usando as transformações da água, areia e ferro durante o Tempo Geológico. Por fim, sugere-se um programa (um currículo) para a política de formação de professores de Ciências da Terra baseado no lugar, nas transformações sistêmicas e nos processos geológicos.

https://doi.org/10.20396/td.v20i00.8675100
PDF

Referências

Apple, M. W., Gandin, L.A., Meshulam, A., Schirmer, E., & Liu S. (2020). A luta pela democracia na educação: lições de realidades sociais. Petrópolis: Vozes.

Apple, M. W., & Beane, J. (Org.) (1997). Escolas democráticas. São Paulo: Cortez.

Ault, Jr., C. R., & Dodick, J. (2010). Tracking the Footprints Puzzle: The Problematic persistence of science-as-process in Teaching the Nature and Culture of Science. Science Education, 94(6), 1092-1122. doi: 10.1002/sce.20398.

Barretto, E. S. (2015). Políticas de formação docente para a educação básica no Brasil: embates contemporâneos. Revista Brasileira de Educação. 20(62), 679-701. doi: 10.1590/S1413-24782015206207.

Beane, J. (2003). Integração curricular: a essência de uma escola democrática. Currículo sem fronteiras, 3(2), 91-110.

Ben-Zvi-Assaraf, O. & Orion, N. (2005a). A Study of Junior High Students’ Perceptions of the Water Cycle. Journal of Geoscience Education, 53(4), 366-373. doi: 10.5408/1089-9995-53.4.366.

Ben-zvi-Assaraf, O. & Orion, N. (2005b). Development of system thinking skills in the context of Earth System Education. Journal of Research in Science Teaching, 42(5), 518-560. doi: 10.1002/tea.20061.

Busch, K. C., Ardoin, N., Gruehn, D., & Stevenson, K. (2019). Exploring a theoretical model of climate change action for youth. International Journal of Science Education, 41(17), 2389-2409. doi: 10.1080/09500693.2019.1680903.

Cochran-Smith, M., & Lytle, S. L. (1999). The teacher research movement: a decade later. Educational Researcher, 28(7),15-25. doi: 10.2307/1176137.

Elliott, J. (2010). El ‘estudio de la enseñanza y del aprendizaje’: una forma globalizadora de investigación del profesorado. Revista Interuniversitaria de Formación de Profesorado, 24(2), 223-242.

Estrela, M. T. (2014). Velhas e novas profissionalidades, velhos e novos profissionalismos: tensões, paradoxos, progressos e retrocessos. Investigar em Educação, 2(2), 5-30.

Fernandez, C. (2015). Revisitando a base de conhecimentos e o conhecimento pedagógico do conteúdo (PCK) de professores de Ciências. Revista Ensaio, 17(2), 500-528.

Gatti, B. A., & Barretto, E. S. S. (2009). Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO.

Gibbs, G. (2011). Análise de dados qualitativos. Porto Alegre: Artmed.

Gonçalves, P. W., Sicca, N. A. L., Fernandes, S. A. S., & Fernandes, M.C.G. (2013) Inovações didáticas e a concepção de natureza: a pesquisa colaborativa e o desenvolvimento profissional do professor. Educação, 17(3), 250-260.

Gonçalves, P. W., Sicca, N. A. L., Alves, M. A. R., Carneiro, C. D. R., Cunha, C. A. L. S., & Negrão, O. B. M. (2019). Ensino de Ciências da Terra a partir da cidade. Terræ Didatica, 15(publ. contínua), e019049. (Anais IX Simp. Nac. Ens. Hist. Ciências da Terra / EnsinoGEO-2019 – Geoética: respeito à Terra e ao lugar onde vivemos. Campinas, SBGeo, 2019). doi: 10.20396/td.v15i0.8657609.

Hashweh, M. Z. (2003). Teacher accommodative change. Teaching and Teacher Education, 19(4), 421-434.

Herman, B. C., Zeidler, D. L., & Newton, M. (2018). Students’ emotive reasoning through place-based environmental socioscientific issues. Research in Science Education, 50, 2081-2109. doi: 10.1007/s11165-018-9764-1.

Herman, B. C., Newton, M., & Zeidler, D.L. (2021). Impact of place‐based socioscientific issues instruction on students' contextualization of socioscientific orientations. Science Education, 105(4), 585-627. doi: 10.1002/sce.21618.

Hurd, P.D.H. (1998). Scientific literacy: new minds for a changing world. Science Education, 82(3), 407-416. doi: 10.1002/(SICI)1098-237X(199806)82:3<407::AID-SCE6>3.0.CO;2-G.

Ibiapina, I. M. L. de M. (2008). Pesquisa colaborativa: investigação, formação e produção de conhecimentos. Brasília: Líber Livro Ed.

Littrell, M.K. Okochi, C., Gold, A.U., Leckey, E., Tayne, K., Lynds, S., & Williams, V. … (2020). Exploring students’ engagement with place-based environmental challenges through filmmaking: A case study from the Lens on Climate Change program. Journal of Geoscience Education, 68(1), 80-93. doi: 10.1080/10899995.2019.1633510.

Marcelo Garcia, C. (2005). Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Ed.

Martínez Bonafé, J. M. (2013). A cidade no currículo e o currículo na cidade. In: Gimeno Sacristán, J. (Org). (2013). Saberes e incertezas sobre o currículo. Porto Alegre: Penso.

Matthews, M. R. (1994). Science teaching: the role of history and philosophy of science. New York: Routledge.

Montenegro, V. L. dos S. & Fernandez, C. (2015). Processo reflexivo e desenvolvimento do conhecimento pedagógico do conteúdo numa intervenção formativa com professores de Química. Revista Ensaio, 17(1), 251-275.

Pimenta, S. G. (2005) Pesquisa-ação crítico-colaborativa: construindo seu significado a partir de experiências na formação e na atuação docente. Educação e Pesquisa, 31(3), 521-539.

Reid, A., & O’Donoghue, M. (2004). Revisiting enquiry-based teacher education in neo-liberal times. Teaching and Teacher Education, 20(6), 559-570. doi: 10.1016/j.tate.2004.06.002.

Roldão, M. do C. (2010). Estratégias de ensino: o saber e o agir do professor. Vila Nova de Gaia/Portugal: Fundação Manuel Leão.

Seidl, B.; & Friend, G. (2002). Leaving authority at the door: equal-status community-based experiences and the preparation of teacher for diverse classrooms. Teacher and Teacher Education, 18(4), 421-433. doi: 10.1016/S0742-051X(02)00007-0.

Semken, S., Freeman, C.B., Watts, N. B., Neakrase, J. J., Dial, R. E., & Baker, D. R. (2009). Factors That Influence Sense of Place as a Learning Outcome and Assessment Measure of Place-Based Geoscience. Teaching. Electronic Journal of Science Education, 13(2), 136-159.

Semken, S., Ward, E. G., Moosavi, S., & Chinn, P. W. U. (2017). Place-Based Education in Geoscience: Theory, Research, Practice, and Assessment. Journal of Geosciences Education, 65(4), 542-562. doi: 10.5408/17-276.1.

Sicca, N. A. L. & Gonçalves, P.W. (2016). Integração Curricular e desafios para construção programa da didática do ensino de ciências da natureza. ENDIPE, 18, Anais..., 3892-3904.

Shulman, L. S. (1987). Knowledge and teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review, 57(1), 1-22. doi: 10.17763/haer.57.1.j463w79r56455411.

Shulman, L. S. (2002) Truth and consequences? Inquiry and policy in research on teacher education. Journal of Teacher Education, 53(3), 248-253. doi: 10.1177/00224871231161457.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Pedro Wagner Gonçalves, Natalina Aparecida Laguna Sicca, Alessandra Rodrigues, Ana Rosa Jorge de Souza, Bruna Isabella de Figueiredo, Hermom Reis Silva, Marcelo Luis de Brino, Maria Bernadete de Siqueira Canesin, Maria Cristina da Silveira Galan Fernandes, Maria José dos Santos, Maurílio Antonio Ribeiro Alves, Mirian Moneda Alberto de La Corte, Reino Luiz de Figueiredo

Downloads

Não há dados estatísticos.