Banner Portal
Mapeando a proficiência em leitura e compreensão oral em inglês de alunos de letras
PDF

Palavras-chave

Avaliação de proficiência
Língua estrangeira
Leitura
Compreensão oral
IELTS

Como Citar

BORGES-ALMEIDA, Vanessa. Mapeando a proficiência em leitura e compreensão oral em inglês de alunos de letras. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 62, n. 1, p. 140–157, 2023. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8666877. Acesso em: 24 jul. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa de natureza quantitativa acerca da proficiência em leitura e compreensão oral em língua inglesa de alunos de cursos de Letras (Inglês) de uma universidade pública brasileira. Os objetivos do estudo foram mapear o nível de proficiência dos alunos do início até a metade do curso e identificar se há progressão de nível conforme avançam nas cadeias de disciplinas específicas para as habilidades escritas e para as orais. Um questionário sobre o perfil acadêmico e simulados das provas de leitura e de compreensão oral do International English Language Testing System (IELTS) foram aplicados a 385 alunos, dos quais 243 fizeram a prova de leitura e 198, a prova de compreensão oral. Ainda, destes, 32 refizeram a prova de compreensão oral, e 15, a de leitura. Os dados foram analisados com estatística descritiva e inferencial não paramétrica. Os resultados revelam progressão de nível de proficiência, tanto em leitura quanto em compreensão oral, do início do curso para o final das cadeias de habilidades.

PDF

Referências

ALDERSON, J. C. (2000). Assessing reading. Cambridge, UK: Cambridge University Press.

ASHER, J. J. (1988). Learning another language through actions: the complete teacher’s guidebook. Los Gatos: Sky Oaks.

BACHMAN, L. F.; PALMER, A. S. (1996). Language testing in practice: designing and developing useful language tests. Cambridge, UK: Cambridge University Press.

BOZORGIAN, H. (2012a). The relationship between listening and other language skills in International English Language Testing System. Theory and Practice in Language Studies, v. 2, n. 4, p. 657-663. Disponível em: https://doi.org/10.4304/tpls.2.4.657-663. Acesso em: 12 out. 2022.

BOZORGIAN, H. (2012b). Listening skill requires a further look into second/foreign language learning. International Scholarly Research Network, v. 2012, Article ID 810129. Disponível em: https://doi.org/10.5402/2012/810129. Acesso em: 1 out. 2022.

BRITO, G. S.; BORGES-ALMEIDA, V. (2020). Nível de proficiência em leitura em inglês os alunos de Letras da UnB: diferenças entre anos e opções de curso. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

BROWN, H. D. (2010). Assessing reading. In: _____. Language assessment: principles and classroom practices. New York: Longman. p. 185-217.

CONSELHO DA EUROPA. (2001). Quadro europeu comum de referência para as línguas: aprendizagem, ensino, avaliação. Porto: Edições ASA. Coleção Perspectivas Actuais/Educação. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8668276/28547. Acesso em: 1 set. 2020.

CRUZ, R. O.; BORGES-ALMEIDA, V. (2019). Investigando níveis de proficiência em compreensão oral dos alunos de Letras Inglês da UnB: primeiras avaliações. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

CYNTRÃO, S. H.; UNTERNBÄUMEN, E. H. (2013). Mémorias e perspectivas: 50 anos de Letras da Universidade de Brasília (1962-2012). Brasília: Instituto de Letras. Disponível em: http://www.il.unb.br/index.php?option=com_content&view=article&id=83&Itemid=83. Acesso em: 1 out. 2022.

FIELD, J. (2012). The cognitive validity of the lecture-based question in the IELTS listening paper. In: TAYLOR, L.; WEIR, C. J. (ed.). IELTS collected papers 2: research in reading and listening assessment. Cambridge, UK: Cambridge University Press. p. 391-453.

GAO, Y. (2013). The effect of summary writing on reading comprehension: the role of mediation in EFL classroom. Reading Improvement, v. 50, n. 2, p. 43-47.

GRAHAM, S.; HEBERT, M. (2011). Writing to read: a meta-analysis of the impact of writing and writing instruction on reading. Harvard Educational Review, v. 81, n. 4, p. 710-744. Disponível em: https://doi.org/10.17763/haer.81.4.t2k0m13756113566. Acesso em: 30 set. 2022.

KHALILI SABET, M.; BABAEE BORMANAKI, H. R. (2017). An analytical reverse engineering of IELTS listening tasks for a construct model. International Journal of Applied Linguistics & English Literature, v. 6, n. 7, p. 49-64. Disponível em: http://dx.doi.org/10.7575/aiac.ijalel.v.6n.7p.49. Acesso em: 23 ago. 2021.

KRASHEN, S. (1982). Principles and practices in second language acquisition. New York: Pergamon,.

LIU, J.; COSTANZO, K. (2013). The relationship among TOEIC listening, reading, speaking and writing skills. Compendium Study. Princeton, NJ: Educational Testing Service. Disponível em: https://www.ets.org/Media/Research/pdf/TC2-02.pdf. Acesso em: 30 set. 2022.

LOWRY, R. Concepts and applications of inferential statistics, [S.l.: s.n., s.d.]. Disponível em: https://web.archive.org/web/20170601125133/http://vassarstats.net/textbook/ch12a.html. Acesso em: 10 out. 2022.

MARZEC-STAWIARSKA, M. (2016). The influence of summary writing on the development of reading skills in a foreign language. System, v. 59, p. 90-99. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.system.2016.04.006. Acesso em: 15 set. 2022.

RODRIGUEZ, K. E. (2006). Contemporary issues and decisions: reading, writing, and thinking in today’s world. New York: Pearson Longman. Disponível em: https://doi.org/10.1080/19388078009557556. Acesso em 30 set. 2022.

SHANAHAN (1980). The impact of writing instruction on learning to read. Reading World, v. 19, n. 4, p. 357-368. Disponível em: https://doi.org/10.1080/19388078009557556. Acesso em 30 set 2022.

SHANAHAN. T. (2016). Relationships between reading ans writing development. In: McARTHUR, C. A.; GRAHAM, S.; FITZGERALD, J. (ed.). Handbook of writing research. 2nd ed. New York: The Guilford Press. p. 194-207.

SILVA, L. C. E. O. E.; BORGES-ALMEIDA, V. (2020). Vivências do aluno de Letras Inglês do ingresso à metade do curso: proficiência, formação acadêmica e experiências correlatas. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

SILVA, L. C. E. O. E.; BORGES-ALMEIDA, V. (2021) Desenvolvimento da proficiência em leitura de alunos de Letras Inglês: do primeiro ao terceiro ano. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

SILVA, M. J.; BORGES-ALMEIDA, V. (2018). Perfil acadêmico e nível de proficiência do aluno ingressante em Letras – Inglês na UnB. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

SILVA, M. J.; BORGES-ALMEIDA, V. (2019). Investigando níveis de proficiência em leitura dos alunos de Letras Inglês da UnB: primeiras avaliações. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

TAYLOR, L. (2004). IELTS, Cambridge ESOL Examinations and the Common European Framework. Research Notes, v. 18, p. 2-3. Disponível em: https://www.cambridgeenglish.org/Images/23135-research-notes-18.pdf. Acesso em: 14 fev 2023.

WEIR, C.; HAWKEY, R.; GREEN, A.; DEVI, S. (2009a). The cognitive processes underlying the academic reading construct as measured by IELTS. IELTS Research Reports, v. 9, p. 157-189.

WEIR, C.; HAWKEY, R.; GREEN, A.; UNALDI, A.; DEVI, S. (2009b). The relationship between the academic reading construct as measured by IELTS and the reading experiences of students in their first year of study at a British university. IELTS Research Reports, v. 9, p. 97-156.

WILCOXON, F. (1945). Individual comparisons by ranking methods. Biometrics Bulletin, v. 1, n. 6, p. 80-83. Disponível em: https://sci2s.ugr.es/keel/pdf/algorithm/articulo/wilcoxon1945.pdf. Acesso em: 25 set. 2022.

YOSHIDA, R. H. A.; BORGES-ALMEIDA, V. (2020). Nível de proficiência em compreensão oral em inglês os alunos de Letras da UnB: diferenças entre anos e opções de curso. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

YOSHIDA, R. H. A.; BORGES-ALMEIDA, V. (2021) Desenvolvimento da proficiência em compreensão oral de alunos de Letras Inglês: do primeiro ao terceiro ano. Relatório de Iniciação Científica. Instituto de Letras, Universidade de Brasília, Brasília.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Trabalhos em Linguística Aplicada

Downloads

Não há dados estatísticos.