Banner Portal
Literatura em sala de aula
PDF

Palavras-chave

Tradução pedagógica
Literatura
Práticas reflexivas
Ensino-aprendizagem de línguas adicionais

Como Citar

BERGMANN, Juliana Cristina Faggion; CESCO, Andréa. Literatura em sala de aula: tradução pedagógica como espaço de práticas reflexivas e de aprendizagem. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 63, n. 1, p. 39–54, 2024. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8673936. Acesso em: 19 jul. 2024.

Resumo

Trabalhar a literatura em sala de aula é ao mesmo tempo uma atividade rica e complexa, especialmente por lançar o aprendente em um universo poético, sociológico, político, histórico e cultural que serve como acesso ao prazeroso estudo da língua estrangeira. E nesse contexto, no sentido de aliar literatura e tradução, é que se insere a tradução pedagógica, considerada aqui como um meio de comunicação e cultura, que almeja conciliar a proficiência com a reflexão linguística. Para essa pesquisa, com alunos da 2ª fase de um curso de Letras Espanhol, foram analisadas atividades de tradução pedagógica, elaboradas para refletir sobre a língua e para aprendê-la. As atividades, realizadas virtualmente no ambiente Moodle, tiveram como base sete microcontos de diferentes escritores distribuídos ao longo dos sete módulos da disciplina. São eles: La obra y el poeta (do britânico Richard Francis Burton), El gesto de la muerte (do francês Jean Maurice Cocteau), Infinito (do argentino Ernesto Sábato), La obra maestra (do argentino Álvaro Yunque), Una pequeña fábula (do tcheco Franz Kafka), El pozo (do espanhol Luis Mateo Díez), El loco (do espanhol Jordi Cebrián). Cada atividade de tradução pedagógica com os microcontos foi dividida em três partes: a 1ª consistia na leitura atenta do pequeno texto, onde algumas palavras estavam em destaque, para, logo após, selecionar as alternativas corretas com relação às palavras destacadas, que deveriam ser pesquisadas. As opções oferecidas variavam de cinco a dez, de acordo com a complexidade do texto, e estavam relacionadas ao léxico. A intenção, nesse 1º momento, foi dar pistas ao aprendente/leitor que o auxiliassem no processo de compreensão e na futura tradução. A 2ª parte oferecia uma breve biografia do escritor, para ser lida, seguida da atividade tradutória do texto. Por último, na 3ª parte, havia um espaço para que expusesse suas dúvidas e desafios com relação às palavras e/ou estruturas das frases. Ou seja, um momento destinado à reflexão do ato tradutório. Os resultados dos dados evidenciam a reflexão linguística elaborada pelos aprendentes em seu processo de aprendizagem da língua adicional.

PDF

Referências

ARRIBA GARCÍA, Clara de. (1996) Introducción a la traducción pedagógica. Lenguaje y textos, v. 8, p. 269-283.

BERGMANN, Juliana Cristina Faggion; CESCO, Andréa. Legendar para aprender língua estrangeira. CESCO, Andréa; ABES, Gilles; BERGMANN, Juliana CF (org.). Teoria e prática da tradução: lengendagem, HQ, textos técnicos e científicos. Florianópolis: Rafael Copetti Editor, 2019.

CARRERES, Ángeles; NORIEGA-SÁNCHEZ, María. (2019) Traducción Pedagógica (Pedagogical translation). Em: MUÑOZ-BASOLS, Javier; GIRONZETTI, Elisa; LACORTE, Manoel (org.) The Routledge Handbook of Spanish Language Teaching: Metodologías, contextos y recursos para la enseñanza del español L2. New York: Routledge.

CARRERES, Ángeles; MUÑOZ-CALVO, Micaela; NORIEGA-SÁNCHEZ, María. (2017) Translation in Spanish language teaching: the fifth skill/La traducción en la enseñanza del español: la quinta destreza. Journal of Spanish language teaching, v. 4, n. 2, p. 99-109. https://doi.org/10.1080/23247797.2017.1419030

CESCO, Andrea; BERGMANN, Juliana Cristina Faggion. A tradução pedagógica no ensino de espanhol como língua estrangeira. Em: CANCELA JÚNIOR, Joaquim Martins; NASCIMENTO, Lilian Cristina Barata Pereira; PINTO, Antonio Sergio da Costa (org.) Estudos da Tradução: Caminhos. Campinas, SP: Pontes Editores, 2023. (Coleção Estudos da Tradução, v. 15)

COLINA, Sonia; LAFFORD, Barbara A. (2017) Translation in Spanish language teaching: the integration of a “fifth skill” in the second language curriculum. Journal of Spanish Language Teaching, v. 4, n. 2, p. 110-123. https://doi.org/10.1080/23247797.2017.1407127

CONSELHO DA EUROPA (2001) Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas - Aprendizagem, ensino, avaliação. Lisboa: Edições ASA. Colecção perspectivas actuais | educação.

CORRÊA, Elisa F. de Souza. (2014) Sobre a necessidade de tradução pedagógica na aula de Língua não materna: quinta habilidade e macroestratégias. Revista de Letras, v. 33, n. 2, jul/dez, p. 53-64.

CORRÊA, Elisa F. de Souza. (2017) A tradução pedagógica: experimentos e exercícios para uso em aula. Revista EntreLinguas, v. 3, n.2, p. 179–202. https://doi.org/10.29051/rel.v3.n2.2017.9225

CUÉLLAR LÁZARO, Carmen. (2004) Un nuevo enfoque de la traducción en la enseñanza comunicativa de las lenguas. Revista Hermeneus. Revista de Traducción e Interpretación, n.6. Soria. ISSN: 1139-7489. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=1027635

DUFF, Alan. (1989) Translation. Oxford: Oxford University Press.

GARCÍA YEBRA, Valentín. (1998) la traducción en la enseñanza de las lenguas afines. Em: CALVI, Vittoria; SAN VICENTE, Félix (org). La identidad del español y su didáctica. Viareggio: Baroni Editores.

HUMBLÉ, Philippe; LUCINDO, Emy Soares. (2014). Língua Espanhola II. Florianópolis: LLE/CCE/UFSC.

HURTADO ALBIR, Amparo. (1994) Un nuevo enfoque de la traducción en la didáctica de las lenguas. Traducción, Interpretación, Lenguaje. Actas III Congreso Internacional Expolingua: Madrid, p.67-89.

LAVAULT, Elisabeth. (1985) Fonction de la traduction en didactique des langues, Collection Traductologie, no.2. Paris: Didier Érudition.

LESKE, Irene Prüfer. (2012) La traducción literaria. Prefácio de Humberto L. Morales. Estudo preliminar de Christiane Nord. Valencia (España): Aduana Vieja Editorial.

NAIMUSHIN, Boris. (2002) Translation in Foreign Language Teaching: The Fifth Skill. Modern English Teacher, v. 11, n. 4, p. 46-49.

NOAL, Joselma M., VAZ, Artur E. A., & PILLETI, Daniele C. (2017). A tradução literária no ensino de línguas. Revista EntreLinguas, v. 3, n. 2, p. 318 – 335. DOI: https://doi.org/10.29051/rel.v3.n2.2017.9410

PYM, Anthony. (2018) Where Translation Studies lost the plot: Relations with language teaching. Translation and Translanguaging in Multilingual Contexts, v. 4, n. 2, p. 203 - 222. https://doi.org/10.1075/ttmc.00010.pym

PYM, Anthony; MALMKJAER, Kirsten; GUTIÉRREZ-COLÓN PLANA, Mar (2013). Translation and Language Learning: The role of translation in the teaching of languages in the European Union. A Study. Luxembourg: Publications Office of the European Union. https://doi.org/10.2782/13783.

TAKIMOTO, Masato; HASHIMOTO, Hiroko (2010) An “Eye-Opening” Learning Experience: Language Learning through Interpreting and Translation. Electronic Journal of Foreign Language Teaching, v. 7, n. 1, p. 86–95.

ZIMANYI, Krisztina. (2017). Caminhos para o ensino de tradução na aula de língua estrangeira: uma proposta para a tradução audiovisual de Coraline em aulas de inglês como LE/ESOL. Revista EntreLinguas, v. 3, n. 2, p. 336 – 351. DOI: https://doi.org/10.29051/rel.v3.n2.2017.9427

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Juliana Cristina Faggion Bergmann, Andréa Cesco

Downloads

Não há dados estatísticos.