Banner Portal
Raquel entrevista Isolda que entrevista Raquel
PDF

Palavras-chave

Diálogo
Entrevista mútua
Educação matemática

Como Citar

MILANI, Raquel; LIMA, Isolda Gianni de. Raquel entrevista Isolda que entrevista Raquel: uma conversa sobre diálogo. Zetetike, Campinas, SP, v. 22, n. 1, p. 143–158, 2014. DOI: 10.20396/zet.v22i41.8646581. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646581. Acesso em: 19 jun. 2024.

Resumo

Neste texto caracteriza-se uma entrevista mútua entre duas professoras, Raquel e Isolda, a respeito do conceito de diálogo em educação matemática. A entrevista se justificou pelo fato de que as professoras desenvolveriam uma prática coletiva em uma disciplina de estágio supervisionado em matemática, mediada pelo diálogo, para gerar aprendizagem. Com base nos conceitos de diálogo de Bohm, e de Alrø e Skovsmose; e de entrevista de Kvale e Brinkmann, bem como na experiência vivenciada por Raquel e Isolda, apresenta-se uma caracterização para a entrevista mútua que inclui alguns atos dialógicos e as ações de ver em conjunto, pensar em conjunto e construir conhecimento comum em conjunto.

https://doi.org/10.20396/zet.v22i41.8646581
PDF

Referências

ALMEIDA, M. G.; FERNANDES, J. A. A comunicação promovida por futuros professores na aula de Matemática. Zetetiké, Campinas, v. 18, n. 34, p. 109-154, 2010.

ALRØ, H.; JOHNSEN- HØINES, M. Critical dialogue in mathematics education. In: ALRØ, H.; RAVN, O.; VALERO, P. (Org.). Critical mathematics education: past, present and future. Rotterdam: Sense Publishers, 2010. p. 11-21.

ALRØ, H.; SKOVSMOSE, O. Diálogo e aprendizagem em educação matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

ALRØ, H.; SKOVSMOSE, O. Dialogue and learning in mathematics education - intention, reflection, critique. Dordrecht: Kluwer Academic Publishers, 2004.

ARAÚJO, J. L. et al. Efemeridade dos cenários para investigação em um episódio de sala de aula de Matemática com tecnologias. Zetetiké, Campinas, v. 16, n. 29, p. 7-40, 2008.

BOHM, D. On dialogue. Londres: Routledge, 1996.

JARVIS, P. The practioner-researcher: developing theory from practice. San Francisco: JosseyBass Publishers, 1999.

KVALE, S.; BRINKMANN, S. InterViews: learning the craft of qualitative research interviewing. Thousand Oaks: Sage, 2009.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. D. A. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MOYER, P. S.; MILEWICZ, E. Learning to question: categories of questioning used by preservice teachers during diagnostic mathematics interviews. Journal of Mathematics Teacher Education, Netherlands, v. 5, n. 4, p. 293-315, 2002.

PONTE, J. P. Pesquisar para compreender e transformar a nossa própria prática. Educar, Curitiba, n. 24, p. 37-66, 2004.

SKOVSMOSE, O. An invitation to critical mathematics education. Rotterdam: Sense Publishers, 2011.

SKOVSMOSE, O. Cenários para investigação. Bolema, Rio Claro, n. 14, p. 66-91, 2000.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2014 Zetetiké: Revista de Educação Matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.