As práticas culturais de mobilização de história da matemática em livros didáticos destinados ao ensino médio

Autores

  • Marcos Luis Gomes Rede Pública Estaudal - SP

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v18i0.8646658

Palavras-chave:

Educação matemática. Livro didático de matemática. História da matemática. Formas simbólicas. Hermenêutica de profundidade.

Resumo

Este trabalho tem como objeto de estudo as práticas culturais de mobilização, ou seja, práticas de apropriação e transposição da história da matemática, realizada por autores de livros didáticos de matemática para o Ensino Médio. Essas práticas de mobilização são aqui concebidas como formas simbólicas, e o estudo dessas foi realizado com base em uma análise de cunho hermenêutico. Realizamos o cruzamento entre três tipos de fontes documentais: coleções de livros didáticos do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM) 2005; entrevistas realizadas com alguns autores dessas coleções e pareceres constantes no catálogo do PNLEM relativos a essas obras. Essa análise remeteu-nos a empreender uma interpretação personalizada dos padrões semióticos pelos quais se teriam pautado alguns autores de livros textos, quando procuraram estabelecer um diálogo com a história da matemática a fim de fazerem-na participar de seus textos didáticos destinados à educação matemática escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Luis Gomes, Rede Pública Estaudal - SP

Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), São Paulo (SP) - Brasil e professor do ensino fundamental da rede pública estadual paulista e do ensino médio na rede privada

Referências

BIANCHI, Maria Isabel Zanutto. Uma reflexão sobre a presença da história da matemática nos livros didáticos.2004. Dissertação (Mestrado) - ICGE/Unesp.

BRASIL. Catálogo do Programa Nacional do Livro Didático para o Ensino Médio (PNLEM): Matemática. Brasília: MEC, SEMTEC, FNDE, 2004.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Brasília, 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: MEC, INEP, 1999.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF, 1998.

GOMES, Marcos L. As práticas culturais de mobilização de história da matemática em livros didáticos destinados ao Ensino Médio. Dissertação. 2008. (Mestrado) – Faculdade de Educação - Unicamp, Campinas.

MENDEZ, Mário Castillo. O livro e a educação: aspectos políticos da produção do livro didático. In: BARBOSA, Raquel L. L. (Org.). Formação de educadores: desafios e persperctivas. São Paulo: Editora Unesp, 2003. p. 57-70.

MIGUEL, Antonio; MIORIM, Maria Ângela. História na educação matemática: propostas e desafios. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

MIORIM, Maria Ângela. A introdução à história da educação matemática. São Paulo: Atual, 1998.

THOMPSON, John B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995.

VIANNA, Carlos Roberto. Matemática e história: algumas relações e implicações pedagógicas.1995. Dissertação (Mestrado em Educação). Faculdade de Educação - USP, São Paulo.

VIANNA, Carlos Roberto. Vidas e circunstância na educação matemática. 2000. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação - USP, São Paulo.

Downloads

Publicado

2011-02-11

Como Citar

Gomes, M. L. (2011). As práticas culturais de mobilização de história da matemática em livros didáticos destinados ao ensino médio. Zetetike, 18. https://doi.org/10.20396/zet.v18i0.8646658