Jogos de linguagem, práticas discursivas e produção de verdade : contribuições para a educação (matemática) contemporânea

Autores

  • Samuel Edmundo Lopez Bello Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v18i0.8646662

Palavras-chave:

Jogos de linguagem. Jogos de verdade. Prática pedagógica. Discurso da educação matemática. Constituição dos sujeitos professor e aluno.

Resumo

Este artigo tem por objetivo trazer alguns dos desdobramentos que as denominadas “teorizações pós-estruturalistas” trazem ao campo da filosofia contemporânea, especificamente, aqueles que dizem respeito ao papel da linguagem na constituição das práticas e das relações sociais; bem como o exercício do poder na produção de verdades, de saberes e de sujeitos. Assim, com base nas noções wittgensteinianas de jogos de linguagem e nas noções foucaultianas de prática discursiva; poder-saber; e jogos de verdade, perpassados por algumas ideias de cunho nietzschiano, discutem-se alguns entendimentos sobre a Matemática e a prática pedagógica como atividades regradas, a produção de saberes e verdades como exercício de poderes e a constituição/fabricação dos sujeitos da educação: professor, aluno. Esses entendimentos e suas problematizações são trazidos dentro desta analítica, por considerá-las importantes aos modos de dizer e ver a Educação (Matemática) contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samuel Edmundo Lopez Bello, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor Adjunto IV do Departamento de Ensino e Currículo e do Programa de Pós-Graduação em Educação – UFRGS. Linha de Pesquisa: Filosofia da Diferença. Lider do Grupo de Pesquisa CNPq/UFRGS - Formação de Professores em Educação Matemática e Ensino de Ciências. Membro do Grupo Interinstitucional/PHALA – Educação, Linguagem e Práticas Sócio-culturais (CNPq – UNICAMP)

Referências

ARAGÓN, D. T. R. Formação continuada de professores de Matemática: espaço de possibilidades para produzir formas de resistência docente. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

BAMPI, L. Efeitos de poder e verdade do discurso da Educação Matemática. Educação e Realidade. Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 115-143, jan./jun. 1999.

BAMPI, L. Governo etnomatemático: tecnologias do multiculturalismo. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2003.

BECKER, F. O sujeito do conhecimento – contribuições da epistemologia genética. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 73- 88, jan./jun. 1999.

BELLO, S. E. L. Etnomatemática: um outro olhar, mais uma possibilidade. In: Encontro Brasileiro de Etnomatemática, 3., 2008, Universidade Federal Fluminense, Niterói. Anais...Niterói, 2008.

BELLO, S. E. L.; LONGO, F. Etnomatemática: uma analítica discursiva dos seus enunciados. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 10., Universidade Federal da Bahia, Salvador. Anais... Salvador, 2010.

BELLO, S. E. L.; MAZZEI, L. D. leitura, escrita e argumentação na Educação Matemática do Ensino Médio: possibilidade de constituição de significados matemáticos. In: PEREIRA, N. M.; SHÄFER, N. O.; LÓPEZ BELLO, S. E. (Org.). Ler e escrever: compromisso no Ensino Médio. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008. p. 261-273.

BELLO, S. E. L.; MIGUEL, A. (Org.). I Seminário de Aforismos em Educação, Linguagens e Práticas Culturais. In: BELLO, S. E. L. Relatório de Pesquisa. Campinas (SP): Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Departamento de Ensino e Práticas Culturais (DEPRAC), 2008.

BIRMAN, J. Jogando com a verdade: uma leitura de Foucault. PHYSIS: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 301-324, 2002.

BLOMMAERT, J. Contexto é como crítica. In: SIGNORINI, I. (Org.). Situar a lingua[gem]. São Paulo: Parábola, 2008. p. 91-115.

CONDÉ, M. L. L. Wittgenstein: linguagem e mundo. São Paulo: Annablume, 1998.

DREYFUS, H.; RABINOW, P. Michel Foucault: uma trajetória filosófica. Para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

FISCHER, R. M. Foucault e o desejável conhecimento do sujeito. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 24, n. 1, p. 39-59, jan./jun. 1999.

FISCHER, R. M. Foucault e a análise do discurso em Educação. Cadernos de Pesquisa, n. 114, p. 197-223, nov. 2001.

FOUCAULT, M. Verdade e poder. In: FOCAULT, M. Microfísica do poder. 7. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1988a.

FOUCAULT, M. Sobre a história da sexualidade. In: FOCAULT, M. Microfísica do poder. 7. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1988b.

FOUCAULT, M. Qu'est-ce que la critique? Critique et Aufklärung. Bulletin de la Société française de philosophie, v. 82, nº 2, p. 35-63, avr./juin 1990 (Conferência proferida em 27 de maio de 1978). Tradução de Gabriela Lafetá Borges e revisão de Wanderson Flor do Nascimento. Disponível em: . Acesso em: 26 maio 2010.

FOUCAULT, M. A ordem do discurso. 2. ed. São Paulo: Loyola, 1996.

FOUCAULT, M. A arqueologia do saber. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2004.

FOUCAULT, M. A escrita de si. In: FOUCAULT, M. Ditos e escritos. Ética, política e sexualidade. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. v. 5.

FOUCAULT, M. A verdade e as formas jurídicas. 4. ed. Rio de Janeiro: NAU, 2008ª.

FOUCAULT, M. Tecnologias del yo. In: FOUCAULT, M.: Tecnologias del yo y otros textos afines. Buenos Aires: Paidós Ibérica, 2008b.

FOUCAULT, M. História da sexualidade 2: o uso dos prazeres. 12. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2008c.

GLOCK, H. Dicionário Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

GOTTSCHALK, C. A natureza do conhecimento matemático sob a perspectiva de Wittgenstein: algumas implicações educacionais. Cad. Hist. Fil. Ci., Campinas, série 3, v. 14, n. 2, p. 305-334, jul.-dez. 2004.

HEUSER, E. M. D. No rastro da filosofia da diferença. In: SKLIAR, C. (Org.). Derrida e Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

KNIJNIK, G.; WANDERER, F. “A vida deles é uma matemática”: regimes de verdade sobre a educação matemática de adultos no campo. Educação UNISINOS, v. 10, n. 1, jan./abr. 2006. São Leopoldo: UNISINOS.

LAVE, J. A selvageria da mente domesticada. Revista Crítica de Ciências Sociais, n. 46, p. 109-134, out. 1996.

LARROSA, J. Tecnologias do eu e Educação. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). O sujeito da Educação: estudos foucaultianos. Petrópolis: Vozes, 1994. p. 35-86.

LENZI, G. S. Prática de ensino em educação matemática: a constituição das práticas pedagógicas de futuros professores de matemática. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

LOGUERCIO, R. de Q.; PINO, J. C. Os discursos produtores da identidade docente. Ciência e Educação, v. 9, n. 1,p. 17-26, 2003.

MIGUEL, A. Áreas e subáreas do conhecimento, vínculos epistemológicos: o GT de Educação matemática da ANPED. Revista Brasileira de Educação, v. 13, n. 38, p. 387-396, maio/ago. 2008.

MIGUEL, A.; GARNICA, A. V.; D´AMBROSIO, U. et al. A educação matemática: breve histórico, ações implementadas e questões sobre sua disciplinarização. In: Revista Brasileira de Educação, Campinas, n. 27. p. 70-93, 2004.

MIGUEL, A.; VILELA, D. S. Práticas escolares de mobilização de cultura matemática. In: Cadernos Cedes, Campinas, v. 28, n. 74, p. 97-120, jan./abr. 2008.

NALLI, M. A. G. Sobre o conceito foucaultiano de discurso. In: ORLANDI, L. B. (Org.). A diferença. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2005. p. 151-169.

NASCIMENTO, E. Texto, textualidade, contexto. In: SIGNORINI, I. (Org.). (Re) discutir texto, gênero e discurso. São Paulo: Parábola Editorial, 2008. p. 109-131.

NIETZSCHE, F. A gaia ciência. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

NIETZSCHE, F. A vontade de poder. Tradução de Marcos Sinésio Pereira e Francisco José Dias de Moraes. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008.

SANTOS, S. A. Experiências narradas no ciberespaço: um olhar para as formas de se pensar e ser professora que ensina matemática. Porto Alegre, 2009. 123 f. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

SANTOS, S.; BELLO, Samuel E. L.. O ‘eu’ profesora que ensina matemática: constituindo a docência através de narrativas. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 10., Universidade Federal da Bahia, Salvador. Anais... Salvador, 2010.

SILVA, T. T. O adeus às metanarrativas. In: SILVA, Tomaz Tadeu (Org.). O sujeito da Educação: estudos foucaultianos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994. p. 247-258.

SILVA, T. T. Dr. Nietzsche, Curriculista – com uma pequena ajuda do professor Deleuze. In: SILVA, T. T.; CORAZZA, S. M. Composições. Belo Horizonte: Autêntica, 2003. p. 35 – 57.

THEO, T. The critique to Psychology: from Kant to post-colonial theory. NY, USA: Springer Science & Business Media, Inc., 2005.

UBERTI, L. Estudos pós-estruturalistas: entre aporias e contra-sensos? Educação e Realidade, v. 31, n. 2, p. 95-116, jul./dez. 2006.

UBERTI, L. Escola cidadã: dos perigos de sujeição à verdade. 2007. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

VEIGA-NETO, A. Nietzsche e Wittgenstein: alavancas para pensar a diferença e a Pedagogia. In: GALLO, S.; SOUZA, R. M. de. (Org.). Educação do preconceito: ensaios sobre poder e resistência. Campinas, SP: Alínea, 2004. p. 131-146.

VEIGA-NETO, A. Foucault e Educação. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

VEIGA-NETO, A.; LOPES, M. C. Identidade, cultura e semelhanças de família: as contribuições da virada lingüística. In: BIZARRO, R. (Org.). Eu e o outro: estudos multidisciplinares sobre identidade, diversidade e práticas culturais. Porto: Areal , 2007.

WALKERDINE, V. Diferença, cognição e educação matemática. In: KNIJNIK, G.; WANDERER, F.; OLIVEIRA, C. J. de. (Org.) Etnomatemática: currículo e formação de professores. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2004. p. 109-123.

WITTGENSTEIN, L. Investigações filosóficas. 4. ed. Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco; Petrópolis: Vozes, 2005a.

WITTGENSTEIN, L. Observações filosóficas. São Paulo: Loyola, 2005b.

Downloads

Publicado

2011-02-11

Como Citar

Bello, S. E. L. (2011). Jogos de linguagem, práticas discursivas e produção de verdade : contribuições para a educação (matemática) contemporânea. Zetetike, 18. https://doi.org/10.20396/zet.v18i0.8646662