Banner Portal
O sentido em movimento na formação de professores de matemática
PDF

Palavras-chave

Formação de professores. Sentido. Perspectiva histórico-cultural. Atividade de ensino.

Como Citar

MORETTI, Vanessa Dias; MOURA, Manoel Oriosvaldo de. O sentido em movimento na formação de professores de matemática. Zetetike, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 155–180, 2011. DOI: 10.20396/zet.v18i34.8646682. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646682. Acesso em: 24 abr. 2024.

Resumo

Este artigo discute a relação entre o sentido, categoria entendida a partir da perspectiva histórico-cultural e da Teoria da Atividade, e a mudança da prática docente, especialmente a escolha de instrumentos didáticos mediadores. Os dados apresentados foram obtidos por meio do trabalho com professores de matemática em atividade de ensino, ao elaborarem coletivamente situações desencadeadoras de aprendizagem. A análise dos resultados revela que o sentido se vincula ao motivo que move o sujeito na atividade e nela se constitui. Nesse processo, a mudança de ações é indissociável dos novos sentidos atribuídos, no decorrer da atividade, aos elementos presentes na organização do ensino.
https://doi.org/10.20396/zet.v18i34.8646682
PDF

Referências

DAVYDOV, V. Tipos de generalizacion en la ensenanza. Havana: Pueblo y Educacion, 1982.

LEONTIEV, A. N. O desenvolvimento do psiquismo. São Paulo: Moraes, 1972.

LEONTIEV, A. N. Actividad, conciencia, personalidad. Ciudad de La Habana: Pueblo Y Educación, 1983.

LEONTIEV, A. N. Uma contribuição à teoria de desenvolvimento da psique infantil. In: VIGOTSKII, Lev Semenovich et al. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 2001. Cap. 4, p. 59-83.

MORETTI, V. D. O conceito de função: os conhecimentos prévios e as interações sociais como desencadeadores da aprendizagem. 1998. 158 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

MORETTI, V. D. Professores de Matemática em Atividade de Ensino. Uma perspectiva histórico-cultural para a formação docente. 2007. 207f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

MOURA, M. O. de. A atividade de ensino como ação formadora. In: CASTRO, A. D.; CARVALHO, A. M. P. de (Org.). Ensinar a ensinar: Didática para a Escola Fundamental e Média. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001. Cap. 8, p. 143-162.

SÁNCHEZ VÁZQUEZ, A. Filosofia da práxis. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. A formação social da mente. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2014 Zetetiké: Revista de Educação Matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.