Uma análise interpretativa da produção escrita em matemática de alunos da escola básica

Autores

  • João Ricardo Viola dos Santos Universidade Estadual Paulista
  • Regina Luzia Corio de Buriasco Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v16i30.8646889

Palavras-chave:

Educação matemática. Produção escrita em matemática escolar. Avaliação em matemática. Interpreta-resolve-responde.

Resumo

O presente trabalho, oriundo de pesquisa de natureza qualitativa, apresenta uma análise da produção escrita de alunos da 4ª e 8ª séries do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio na questão comum da Prova de Questões Abertas de Matemática da AVA–2002. No intuito de investigar o modo como alunos lidam com uma questão aberta (discursiva), foram analisadas 147 provas, na busca das interpretações que fizeram das informações contidas em cada frase do enunciado, das estratégias elaboradas e dos procedimentos utilizados. Por meio dos registros escritos dos alunos foi possível fazer inferências sobre seus modos de interpretar o enunciado da questão, bem como analisar as estratégias elaboradas e os procedimentos utilizados. Em relação à interpretação dos alunos para o enunciado da questão, concluiu-se que, com o aumento da escolaridade, eles fazem mais e melhores relações entre as informações contidas nas frases.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Ricardo Viola dos Santos, Universidade Estadual Paulista

Doutorando em Educação Matemática – UNESP – Rio Claro/SP.

Regina Luzia Corio de Buriasco, Universidade Estadual de Londrina

Doutora em Educação – Universidade Estadual de Londrina/PR.

Referências

ALVES, R. M. F. Uma análise da produção escrita de alunos do Ensino Médio em questões abertas de Matemática. 2006. 158 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Níveis de desempenhos em Língua Portuguesa e Matemática. Brasília: INEP, 1995.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Níveis de desempenhos em Língua Portuguesa e Matemática. Brasília: INEP, 1997.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Níveis de desempenhos em Língua Portuguesa e Matemática. Brasília: INEP, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Níveis de desempenhos em Língua Portuguesa e Matemática. Brasília: INEP, 2001.

BURIASCO, R. L. C. de. Avaliação em Matemática: um estudo das respostas de alunos e professores. 1999. 238 p. Tese (Programa de PósGraduação em Educação) — Universidade Estadual Paulista – UNESP, Marília, 1999.

BURIASCO, R. L. C. de. Análise da produção escrita: a busca do conhecimento escondido. XII ENDIPE. In: ROMANOVSKI, J. P.; MARTINS, P. L. O.; JUNQUEIRA, S. R. A. (Org.). Conhecimento local e conhecimento universal: a aula, as aulas nas ciências naturais e exatas, aulas nas letras e artes. Curitiba: Champagnat, 2004. pp. 243-251.

DALTO, J. A produção escrita em matemática: análise interpretativa da questão discursiva comum a 8ª série do Ensino Fundamental e a 3ª série do Ensino Médio da AVA/2002. 2007. 100 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2007.

ESTEBAN, M. T. Avaliação: ato tecido pelas imprecisões cotidianas. In: Educação não é privilégio. REUNIÃO ANUAL DA ANPED, 23, 2000, Caxambu. 23ª Reunião Anual da ANPED. CD-ROM, 2000.

KAZEMI, E. & FRANKE M. L. Teacher learning in Mathematics: using student work to promote collective inquiry. Journal of Mathematics Teacher Education, New York, v.7, n.3, pp.203-235, nov. 2004.

MORAES, R. Uma tempestade de luz: a compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, Bauru-SP, v.9, n.2, pp.191-211, 2003.

NAGY-SILVA, M. C. Do observável ao oculto: um estudo da produção escrita de alunos da 4ª série em questões de matemática. 2005. 114 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.

NAGY-SILVA, M. C e BURIASCO, R. L.C. de. Análise da produção escrita em matemática: algumas considerações. Ciência & Educação, Bauru, v.11, n.3, pp. 499-511, 2005.

NEGRÃO DE LIMA, R. C. Avaliação em Matemática: Análise da produção escrita de alunos da 4ª série do Ensino Fundamental em questões discursivas. 2006. 181 p. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2006.

PEREGO, S. C. Questões abertas de Matemática: um estudo de registros escritos. 2005. 103 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.

PEREGO, F. O que a produção escrita pode revelar? Uma análise de questões de matemática. 2006. 128 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2006.

PEREGO, S. e BURIASCO, R. L. C. de. Um estudo de registros escritos em matemática. Perspectivas da Educação Matemática, v.1, n.1, pp.55- 72, jan/jun. 2008.

SEGURA, R. O. Estudo da produção escrita de professores em questões discursivas de Matemática. 2005. 176 p. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2005.

VIOLA DOS SANTOS, J. R. O que alunos da Escola Básica mostram saber por meio de sua produção escrita em matemática. 2007. 114 p. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática) — Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2007.

Downloads

Publicado

2009-10-11

Como Citar

Santos, J. R. V. dos, & Buriasco, R. L. C. de. (2009). Uma análise interpretativa da produção escrita em matemática de alunos da escola básica. Zetetike, 16(2). https://doi.org/10.20396/zet.v16i30.8646889

Edição

Seção

Artigo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)