Banner Portal
Mancha negra
PDF

Palavras-chave

Cálculo
Projetos de ensino
Engenharia

Como Citar

MELLO, Margarida P.; SANTOS, Sandra A. Mancha negra : reflexões sobre um projeto no ensino de Cálculo. Zetetike, Campinas, SP, v. 10, n. 1-2, p. 71–112, 2002. DOI: 10.20396/zet.v10i17-18.8646944. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646944. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Usando como mote o vazamento de petróleo de um navio em uma região costeira, elabora-se um projeto de Cálculo de várias variáveis que explora, principalmente, o tópico “curvas de nível”. Após modelar e estudar um dado problema, pede-se também que o aluno pesquise outros fenômenos que tenham relação com este tópico e crie novas situações-problema. Apresentamos os objetivos e estratégias adotadas no trabalho com projetos, no contexto do Cálculo com Aplicações, uma iniciativa de inovação e aprimoramento do ensino de Cálculo empreendida por um grupo de professores da Unicamp que data de 1990. Os trinta e seis trabalhos produzidos por uma turma de setenta e um alunos são analisados, levando-nos a refletir sobre os resultados e conseqüências da realização do projeto nesta turma de Engenharia.
https://doi.org/10.20396/zet.v10i17-18.8646944
PDF

Referências

ABRANTES, P. Trabalho de projecto e aprendizagem da Matemática. Manuscrito, 17p. Trabalho apresentado no II CISEM - Blumenau, Brasil, julho de 1994.

ABRANTES, P. Matemática, Realidade e trabalho de projeto num ambiente de inovação curricular. In: MATOS, J.F., AMORIM, I., CARREIRA, S., MOTA, G.

SANTOS, M. (orgs.). Matemática e Realidade: Que papel na Educação e no Currículo?. Lisboa: Sociedade Portuguesa e de Ciências na Educação (Secção de Educação Matemática), 1995a. p.77-123.

ABRANTES, P. Avaliação e Educação Matemática: Série Reflexões em Educação Matemática. Volume 1. Rio de Janeiro, R.J.: MEM/USU GEPEM, 1995b. 88p.

ARAÚJO, J.E. Cálculo, Tecnologias e Modelagem Matemática: As Discussões dos Alunos. 2002. Tese (Doutorado) - PGEM, IGCE, UNESP, Rio Claro.

BIEMBENGUT, M.S.; HEIN, N. Modelagem matemática no ensino. São Paulo: Contexto, 2002, 127p.

BORBA, M.C.; PENTEADO, M.G. Informática e Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica, 2001, 98p.

CANTÃO, R.F. Modelagem e Simulação Numérica de Derrames de Óleo no Canal de São Sebastião, SP. 1998. 53p. Dissertação (Mestrado em Matemática Aplicada) - IMECC, Unicamp, Campinas.

CANTÃO, R.F.; DE OLIVEIRA, R.F.; MEYER, J.F.C.A. Numerical simulations of an oil spill accident in Guanabara Bay, Rio de Janeiro, Brazil. ln: MARTINEZ, R.G.; BREBIA, C.A. (eds.). Environmental Coastal Regíons li. Southampton, Boston: WIT Press, 2000.

CANTÃO, R.F.; MEYER, J.F.C.A. Oil Spill Accidents off the Coast of São Paulo State: History, Modelling and Simulations. ln: DUBOIS, D.M. (ed.). lnternational Journal of Computing Anticipatory Systems, vol. 9, Bélgica: ASBL CHAOS, Université de Liege, 2001 . p.204-214.

CARREIRA, S.P. A matematização na natureza e na sociedade: Uma forma de encarar a relação Matemática-Realidade . ln: MATOS, J.F. et ai. (orgs.). Matemática e Realidade: Que papel na Educação e no Currículo? Lisboa: Sociedade Portuguesa de Ciências na Educação (Secção de Educação Matemática), 1995, p.25-70.

COSTA, S.; GROU, M. A. La Ensefíanza dei Cálculo - Una Cuestion de lnvolucramiento. Revista Educación Matemática, 7, p. 100-107, 1995.

DRUMMOND, A.; SANTANA, L.A.R. Desenvolvimento de modelo matemático simples para resolução de casos práticos envolvendo curvas de nível. Trabalho apresentado na 1 Conferência Nacional em Modelagem e Educação Matemática, Rio Claro, SP, 1999. 351p.

EDWARDS, C.H., Jr. The Historical Development of the Calculus, New York: Springer-Verlag, 1979. 351p.

ELLERTON, N.F.; CLARKSON, P.C. Language Factors in Mathematics Teaching and Learning. ln: BISHOP, A.J. et ai (Eds.). lnternational Handbook of Mathematics Education. Netherlands: Kluwer Academic Publishers, 1996. p. 987-1033.

FIGUEIREDO, V. L.; SANTOS, S.A. Relato de Experiência: O Computador no Ensino de Cálculo: O Problema do Lixo na Unicamp e outras Aplicações. Zetetiké, Campinas, vol 5, n. 7, p. 111-128, 1997.

HUANG, J.Y.C. Water pollution, Microsoft Encarta 96 Encyclopedia, EUA, 1993- 1995, Microsoft Corporation, versão 1996. CD-ROM.

MASON, J. Resolução de Problemas Matemáticos no Reino Unido: Problemas Abertos, Fechados e Exploratórios. ln: ABRANTES, P.; LEAL, L.C.; PONTE, J.P. (orgs.). Investigar para Aprender Matemática ( textos seleccionados). Lisboa: Matemática para Todos - investigações na sala de aula e Associação de Professores de Matemática, 1996. p. 73-88.

MEYER, J.F.C.A. Derrames de Petróleo em Águas Costeiras: Modelagem Matemática e Simulação Numérica. Ili Simpósio de Ecossistemas da Costa Brasileira, Serra Negra, SP, p. 238-247, 1993.

MEYER, J.F.C.A.; CANTÃO, R.F.; POFFO, l.R.F. Oil Spill Movement in Coastal Seas: Modelling and Numerical Simulations, ln: BREBBIA, C.A. (ed.). Oi/ Spi// 98. Southampton: Comp. Mech. Publ., 1998. p. 76-87.

MONTEIRO, A.; POMPEU Jr., G. A matemática e os temas transversais. São Paulo: Editora Moderna Ltda, 2001 . 160 p.

MORIN, E. Ciência com Consciência. Nova Edição, Revista e Aumentada. Biblioteca Universitária 32. Trad.: M.G. de Bragança e M.G. Pinhão. Título original: Science avec conscience. Portugal: Publicações Europa-América Ltda, 1994. 263 p.

PENTEADO, M.G.; BORBA, M.C.; GRACIAS, T.S. Informática como veículo para mudança. Zetetiké, Campinas, vol 6, n. 1O, p. 77-86, 1998.

SANTOS, V.M.P. (coord. e org.) Avaliação de aprendizagem e raciocínio em matemática: métodos alternativos. IM-UFRJ, Projeto Fundão - Setor Matemática - SR1, SR2, SR5/UFRJ - SPEC/PADCT/CAPES, CNPq e FNDE. Rio de Janeiro, 1997. 220 p.

SILVER, E.A. Acerca da Formulação de Problemas de Matemática. ln: ABRANTES, P., LEAL, L.C., PONTE, J.P. (orgs.), Investigar para Aprender Matemática (textos seleccionados). Lisboa: Matemática para Todos - investigações na sala de aula e Associação de Professores de Matemática, 1996. p. 139-162.

SOUZA JUNIOR., A.J. Trabalho Coletivo na Universidade: trajetória de um grupo no processo de ensinar e aprender Cálculo Diferencial e Integral. 2000. 323 p. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - FE, Unicamp, Campinas.

VILLARREAL, M.E. O Pensamento Matemático de Estudantes Universitários de Cálculo e Tecnologias Informáticas. 1999. Tese (Doutorado) - PGEM, IGCE, UNESP, Rio Claro. Ver Resenha em Bolema, Rio Claro, vol 15, n. 17, p. 127-134, 2002.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2014 Zetetiké: Revista de Educação Matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.