Educação e educação matemática em escolas rurais do Oeste Paulista: um olhar histórico

  • Antonio Vicente Marafioti Garnica Universidade Estadual Paulista
  • Maria Ednéia Martins Universidade Estadual Paulista de Rio Claro
Palavras-chave: Educação matemática. Formação de professores. Escolas rurais. História oral.

Resumo

Neste artigo investigamos a formação dos professores e alunos de núcleos de ensino rurais na Região Oeste do Estado de São Paulo, visando a constituir, especificamente, uma das faces da Educação Matemática no sistema educacional brasileiro. Para tanto, usando a História Oral como metodologia, buscou-se constituir parte do cenário da escola rural a partir do relato de alunos, professores e um inspetor de ensino que efetivamente vivenciaram esta realidade, nessa região, nas décadas de 1950 e 1960.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Vicente Marafioti Garnica, Universidade Estadual Paulista
Professor da Faculdade de Ciências da UNESP de Bauru e do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da UNESP de Rio Claro.
Maria Ednéia Martins, Universidade Estadual Paulista de Rio Claro
Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da UNESP de Rio Claro.

Referências

BARALDI, I. M. Retratos da Educação Matemática na região de Bauru (S.P): uma história em construção. 2003. 240 páginas. Tese de doutorado (Educação Matemática). Unesp, Rio Claro.

BERTAUX, D. Destinos Pessoais e estrutura de classe: para uma crítica da antroponomia política. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1979, 348 páginas.

DECRETO-LEI N.º 5.452, DE 1º DE MAIO DE 1943. Consolidação das Leis do Trabalho. . Acesso em 20 de nov. 2003.

DEMARTINI, Z. B. F. Nova Leitura de velhas questões educacionais. In: DINIZ, E., LOPES, J.S.L. e PRANDI, R. (Org.). O Brasil no rastro da crise: Partidos, sindicatos, movimentos sociais, Estado e cidadania no curso dos anos 90. São Paulo: Hucitec, 1994, p.271-288.

DEMARTINI, Z. B. F. Cidadãos Analphabetos: Propostas e realidade do ensino rural em São Paulo na 1ª República. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.71, p.05-19, novembro. 1989.

DEMARTINI, Z. B. F. Observações sociológicas sobre um tema controverso: população rural e educação em São Paulo. 517 páginas. 1979. Tese de doutorado (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas). USP, São Paulo.

FOUCAULT, M. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. 23ª edição. Tradução: Raquel Ramalhete. Petrópolis: Vozes, 2000, 260 páginas.

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática: do inventário à regulação. Zetetiké, Campinas, v.11, n.19, p. 9-55, jan./jul. 2003.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Dados Históricos dos censos: População residente, por situação de domicílios e por sexo – 1940 1996. http://www.ibge.net/home/estatística/populacao/censoistorico/1940_ 1196.shtm. Acesso em: 29 de julho 2002.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. VI Recenseamento Geral do Brasil – 1950. Estado de São Paulo. Censo Demográfico. Serviço Gráfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Rio de Janeiro: 1954, p.172-187.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. VII Recenseamento Geral do Brasil – 1960. Estado de São Paulo. Sinopse Preliminar do Censo Demográfico. Serviço Gráfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Rio de Janeiro: 1960, p.29-56.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. VIII Recenseamento Geral do Brasil – 1970. Estado de São Paulo. Sinopse Preliminar do Censo Demográfico. Serviço Gráfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Rio de Janeiro: 1970, p.192-209.

MARTINS, M. E. Resgate histórico da formação e atuação de professores de escolas rurais: um estudo no oeste paulista. 2003. 260 páginas. Iniciação Científica (Licenciatura em Matemática). UNESP, Bauru.

LEITE, S. C. Escola rural: urbanização e políticas públicas educacionais, 2ª edição. São Paulo: Cortez, 2002, 120 páginas.

PRADO JÚNIOR, C. A questão agrária no Brasil, 5ª edição. São Paulo: Brasiliense, 2000, 190 páginas.

SOUZA, A. C. C.; SOUZA, G. L. D. Cotidiano e Memória. Revista do Departamento de Teoria e Prática da Educação, Maringá, v.4, n.8, p. 63-72, março. 2001.

SPERB, D. C. Administração e Supervisão na Escola Primaria, 2ª edição. Porto Alegre: Globo, 1967, 183 páginas.

Publicado
2009-02-05
Como Citar
Garnica, A. V. M., & Martins, M. E. (2009). Educação e educação matemática em escolas rurais do Oeste Paulista: um olhar histórico. Zetetike, 14(1), 29-64. https://doi.org/10.20396/zet.v14i25.8646996
Seção
Artigo