Banner Portal
Estado do conhecimento da pesquisa brasileira sobre disciplinas de conteúdo matemático na Licenciatura
PDF

Palavras-chave

Formação inicial de professores
Formação matemática
Disciplinas de conteúdo matemático
Estado do conhecimento

Como Citar

ALMEIDA, Amanda Larissa de; CRISTOVÃO, Eliane Matesco. Estado do conhecimento da pesquisa brasileira sobre disciplinas de conteúdo matemático na Licenciatura. Zetetike, Campinas, SP, v. 25, n. 3, p. 515–533, 2017. DOI: 10.20396/zet.v25i3.8649991. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8649991. Acesso em: 24 jul. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta parte de uma pesquisa do estado do conhecimento que mapeou as pesquisas brasileiras sobre disciplinas de conteúdo matemático na Licenciatura e visa analisar como estas contribuem para compreender o campo da formação inicial.  Inicialmente, é apresentado um panorama geral do estudo, tendo por base a análise de um corpus de 15 estudos obtido a partir do projeto “Mapeamento e Estado da Arte da pesquisa brasileira sobre o professor que ensina matemática”. Em seguida, são analisadas nove teses e dissertações relativas à categoria dos trabalhos que investigaram propostas ou práticas inovadoras. A discussão dos resultados aponta contribuições em relação às abordagens metodológicas adotadas, destacando o uso das tecnologias e a participação dos discentes em práticas colaborativas, investigativas e reflexivas. Entretanto, o estabelecimento de relações entre os conteúdos ensinados e aqueles que o licenciando futuramente irá ensinar revela-se ainda pouco presente nas licenciaturas.

https://doi.org/10.20396/zet.v25i3.8649991
PDF

Referências

Brasil (2002). Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES 1.302/2001. Brasília. Retirado em 02 de março, 2016, de: http://planalto.gov.br/cne/arquivos/pdf/ces1302.pdf.

Ferreira, N. S. (2002). As pesquisas denominadas “estado da arte“. Educação & Sociedade, 79, 257-272.

Fiorentini, D. (2005). A formação Matemática e didático-pedagógica nas Disciplinas da Licenciatura em Matemática, Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, 8, 107-115.

Fiorentini, D., Passos, C. L. B., & Lima, R. C. R. (Org.)(2016). Mapeamento da pesquisa acadêmica brasileira sobre o professor que ensina Matemática: Período 2001 a 2012. Campinas, FE-Unicamp, Retirado em 25 de julho, 2017, de: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/pagina_basica/58/e-book-mapeamento-pesquisa-pem.pdf.

Grilo, J. S., Barbosa, J. C., & Luna, A. V. (2015). Repercussões de disciplinas específicas na ação do professor de matemática da educação básica: Uma revisão sistemática, Educação Matemática e Pesquisa, 17(1), 04-24.

Manrique, A. L. (2009). Licenciatura em Matemática: formação para a docência x formação específica. Educação Matemática Pesquisa, 11(3), 515-534.

Moreira, P. C., & David, M. M. (2005). A formação matemática do professor. São Paulo: Autêntica, 1ª ed.

Nunes, C. M. F. (2001). Saberes docentes e formação de professores: Um breve panorama da pesquisa brasileira. Educação e Sociedade, 74, 27–42.

Passos, C. L., Nacarato, A. M., Fiorentini, D., Miskulin, R. G. S., Grando, R. C., Gama, R. P., & Melo, M. V. (2006). Desenvolvimento profissional do professor que ensina Matemática: Uma meta-análise de estudos brasileiros. Quadrante, 25(1-2), 193-219.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2017 Zetetike

Downloads

Não há dados estatísticos.