Banner Portal
Indícios de significação a partir de diferentes sistemas semióticos no pensamento algébrico
PORTUGUÊS
INGLÊS

Palavras-chave

Pensamento algébrico
Linguagem algébrica
Ensino fundamental
Perspectiva histórico-cultural

Como Citar

PEREIRA, J. T. G.; NACARATO, A. M. Indícios de significação a partir de diferentes sistemas semióticos no pensamento algébrico. Zetetike, Campinas, SP, v. 30, n. 00, p. e022021, 2022. DOI: 10.20396/zet.v30i00.8665274. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8665274. Acesso em: 3 mar. 2024.

Resumo

O presente artigo é recorte de uma investigação realizada em uma sala de aula do 7.° ano do ensino fundamental em uma escola pública estadual do interior de São Paulo. Trata-se de uma investigação da própria prática, de abordagem qualitativa, que se apoia na perspectiva histórico-cultural e nos estudos de Luis Radford para a discussão da elaboração do pensamento algébrico.  O objetivo deste texto é analisar os indícios do processo de produção de significados com a utilização de diferentes sistemas semióticos para a representação do pensamento algébrico. Foram videogravadas aulas pautadas na resolução de problemas, tendo como foco a construção de generalizações algébricas, a partir da observação de sequências simbólico-numéricas. A análise de um episódio interativo ocorrido durante o processo de síntese das produções dos alunos envolvendo um dos problemas propostos revelou indícios de significação para a utilização da linguagem algébrica formal.

 

https://doi.org/10.20396/zet.v30i00.8665274
PORTUGUÊS
INGLÊS

Referências

Brizuela, B. M., & Earnest, D. (2008). Multiple notational systems and algebraic understandings: the case of best deal problem. In J. J. Kaput, D. W. Carraher & M. L. Blanton, Algebra in the early grades (1a ed., pp. 276-301). Lawrence Erlbaum Associates.

Fontana, R., & Cruz, N. (1997). Psicologia e trabalho pedagógico. Atual Editora.

Góes, M. C. R. (2000). A abordagem microgenética na matriz histórico-cultural: uma perspectiva para o estudo da constituição da subjetividade. Caderno Cedes, (20)50, 9-25.

Kant, I. (1929). Critique of Pure Reason (Traduzido por Norman Kemp Smith das edições de 1781 e 1787). Nova Iorque: Editora St. Marin. 2ª impressão, 1965.

Pereira, J. T. G. (2019) O desenvolvimento do pensamento algébrico: significações produzidas por alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental (Dissertação de Mestrado). Universidade São Francisco, Itatiba, Brasil

Radford, L. (2006a). Algebraic thinking and the generalization of patterns: a semiotic perspective. 28th Conference of the International Group for the Psychology of Mathematics Education, Bergen. (v. 1, pp. 2-21). Mérida: Universidad Pedagógica Nacional.

Radford, L. (2006b). Elementos de una teoría cultural de la objetivación. Relime, n. especial, 103-129.

Radford, L. (2007) Iconicity and contraction: a semiotic investigation of forms of algebraic generalizations of patterns in different contexts. ZDM, 40(1), 01-14.

Radford, L. (2000). Signs and meanings in students’ emergent algebraic thinking: A semiotic analysis. Educational Studies in Mathematics, 42, 237-268.

Ribeiro, A. J., & Cury, H. N. (2015). A álgebra, seu ensino e sua

aprendizagem. In A. J. Ribeiro & H. N. Cury, Álgebra para a formação do professor: explorando os conceitos de equação e de função (pp. 11-27). Autêntica Editora.

São Paulo (Estado) (2014). Secretaria da Educação. Caderno do aluno: 6ª série/7° ano - Matemática. São Paulo.

Smith, M. S., & Stein, M. K. (2012). 5 practices for orchestrating productive mathematics discussions. The National Council of Teachers of Mathematics.

Smolka, A. L. B. (2004). Sobre significação e sentido: uma contribuição à proposta de rede de significações. In M. C. R. Ferreira, K. S. Amorim, A. P. S. Silva & A. M. A. Carvalho (Orgs.), A rede de significações e o estudo do desenvolvimento humano (pp. 42-59). Penso.

Van de Walle, J. (2009). Matemática do ensino fundamental: formação de professores e aplicação em sala de aula (6.ª ed., Paulo Henrique Colonese, Trad.). Artmed.

Vigotski, L. S. (2001). A construção do pensamento e da linguagem (Paulo Bezerra, Trad.). Martins Fontes.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Zetetiké

Downloads

Não há dados estatísticos.