As tecnologias da informação e comunicação na educação: reprodução ou transformação?

  • Daniela Karine Ramos Universidade do Estado de Santa Catarina
Palavras-chave: Tecnologia da informação e da comunicação. Educação a distância. Planejamento didático-pedagógico.

Resumo

A incorporação das tecnologias da informação e comunicação nos processos de ensinar e aprender requer um constante movimento de reflexões, questionamentos e discussões, pois seu potencial emancipador e de transformação implica repensar aspectos didáticos, dimensionar seus potenciais e suas fragilidades. Nesse sentido, este artigo apresenta a concepção das tecnologias aplicadas à educação, propõe reflexões sobre o papel das TIC na educação, problematiza as dimensões de espaço e tempo pedagógico, para então discutir o papel e a importância do planejamento na modalidade presencial e a distância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Karine Ramos, Universidade do Estado de Santa Catarina

Psicóloga, pedagoga, mestre em Educação e doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora do Departamento de Metodologia de Ensino da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

ANUÁRIO BRASILEIRO ESTATÍSTICO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DIST NCIA – ABRAEAD. 4. ed. São Paulo, SP: Instituto Monitor, 2008.

ANTOLÍ, V. B. A didática como espaço e área do conhecimento: fundamentação teórica e pesquisa didática. In: FAZENDA, I. (Org) Didática e interdisciplinaridade. 3. ed. Campinas: Papirus, 1998.

ASSMANN, H. Reencantar a educação: rumo a sociedade aprendente, com um glossário de conceitos. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

BARRETO, R. G. Tecnologias nas salas de aula. In: FILÉ, V.; LEITE, M. (Org.). Subjetividade, tecnologias e escolas. Rio de Janeiro, RJ: DP&A, 2002.

BASSO, C. F. R.; RAMOS, D. K.; CHAVES, L. C. P. Fundamentos e metodologia da educação a distância. Blumenau: Edifurb; Gaspar; ASSEVALI Educacional, 2008.

BELLONI, M. L. Da tecnologia à comunicação educacional. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO – ANPED, 22., 1999, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPED, 1999.

BELLONI, M. L. A integração das tecnologias de informação e comunicação aos processos educacionais. In: BARRETO, R. G. Tecnologias educacionais e educação a distancia: avaliando políticas e práticas. Rio de Janeiro, RJ: Quartet, 2001.

BLIKSTEIN, P.; ZUFFO, M. K. As sereias do ensino eletrônico. In: SILVA, M. (Org.). Educação online. São Paulo: Loyola, 2003. p. 23-38

BRASIL. Decreto n. 5.622, de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Ministério da Educação: Brasília, 2005.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de diretrizes e bases da educação nacional no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. Portaria 2.253, de 18 de outubro de 2001. Portaria do MEC autoriza a inclusão de disciplinas não presenciais em cursos superiores reconhecidos. Diário Oficial da União, Brasília, 19 out. 2001, Seção1, p. 18.

BRNA, P. Modelos de colaboração. Rev. Bras. de Informática na Educação, Florianópolis, n. 3, p. 9-15, set. 1998.

CAMPOS, G. L. B.; COUTINHO, L.; ROQUE, G. O. B. Design didático: o desafio de um metacurso. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO A DIST NCIA, 12., 2005. Florianópolis. Anais... Florianópolis: ABED, 2005, p.1-9. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2005/por/pdf/224tcc5.pdf. Acesso em: jul. 2005.

FILATRO, A. Design instrucional contextualizado: educação e tecnologia. São Paulo, SP: SENAC, 2004.

GAGNE, R. M. Principles of instructional design. 5.th ed. Belmont, CA: Thomson; Wadsworth, 2005.

GUIMARÃES, L. S. R. Novas tecnologias e mudanças no contexto de uma instituição educacional. In: OLIVEIRA, V. B.; VIGNERON, J. Sala de aula e tecnologias. São Bernardo do Campo: UMESP, 2005.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus, 2003.

LIB NEO, J. C.; OLIVEIRA, J. F.; TOSCHI, M. S. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. São Paulo, SP: Cortez, 2003.

MOORE, M. G; KEARSLEY, G. Educação a distância: uma visão integrada. Trad. Robert Galman. São Paulo, SP: Thomson Learning, 2007.

MORAN, J. M. Educação inovadora presencial e a distância. São Paulo, SP: CA; USP, 2003. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/moran/inov_1.htm. Acesso em: mar. 2006.

MORAN, J. Novas tecnologias e o reencantamento do mundo. Tecnologia Educacional, Rio de Janeiro, v. 23, n. 126, p. 24-26, set.-out., 1995.

PETERS, O. Didática do ensino a distância: experiências e estágio da discussão numa visão internacional. São Leopoldo: Unisinos, 2003.

RAMOS, D. K. Cursos on-line: planejamento e organização. Florianópolis: UFSC, 2010.

SANCHO, J. M. Tecnologias da informação e comunicação a recursos educativos. In: SANCHO, J. M. et al. Tecnologias para transformar a educação. Porto Alegre: ARTMED, 2006. p. 15-41.

VASCONCELLOS, C. S. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e projeto político- pedagógico. 8. ed. São Paulo, SP: Libertad, 2000.

VEIGA, I. P. Didática: uma retrospectiva histórica. In: VEIGA, I. P. A. (Coord.). Repensando a didática. 5. ed. Campinas: Papirus, 1991.

Publicado
2011-02-10
Como Citar
Ramos, D. K. (2011). As tecnologias da informação e comunicação na educação: reprodução ou transformação?. ETD - Educação Temática Digital, 13(1), 44-62. https://doi.org/10.20396/etd.v13i1.1165