Procedimentos no jogo virtual Colheita Feliz: entre a virtude e a regra

  • Luciane Guimarães Batistella Bianchini Universidade Estadual de Londrina
  • Francismara Neves de Oliveira Universidade Estadual de Londrina
  • Mario Sérgio Vasconcelos Universidade Julio Mesquita Filho
Palavras-chave: Jean Piaget, 1896-1980. Cultura moral. Jogos. Ambiente virtual. Interação social.

Resumo

O estudo realizado, apoiado em pesquisas sobre cultura moral na perspectiva teórica piagetiana, teve como objetivo investigar a relação entre virtude e regra nos procedimentos de participantes do jogo virtual Colheita Feliz do aplicativo do Orkut. A pesquisa qualitativa, na modalidade de um estudo descritivo, analisou as condutas lúdicas de 60 jogadores, os quais foram observados durante dois meses. O ranking revelador do desempenho dos jogadores foi analisado em correspondência às observações dos procedimentos empregados. Os resultados apontam o predomínio do procedimento de roubo em relação ao de cultivo de produtos e permitem considerar que a ação de roubar, dominante nas suascondutas, não foi regida pela virtude – honestidade ou ausência dela (domínio moral) –, mas pela convenção das regras do jogo (domínio social), que favorecem tal procedimento, combinadas com o domínio pessoal (escolhas) e mútuo consentimento entre os sujeitos participantes do jogo. Os dados não indicam relação entre as ações dos jogadores no campo virtual e no plano real no que concerne ao roubo e reforçam a ideia de que a regra é convencionada nos domínios de um grupo e é dependente das interações sociais nele estabelecidas, nas quais deve prevalecer o respeito mútuo entre pares. Os dados revelam ainda que a moral não é o elemento regulador das ações no jogo. Infere-se a importância do estudo de procedimentos de jogadores em jogos virtuais como reveladores de aspectos cognitivos, afetivo-sociais e morais aplicados em situações de interação lúdica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciane Guimarães Batistella Bianchini, Universidade Estadual de Londrina
Doutoranda em Psicologia – UNESP/Assis. Docente do Departamento de Educação – UEL.
Francismara Neves de Oliveira, Universidade Estadual de Londrina

Docente do Departamento de Educação – UEL

Mario Sérgio Vasconcelos, Universidade Julio Mesquita Filho
Professor Livre-docente em Psicologia do Desenvolvimento – UNESP. Diretor da Faculdade de Ciências e Letras de Assis/UNESP (2007/2011).

Referências

ABREU, Andre de. Videogames: um bem ou um mal? Um breve panorama da influência dos jogos eletrônicos na cultura individual e coletiva. São Paulo, 2003. Disponível em: http://andredeabreu.com.br/docs/videogames_bem_ou_mal.pdf. Acesso em: 24 mar. 2010.

BARROS, Aidil Jesus da Silveira; LEHFELD, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de metodologia científica: um guia para a iniciação científica. 2. ed. São Paulo, SP: Pearson Makron Books, 2000.

BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2004.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade líquida. Rio de Janeiro, RJ: Jorge Zahar, 2001.

BEHAR, Patrícia Alejandra. Em busca das interações interindividuais no ROODA. Educação, Porto Alegre, ano 27, n. 1 (52), p. 169-199, 2004.

COSTA, Antônio Carlos da Rocha. A inteligência social baseada em valores de troca e os ambientes cooperativos. In: OFICINA DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL, 7., 2004, Pelotas. Anais... Pelotas: ENSIN/UCPel, 2004.

COSTA, Antônio Carlos da Rocha. A Teoria Piagetiana das Trocas Sociais e sua Aplicação aos Ambientes de Ensino- aprendizagem. Informática na Educação: Teoria & Prática, v. 6, n. 2, 2005.

COSTA, Antônio Carlos da Rocha; DIMURO, G. P. Identificando grupos INRC no modelo piagetiano das trocas sociais. [s.l.]: [s.n.], 2005a. Disponível em: http://gmc.ucpel.tche.br/valores/valoresformalizacao>. Acesso em: 10 set. 2011.

COSTA, Antônio Carlos da Rocha; DIMURO, G. P. Uma estrutura formal normativa para sistemas computacionais. 2005b. Disponível em: http://gmc.ucpel.tche.br/valores/oia-valoresrevisado.

GARCIA, Graçaliz Pereira; COSTA, Antônio Carlos da Rocha; FRANCO, Sergio Roberto. Comunidades Virtuais de Aprendizagem baseadas na Teoria de Interação Social de Piaget e suportadas por redes peer-to-peer. Novas Tecnologias na Educação, v. 2, n. 1, 2004.

HEERD, Bettina; BRANDT, Célia Finck. Interações e mediações possibilitadas pelas webquests. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO – EDUCERE, 9. 2009, Curitiba. Anais... Curitiba: Champagnat, 2009. p. 9677-9691.

LA TAILLE, Yves de. Para um estudo psicológico das virtudes morais. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 109-21, jul./dez. 2000.

LA TAILLE, Yves de. Desenvolvimento moral: a polidez segundo as crianças. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 114, nov. 2001. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: 10 set. 2011.

LA TAILLE, Yves de. Moral e ética: dimensões intelectuais e afetivas. Psicologia, Reflexão e Crítica, v. 19, n. 1, p. 9-17, 2006.

LA TAILLE, Yves de; NOGUCHI, N. F. C. Universo moral de jovens internos da Febem. Cadernos de Pesquisa, v. 38, n. 133, p. 11-40, abr. 2008.

LEE, Kwan Min; NASS, Clifford. Designing Social Presence of Social Actors in Human Computer Interaction. CHI 2003: New Horizons, v. 5, n. 1, 289-296, 2003.

MACEDO, Lino de. Dificuldades de aprendizagem e gestão escolar. São Paulo, SP: IP da USP e Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, 2008.

MACEDO, Lino de. Ensaios construtivistas. São Paulo, SP: Casa do Psicólogo, 1994.

MACEDO, Lino de. (Org.). Jogos, psicologia e educação: teoria e pesquisas. São Paulo, SP: Casa do Psicólogo, 2009. (Coleção Psicologia e Educação).

MOORE, Robert; DUCHENEAUT, Nicolas. The social side of gaming: a study of interaction patterns in a massively multiplayer online game. In: CONFERENCE ON COMPUTER SUPPORTED COOPERATIVE WORK, 2004, Chicago, Illinois. Proceedings...New York: ACM Publications, 2004.

NICOLACI-DA-COSTA, Ana Maria. Sociabilidade virtual: separando o joio do trigo. Psicologia & Sociedade, Belo Horizonte, v. 17, n. 2, p. 50-57, maio/ago. 2005.

NOGUCHI, Natália Felix de Carvalho; LA TAILLE, Yves. Universo moral de jovens internos da Febem. Cad. Pesqui., São Paulo, v. 38, n. 133, Apr. 2008 . Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010015742008000100002&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 7 Jun. 2012.

OLIVEIRA, Francismara Neves de. Um estudo das interdependências cognitivas e sociais em escolares de diferentes idades, por meio do jogo de regras Xadrez Simplificado. 2005. Tese (Doutorado em Eucação) Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

PIAGET, Jean. A linguagem e o pensamento na criança. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Fundo de Cultura, 1973a.

PIAGET, Jean. Estudos sociológicos. Rio de Janeiro, RJ: Forense, 1973b.

PIAGET, Jean. La psychologie de l’intelligence. Paris: A. Gollin, 1947.

PIAGET, Jean. La representation du monde chez l’enfant. Paris: F. Alcan, 1926.

PIAGET, Jean. O juízo moral na criança. São Paulo, SP: Summus, 1994.

RAMOS, Daniele Karine. Ciberética: vias do desejo nos jogos eletrônicos. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

RODRIGUES, Maíra Ribeiro. et al. A System of exchange values to support social interactions in artificial societies. In: AUTONOMOUS AGENTS AND MULTI-AGENT SYSTEM, 2003, Melbourne, Australia. Anais... [s.n.]: Melbourne, 2003.

SALEME, Samira B.; QUEIROZ, Sávio S. de. Descrição e classificação de interações sociais virtuais no jogo The Sims. Ciência & Cognição, Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, p. 210-224, jul. 2009.

SIMS, Rod. Interactivity: A Forgotten Art? Computers in Human Behavior, v. 13, n. 2, p. 157- 180, 1997.

Publicado
2012-05-21
Como Citar
Bianchini, L. G. B., Oliveira, F. N. de, & Vasconcelos, M. S. (2012). Procedimentos no jogo virtual Colheita Feliz: entre a virtude e a regra. ETD - Educação Temática Digital, 14(1), 1-21. https://doi.org/10.20396/etd.v14i1.1238