Banner Portal
O pensamento marginal da além-formação como traçado da diferença
PDF

Palavras-chave

Gilles Deleuze
1925-1995. Friedrich Nietzsche
1844-1900. Formação clássica. Diferença (Filosofia).

Como Citar

BRITO, Maria dos Remédios de. O pensamento marginal da além-formação como traçado da diferença. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 14, n. 1, p. 216–234, 2010. DOI: 10.20396/etd.v14i1.1248. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1248. Acesso em: 21 jul. 2024.

Resumo

O presente artigo objetiva pensar a ideia de formação a partir da perspectiva da filosofia da diferença: O texto mobiliza uma crítica à ideia de formação compreendida ao logo da tradição clássica e toma por meio das inferências de Nietzsche e Deleuze uma ideia de além-formação, esta é compreendida para além dos pressupostos identitários e festeje a transversalidade, a singularidade, o fluxo e a intensidade. Essa perspectiva exercita uma espécie de movimento turbilhonar que não aceita a representação do mero instalado, mas marca o corpo na imanência do acontecimento diferencial que se caracteriza pela aventura da sua existência. Como um corpo que sente e que luta e labuta no eterno jogo de criação. Assim, o grande acontecimento se configura pelo movimento e o aprendizado se faz na sua própria instalação de si, exercendo a multiplicidade, a inocência da criação. Sem determinações ou enclausuramentos. Essa formação pensa a transformação em toda sua potência de vida.

https://doi.org/10.20396/etd.v14i1.1248
PDF

Referências

ARISTÓTELES. Metafísica. Rio Grande do Sul. Editora Globo, 1964.

DELEUZE, Gilles. Crítica e clínica. Trad. Peter Pál Pelbart. São Paulo, SP: Ed. 34, 1997.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. Trad. Luiz B. L. Orlandi; Roberto Machado. Rio de Janeiro, RJ: Graal, 2006.

DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. Trad. Luiz Roberto Salinas Fontes. São Paulo, SP: Perspectiva, 2007a.

DELEUZE, Gilles. Platão e o simulacro. In: DELEUZE, Gilles. Lógica do sentido. Trad. Luiz Roberto Salinas Fontes. São Paulo, SP: Perspectiva, 2007b

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Trad. Aurélio Guerra Neto; Celia Pinto Costa. Rio de Janeiro, RJ: 34, 1995. (v. 1).

FERRAZ, Maria Cristina. A potência do simulacro: Deleuze, Nietzsche e Kafka. In: LINS, Daniel. (Org.). Nietzsche e Deleuze: pensamento nômade. Rio de Janeiro, RJ: Relume Dumará, 2001.

JAEGER. Werner. Paidéia: a formação do homem grego. Trad. Artur M. Parreira. São Paulo, SP: Martins fontes, 1995.

NIETZSCHE, Friedrich. A gaia ciência. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de Souza. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2001.

NIETZSCHE, Friedrich. A vontade de poder. Tradução do original alemão e notas de Marcos Sinésio Pereira Fernandes; Francisco José Dias de Moares. Rio de Janeiro, RJ: Contratempo, 2008.

NIETZSCHE, Friedrich. Além do bem e do mal: prelúdio a uma filosofia do futuro. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de Souza. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 1992.

NIETZSCHE, Friedrich. Así hablo Zaratustra: Um libro para todos y para nadie. Introducción, traducción y notas de Andréas Sánches Pascula. Madrid: Alianza Editorial, 2001

NIETZSCHE, Friedrich. Assim Falou Zaratustra: um livro para todos e para ninguém. Tradução, notas de Paulo César de Souza. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2011.

NIETZSCHE, Friedrich. Crepúsculo do ídolos. Tradução de Antonio Casa Nova. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2000.

NIETZSCHE, Friedrich. Ecce Homo: Como alguém se torna o que é. Tradução, notas e posfácio de Paulo César de Souza. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 1995.

PLATÃO. República. Trad. Maria Helena da Rocha Pereira. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1949 [data provável].

PLATÃO. República. Fedro. Trad. Carlos Alberto Nunes. Belém, EDUFPA, 2007.

ROCHA, Silvia Pimenta Velloso. Tornar-se quem se é: educação como formação, educação como transformação. In: FEITOSA, Charles; BARRENECHEA, Miguel Angel de; PINHEIRO, Paulo. (Org.). Nietzsche e os gregos: arte, memória e educação: assim Falou Nietzsche. Rio de Janeiro, RJ: DP&A; Faperj; Unirio; Brasília: Capes, 2006.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.