Repensando a relação entre dependência, desenvolvimento e educação

Autores

  • Adriana Almeida Sales de Melo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v1i1.541

Palavras-chave:

Dependência. Desenvolvimento. Educação.

Resumo

Esta comunicação de Pesquisa foi elaborada para apresentação na disciplina Política Educacional Brasileira, coordenada pela Profa Dra Maria Elizabete S. P. Xavier, da Faculdade de Educação da UNICAMP, em 1999. Tendo como mote a discussão entre dependência, desenvolvimento e políticas educacionais no Brasil nas últimas décadas, o texto de Lídia Goldenstein (1994), nos foi sugerido como básico e de fundamental importância para a retomada de uma análise histórica sobre estes temas. Neste texto são propostos elementos para a analise das indicações teórico-metodológicas que a autora faz das origens da "teoria da dependência" no nosso país. Procuramos também realizar e comentar as leituras básicas indicadas no texto de Goldenstein com a intenção de discutir a atualidade do tema em nossas novas condições materiais de existência histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Almeida Sales de Melo, Universidade Estadual de Campinas

Professora Associada da Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Departamento de Planejamento e Administração, professora-pesquisadora do PPGE/FE/UnB. Coordena o Grupo Estudos sobre a Mundialização da Educação (CNPQ/UNB). Coordenadora de Extensão da FE/UnB. Diretora da ANPAE-DF. Doutorado em Educação/Política Educacional; Mestrado em Educação/Política Educacional; Licenciatura e Bacharelado em Filosofia. Tem publicações na área de política, gestão educacional e política de educação comparada, bem como sobre a influência dos organismos internacionais nas políticas educacionais brasileiras.

Referências

BIELSCHOWSKY, Ricardo. 50 años del pensamiento de la CEPAL : una reseña. In: LOUREIRO, Maria Rita (Org.). 50 anos de ciência econômica no Brasil (1946-1996): pensamentos, instituições, depoimentos. Petrópolis: Vozes, 1997.

CARDOSO, F. H. & FALETTO, Enzo. Dependência e desenvolvimento na América Latina: ensaio de interpretação sociológica. 6.ed. Rio de Janeiro : Zahar, 1981.

CHOSSUDOVSKY, Michel. A globalização da pobreza: impactos das reformas do FMI e do Banco Mundial. Trad. Marylene Pinto Michael. São Paulo: Moderna, 1999.

GOLDENSTEIN, Lídia. Repensando a dependência. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994.

MELLO, João Manuel Cardoso de. O capitalismo tardio: contribuição à revisão crítica da formação e do desenvolvimento da economia brasileira. 4.ed. São Paulo : Brasiliense, 1986.

MELO, Adriana A. Sales de. Educação e hegemonia no Brasil de hoje. Maceió: EDUFAL, 1998.

EREIRA, Luiz Carlos Bresser. Interpretações sobre o Brasil. In: LOUREIRO, Maria Rita (Org.). 50 anos de ciência econômica no Brasil (1946-1996): pensamentos, instituições, depoimentos. Petrópolis: Vozes, 1997.

RODRIGUÉZ, Octavio. Teoria do subdesenvolvimento da CEPAL. Rio de Janeiro: Forense, 1981.

TAVARES, Maria da Conceição. Da substituição de importações ao capitalismo financeiro: ensaio sobre a economia brasileira. Rio de Janeiro: Zahar, 1972.

Downloads

Publicado

2010-07-07

Como Citar

MELO, A. A. S. de. Repensando a relação entre dependência, desenvolvimento e educação. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 71–78, 2010. DOI: 10.20396/etd.v1i1.541. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/541. Acesso em: 20 jun. 2021.