Habermas e a teoria do conhecimento

Autores

  • Arilene Maria Soares de Medeiros Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Maria Auxiliadora de Resende Braga Marques Universidade Federal de Lavras

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v5i1.627

Palavras-chave:

Teoria do conhecimento. Racionalidade. Modernidade e pós-modernidade.

Resumo

Este estudo tem o propósito de discutir algumas questões levantadas por Habermas em: Conhecimento e Interesse, O Discurso Filosófico da Modernidade e Teoria de la Acción Comunicativa: complementos y estudios previos. A escolha por essas três obras, de cunho mais epistemológico, baseia-se na representatividade delas para a compreensão e aprofundamento de questões que tratam da teoria do conhecimento, da superação paradigmática da filosofia da consciência pela filosofia da linguagem e da concretização de seu projeto de modernidade via a possibilidade da ampliação do conceito de racionalidade. É inegável a grande contribuição de Habermas na teoria do conhecimento, na compreensão das sociedades capitalistas avançadas e na radicalização de uma razão que se faz fundamentalmente emancipatória. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arilene Maria Soares de Medeiros, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Mestra e Doutora em Educação Professora da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Maria Auxiliadora de Resende Braga Marques, Universidade Federal de Lavras

Mestra e Doutora em Educação Professora da Universidade Federal de Lavras-MG

Referências

ARAGÃO, Lúcia Maria de Carvalho. Razão comunicativa e teoria social crítica em Jürgen Habermas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1992.

FREITAG, Bárbara. A teoria crítica: ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 1986.

GOERGEN, Pedro L. A crítica da modernidade e educação. Pro-Posições, Campinas, v.7, n.2 [20], jul., 1996.

GUESS, Raymond. Teoria crítica: Habermas e a Escola de Frankfurt. Campinas: Papirus, 1988.

HABERMAS, Jürgen. Teoria de la acción educativa: complementos y estudios previos. Madrid: Catedra, 1997.

HABERMAS, Jürgen. O Discurso filosófico da modernidade. 3. ed. Lisboa: Dom Quixote, 2000.

HABERMAS, Jürgen. Pensamento pós-metafísico: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1990.

HABERMAS, Jürgen. Conhecimento e Interesse. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

MARQUES, Maria Auxiliadora de Resende Braga. Construção do conhecimento na Universidade: paradoxos entre os ambientes de ensino, pesquisa e extensão na área de Ciências Agrárias. 2002. 244p Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2003.

MEDEIROS, Arilene Maria Soares de. Administração educacional: definição de uma racionalidade administrativa democrática e emancipatória. 2002. 197f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos. 2003.

MÜLH, Eldon Henrique. A racionalidade comunicativa e educação emancipadora. 1999. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

ROUANET, Sérgio Paulo. As razões do iluminismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

SIEBEICHELER, Flávio Beno. Jürgen Habermas: a razão comunicativa e emancipação. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989.

Downloads

Publicado

2008-12-05

Como Citar

MEDEIROS, A. M. S. de; MARQUES, M. A. de R. B. Habermas e a teoria do conhecimento. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 5, n. 1, p. 1–24, 2008. DOI: 10.20396/etd.v5i1.627. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/627. Acesso em: 25 out. 2021.