Por uma educação pelo dínamo

Autores

  • Wilson Correia Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v9i2.819

Palavras-chave:

Educação. Mudança. Dinamicidade.

Resumo

A idéia de uma educação perene só se justificaria se algo no humano também fosse perene. Mas o humano é inconcluso e finito. É concebido na dinamicidade da vida e vive o vir-a-ser. É, por excelência, um ser de transformação. Muda constantemente. Em face disso, esse artigo debate as temáticas: “uno versus diverso” e “estático versus mutabilidade”. Nesse debate, chega à dialética e a ela associa a idéia de dínamo como metáfora de uma educação pela mudança e transformação. Argumenta que se viver é sofrer transformações ininterruptas, uma educação pelo dínamo é a que melhor pode enfrentá-la. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wilson Correia, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em Educação no PPGE/FAE/UNICAMP e membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Filosofia da Educação PAIDÉIA, na área de História, Filosofia e Educação. Linha de Pesquisa em Ética, Política e Educação, onde desenvolve o projeto de pesquisa Ensino de filosofia: o problema do endereçamento curricular de ética nos PCN.

Referências

CORREIA, W. A educação pelo dínamo. Phyloterapia. Disponível em: http://philoterapia.com.br/Downloads/educacaopelodinamo.pdf . Acesso em: 08 nov. 2007.

DURANT, W. História da filosofia: a vida e as idéias dos grandes filósofos. São Paulo: Nova Cultural , 1996.

HEGEL, G. W. F. Fenomenologia do espírito. Trad. Paulo Meneses. 7. ed. Petrópolis: Vozes; Bragança Paulista: USF, 2002.

KANT, I. Sobre a pedagogia. Trad. Francisco Cock Fontanella. Piracicaba: Unimep, 1999.

KONDER, L. O que é dialética. 17. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987 (Col. primeiros passos, 23).

MARQUES, E.; LISPECTOR, C. Mude. Disponível em: http://www.geocities.com/Paris/Concorde/9366/mude.htm. Acesso em: 10 out. 2006. [s.d.]

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã (Feuerbach). 9. ed. São Paulo: HUCITEC, 1993.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos e outros textos escolhidos. São Paulo: Abril Cultural, 1978 (Coleção Os pensadores).

MELO NETO, J. C. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995.

OS PRÉ-SOCRÁTICOS. Coleção os pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

PADOVANI, U. & CASTAGNOLA, L. História da filosofia. 10. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1974.

PLATÃO. A república. Trad. Benedito Nunes. Belém: Ed. UFPA, 2000.

POWELL, J. Por que tenho medo de lhe dizer quem sou? Belo Horizonte: Crescer, 1995.

SARTE, J. P. O existencialismo é um humanismo. Trad. V. Ferreira. 3. ed. Lisboa: Presença, 1970.

VERGEZ, A.; HUISMAN, D. História da filosofia ilustrada pelos textos. 4. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1980.

VYGOTSKY, L. S. Teoria e método em psicologia. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

Downloads

Publicado

2008-11-11

Como Citar

CORREIA, W. Por uma educação pelo dínamo. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. 2, p. 93-101, 2008. DOI: 10.20396/etd.v9i2.819. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/819. Acesso em: 31 out. 2020.