Inclusão digital, controles, vigilâncias e linhas de fuga

Autores

  • Karla Saraiva Universidade Luterana do Brasil

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v18i4.8644449

Palavras-chave:

Inclusão digital. Controle. Cidadania. Educação.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir a noção de inclusão digital a partir da problematização da internet como um campo de lutas, onde se dá tanto a produção do comum pela multidão e a constituição de novos espaços de liberdade, quanto a ação de mecanismos de controle e de vigilância eletrônica que visam privatizar o comum e assujeitar os indivíduos. Sugere-se uma ampliação na noção de inclusão digital, superando um entendimento restrito à disponibilidade de acesso, ao letramento digital e à capacitação para o adequado uso dos recursos e incluindo a instrumentalização dos indivíduos com conhecimentos técnicos sobre o funcionamento da internet. Pretende-se com isso construir uma cidadania digital que possibilite a participação política efetiva na esfera das tecnologias digitais. Indica-se, ainda, a conveniência de realizar essa ação por meio das escolas, deslocando a noção de uma inclusão digital voltada para classes desfavorecidas para algo necessário a todos os alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Saraiva, Universidade Luterana do Brasil

Graduada e mestre em Engenharia Civil, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Educação, pela mesma Instituição. Atualmente é professora e pesquisadora da Universidade Luterana do Brasil, atuando em disciplinas de graduação ofertadas para cursos da área de tecnologia e no Programa de Pós-Graduação em Educação. Participa do Grupo de Pesquisa Currículo e Pós-modernidade (GCPOS). Seus interesses de pesquisa estão focados na articulação entre educação e sociedade contemporânea, em especial temas ligados à cibercultura e currículo. Desenvolve suas investigações em uma perspectiva pós-estruturalista.

Referências

BARRETO, Raquel Goulart. Discursos sobre a inclusão digital. Educação, Porto Alegre, RS, v. 38, n. 03, p. 319-328. set./dez. 2015. Disponível em: http://goo.gl/WTNOsA. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 0101-465X.

BIESTA, Gert. Bildung and modernity: the future of bildung in a world of difference. Studies in Philosophy and Education, v. 21, n. 04-05, p. 343-351. 2002. Disponível em http://goo.gl/0E9rn2. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1573-191X.

BONILLA, Maria Helena; OLIVEIRA, Paulo Cézar. Inclusão digital: ambiguidades em curso. In: BONILLA, Maria Helena; PRETTO, Nelson (Orgs.). Inclusão digital: polêmica contemporânea. Salvador: EdUFBA, 2011. 188 p.

BOUTANG, Yann Moulier. Revolução 2.0, comum e polinização. In: COCCO, Giuseppe; ALBAGLI, Sarita. Revolução 2.0 e a crise do capitalismo global. Rio de Janeiro: Garamond, 2012. 304 p.

BRASIL. Comitê Executivo do Governo Eletrônico. A inclusão digital é indissociável do governo eletrônico. In: Oficinas de Planejamento Estratégico - relatório consolidado. Brasília: Brasil, 2004. Disponível em: http://goo.gl/WGMy1t. Acesso em: 14 mar. 2016.

BRASIL. Lei n. 12.965, de 23 de abril de 2014. Disponível em: http://goo.gl/fj8a4q. Acesso em: 14 mar. 2016.

BRASIL. Programa Governo Eletrônico. Inclusão digital. Disponível em: http://goo.gl/fCMGqH. Acesso em: 14 mar. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. ProInfo Integrado. Disponível em: http://goo.gl/tpjB3A. Acesso em: 14 mar. 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Um computador por aluno. Disponível em: http://goo.gl/ve45uS. Acesso em: 14 mar. 2016.

BRASIL. Ministério da Justiça. Marco Civil da Internet. Disponível em: http://goo.gl/EPy78H. Acesso em: 14 mar. 2016.

BULGER, Kevin. A brief History of the digital divide. Disponível em: http://goo.gl/mmeECB. Acesso em: 14 mar. 2016.

BUSTAMANTE, Javier. Poder comunicativo, ecossistemas digitais e cidadania digital. In: SILVEIRA, Sérgio Amadeu da (Org.). Cidadania e redes digitais. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2010. 249 p. Disponível em: http://goo.gl/AIZcwN. Acesso em: 21 mar. 2016.

CASTEL, Robert. As armadilhas da exclusão. In: CASTEL, Robert; WANDERLEY, Luiz Eduardo W; BELFIORE-WANDERLEY, Mariângela (Org.). Desigualdade e a questão social. São Paulo: EDUC, 2007. 368 p.

CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003. 244 p.

CGI. Comitê Gestor da Internet. Pesquisa sobre o uso das tecnologias da informação e comunicação nos domicílios brasileiros. São Paulo: CGI, 2015. Disponível em: http://goo.gl/L4YcpI. Acesso em: 14 mar. 2016.

CULTURA DIGITAL. Marco Civil da internet. Disponível em: http://goo.gl/VJO7ml. Acesso em: 14 mar. 2016.

DAMASCENO, Handherson Leyltton Costa; BONILLA, Maria Helena Silveira; PASSOS, Maria Sigmar Coutinho. Inclusão digital no Proinfo integrado: perspectivas de uma política governamental. Inclusão Social, Brasília, DF, v. 05 n. 02. jan./jun. 2012. Disponível em: http://goo.gl/giLsmX. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1808-8678.

DELEUZE, Gilles. Conversações. Rio de Janeiro: 34, 1992. 240 p.

FOUCAULT, Michel. Nascimento da biopolítica. São Paulo: Martins Fontes, 2008. 494 p.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. Petrópolis: Vozes, 1999. 264 p.

GONZALEZ, Antonio; JOUVE, Emanuelle. Minitel: histoire du réseau télématique français. Flux, França, v. 01, n. 47. 2002. Disponível em: http://goo.gl/GtNwk4. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1958-9557.

HARDT, Michel; NEGRI, Antonio. Império. Rio de Janeiro: Record, 2002. 506 p.

HARDT, Michel; NEGRI, Antonio. Multidão. Rio de Janeiro: Record, 2005. 532 p.

INTERNET LIVE STATS. Disponível em: http://goo.gl/O3TIdj. Acesso em: 09 mar. 2016.

LAZZARATO, Maurizio. As revoluções do capitalismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006. 272 p.

LAZZARATO, Maurizio. O governo das desigualdades. São Carlos, SP: EdUFSCar, 2011. 93 p.

LIPOVETSKY, Gilles. Os tempos hipermodernos. São Paulo: Barcarolla, 2004. 136 p.

LOPES, Maura Corcini. Inclusão escolar: currículo, diferença, identidade. In: LOPES, Maura Corcini; DAL’INGA, Maria Cláudia (Orgs). In/exclusão nas tramas da escola. Canoas: ULBRA, 2007. 231 p.

LOPES, Maura Corcini. Políticas de inclusão e governamentalidade. Educação & Realidade, Porto Alegre, RS, v. 34, n. 02, p. 153-169. mai./ago. 2009. Disponível em: http://goo.gl/E7F4L4. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2175-6236.

PESCE, Lucila Maria; BRUNO, Adriana Rocha. Educação e inclusão digital: consistências e fragilidades no empoderamento dos grupos sociais. Educação, Porto Alegre, RS, v. 38, n. 03, p. 349-357. set./dez. 2015. Disponível em: http://goo.gl/kfIdIa. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 0101-465X.

PRETTO, Nelson; ROCHA, Telma; SOUZA, Joseilda. Tabuleiro digital: uma experiência de inclusão em ambiente educacional. In: BONILLA, Maria Helena; PRETTO, Nelson (Orgs.). Inclusão digital: polêmica contemporânea. Salvador: EdUFBA, 2011. 188 p.

SARAIVA, Karla. Educando para viver sem riscos. Educação, Porto Alegre, RS, v. 36, n. 02, p. 168-179. mai./ago. 2013. Disponível em: http://goo.gl/3bgd6X. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 0101-465X.

SARAIVA, Karla; SANTOS, Iolanda Montano dos. A internet nasce para todos. Textura, Canoas, RS, n. 19-20, p. 51-61. 2009. Disponível em: http://goo.gl/RZz6ck. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 2358-0801.

SILVEIRA, Sérgio Amadeu da. Ambivalências, liberdade e controle dos ciberviventes. In: SILVEIRA, Sérgio Amadeu da. Cidadania e redes digitais. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2010. 249 p. Disponível em: http://goo.gl/JTo73. Acesso em: 21 mar. 2016.

SMEYERS, Paul; DEPAEPE, Marc. Pushing social responsibilities: the educationalization of social problems. In: SMEYERS, Paul; DEPAEPE, Marc (Orgs.). Educational research: the educationalization of social problems. Bruxelas: Springer, 2008. 244 p.

UNIJUÍ. Projeto de inclusão digital. Disponível em: http://goo.gl/KE6i5n. Acesso em: 14 mar. 2016.

VEIGA-NETO, Alfredo; LOPES, Maura Corcini. Inclusão e governamentalidade. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 28, n. 100. out. 2007. Disponível em: http://goo.gl/MwFLHF. Acesso em: 14 mar. 2016. ISSN 1678-4626.

WORTMANN, Maria Lúcia; VEIGA-NETO, Alfredo. Estudos Culturais da Ciência & Educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2001. 224 p.

Downloads

Publicado

2016-11-17

Como Citar

SARAIVA, K. Inclusão digital, controles, vigilâncias e linhas de fuga. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 18, n. 4, p. 922–941, 2016. DOI: 10.20396/etd.v18i4.8644449. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8644449. Acesso em: 17 jan. 2022.